Saltar para:
Logótipo
This page in english Ajuda Autenticar-se
Formação regular da Biblioteca |fevereiro a maio
Você está em: Início > EMM0016
Autenticação




Mapa das Instalações
Edifício A (Administração) Edifício B (Aulas) - Bloco I Edifício B (Aulas) - Bloco II Edifício B (Aulas) - Bloco III Edifício B (Aulas) - Bloco IV Edifício C (Biblioteca) Edifício D (CICA) Edifício E (Química) Edifício F (Minas e Metalurgia) Edifício F (Minas e Metalurgia) Edifício G (Civil) Edifício H (Civil) Edifício I (Electrotecnia) Edifício J (Electrotecnia) Edifício K (Pavilhão FCNAUP) Edifício L (Mecânica) Edifício M (Mecânica) Edifício N (Garagem) Edifício O (Cafetaria) Edifício P (Cantina) Edifício Q (Central de Gases) Edifício R (Laboratório de Engenharia do Ambiente) Edifício S (INESC) Edifício T (Torre do INEGI) Edifício U (Nave do INEGI) Edifício X (Associação de Estudantes)

Desenho Assistido por Computador

Código: EMM0016     Sigla: DACO

Áreas Científicas
Classificação Área Científica
OFICIAL Ciências de Engenharia

Ocorrência: 2018/2019 - 1S

Ativa? Sim
Unidade Responsável: Departamento de Engenharia Metalúrgica e de Materiais
Curso/CE Responsável: Mestrado Integrado em Engenharia Metalúrgica e de Materiais

Ciclos de Estudo/Cursos

Sigla Nº de Estudantes Plano de Estudos Anos Curriculares Créditos UCN Créditos ECTS Horas de Contacto Horas Totais
MIEMM 28 Plano de estudos oficial a partir de 2006/07 2 - 6 56 162

Docência - Responsabilidades

Docente Responsabilidade
Vitor Manuel Branco Martins Augusto Regente

Docência - Horas

Teórico-Práticas: 4,00
Tipo Docente Turmas Horas
Teórico-Práticas Totais 1 4,00
Vitor Manuel Branco Martins Augusto 4,00

Língua de trabalho

Português

Objetivos


  1. Desenvolvimento das capacidades de leitura e concepção de desenhos técnicos 2D.

  2. Introdução ao funcionamento de ferramentas e moldes para o fabrico de peças, nomeadamente noções de: saída, plano de apartação, raios de curvatura, etc.

  3. Realização do curso de formação de uma aplicação CAD 3D híbrida (superfícies e sólidos).

  4. Aplicação dos conhecimentos adquiridos num projecto de desenvolvimento de produto.

  5. Planeamento de um projecto e respectivo desenvolvimento em grupo. 

Resultados de aprendizagem e competências


  1. Interpretar formas geométricas em 3 dimensões e sua representação bidimensional

  2. Domínio de uma ferramenta CAD 3D híbrida (superfícies e sólidos), sendo capaz de desenhar geometrias em 3 dimensões a partir de desenhos técnicos bidimensionais

  3. Capacidade de planear estratégias para a modelação de geometrias 3D complexas

  4. Gestão de tempo e planeamento de projectos com recurso a mapas de Gantt

  5. Gestão de relacionamento interpessoal na realização de projectos

  6. Utilização da terminologia associada ao desenho assistido por computador

Modo de trabalho

Presencial

Pré-requisitos (conhecimentos prévios) e co-requisitos (conhecimentos simultâneos)


  1. Conhecimentos de Windows 10

  2. Conhecimentos de Desenho Técnico

  3. Conhecimentos de Inglês


 

Programa


  1. CAD no processo de Design e Produção

  2. Diferentes aplicações CAD

  3. Típos de entidades CAD

  4. Metodologias de modelação

  5. Geometria 3D com mais detalhes

  6. Criação de entidades CAD

  7. Fabrico de uma peça

  8. Design para fabrico

  9. Documentação da fabricação

  10. Troca de dados

  11. Visualização e partilha de modelos

  12. Técnicas avançadas de modelação – “wrapping” de texturas em 3D

  13. Técnicas avançadas de modelação – “morphing”

  14. Geração de imagens fotorealistas

  15. Software associado

  16. Engenharia Inversa/Inspecção

  17. Equipamentos úteis - Braços hápticos/”Space Balls”/Braços de digitalização 3D

  18. Prototipagem rápida

  19. Introdução ao projecto de design

Bibliografia Obrigatória

Internacional Seminar ; ed. R. A. Adey; CAD modelling. ISBN: 0-905451-28-7
Mikell P. Groover, Emory W. Zimmerrs Jr.; CAD/CAM. ISBN: 0-13-110255-9
ed. W. A. Smith; A guide to CAD/CAM. ISBN: 0-8551-0026-5

Observações Bibliográficas

Serve como bibliografia o manual do curso de formação da aplicação CAD "PowerSHAPE" da Delcam.

Métodos de ensino e atividades de aprendizagem

Durante as aulas, é prática comum solicitar aos alunos a sua participação e intervenção activa, no sentido de emitirem opinião sobre alguns dos temas tratados ou de serem esclarecidas todas as dúvidas que vão surgindo. Regra geral, os primeiros minutos de cada aula servem para sumariar os assuntos tratados em aulas anteriores, procurando assim dar uma continuidade à matéria a ser leccionada durante a aula. É igualmente comum fazer-se uma síntese, no final de cada aula, dos assuntos nela versados. Nas primeiras 6 semanas é leccionado o curso de formação da aplicação "PowerSHAPE" da Delcam, um software CAD 3D híbrido. Nestas 6 semanas é também leccionada uma componente teórica, que aborda temas como o princípio matemático das aplicações CAD, o sobreamento, a concepção e fabrico de produto, perifêricos úteis no âmbito do CAD. Após estas 6 semanas, dá-se o início do trabalho no projecto, no qual grupos de 3 alunos desenvolvem um produto de consumo. O papel do docente é auxiliar cada grupo, corrigir problemas nos modelos CAD e ensinar técnicas de modelação mais eficientes. Sempre que possível, tenta-se concretizar os conceitos através de exemplos práticos de actividade industrial que permitam uma melhor compreensão. Pretende-se que esta disciplina seja leccionada com vista a uma aplicação directa na indústria, no que diz respeito ao recurso e à implementação de tecnologias de CAD. Para alcançar este objectivo, as aulas procuram treinar a capacidade de auto aprendizagem do aluno. Em paralelo, pretende-se que os alunos sejam obrigados a planear e distribuir o trabalho dentro de cada grupo. Para tal são incentivados a criar mapas de Gantt e definir responsáveis para os diferentes componentes do projecto. A avaliação final dos projectos é feita em conjunto entre o docente e os estudantes. A componente de relações interpessoais é incentivada através de uma distribuição diferenciada da classificação obtida entre os elementos de um grupo, segundo uma auto-avaliação dos respectivos membros.

Software

Delcam PowerSHAPE-e

Palavras Chave

Ciências Tecnológicas > Engenharia > Engenharia do design
Ciências Tecnológicas > Tecnologia > Técnicas gráficas > Computação gráfica

Tipo de avaliação

Avaliação distribuída com exame final

Componentes de Avaliação

Designação Peso (%)
Defesa pública de dissertação, de relatório de projeto ou estágio, ou de tese 40,00
Exame 30,00
Teste 30,00
Total: 100,00

Obtenção de frequência

Para obter frequência à disciplina é necessário não reprovar por excesso de faltas não justificadas e obter uma classificação positiva no projeto.

Fórmula de cálculo da classificação final

Classificação final = "Média dos testes de CAD" * 0.30 + "Exame" * 0.30 +  "Projeto" * 0.40

Provas e trabalhos especiais

Não

Trabalho de estágio/projeto

Os estudantes formam grupos de 2 ou 3 pessoas e desenvolvem o projecto CAD de um produto especificado pelo docente.

Avaliação especial (TE, DA, ...)

Apenas as previstas pelos regulamentos da FEUP.

Melhoria de classificação

Os estudantes podem ter acesso ao exame de recurso no final do semestre. Este exame de recurso contempla a avaliação prática realizada por 3 mini testes e o exame teórico.

A melhoria da classificação do projeto não está contemplada no exame de recurso.

Observações

Nos primeiros 10 minutos da aula é feita a chamada de presença. Estão reprovados os estudantes que tenham um número de faltas não justificadas acima de 25% do número de aulas.
O atraso para além de 10 minutos no início da aula é considerado uma falta.
As justificações de faltas devem ser entregues na secretaria do departamento nos prazos previstos pelos regulamentos da FEUP.

Os 3 testes a realizar durante o semestre são provas práticas de CAD.

A classificação dos projetos é feita pelos estudantes e pelo docente durante sessão pública da apresentação dos projetos. É disponibilizado um formulário para o efeito e a avaliação média dos estudantes tem o mesmo peso que a avaliação do docente.

O docente reserva-se o direito de aumentar o peso da sua avaliação dos projetos, caso detecte algua irregularidade na avaliação dos estudantes (por exemplo avaliação pré-combinada).
Recomendar Página Voltar ao Topo
Copyright 1996-2019 © Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto  I Termos e Condições  I Acessibilidade  I Índice A-Z  I Livro de Visitas
Página gerada em: 2019-05-22 às 02:23:01 | Política de Utilização Aceitável | Política de Proteção de Dados Pessoais