Saltar para:
Logótipo
This page in english Ajuda Autenticar-se
Acesso ao Finantial Times
Você está em: Início > MM0068
Autenticação




Mapa das Instalações
Edifício A (Administração) Edifício B (Aulas) - Bloco I Edifício B (Aulas) - Bloco II Edifício B (Aulas) - Bloco III Edifício B (Aulas) - Bloco IV Edifício C (Biblioteca) Edifício D (CICA) Edifício E (Química) Edifício F (Minas e Metalurgia) Edifício F (Minas e Metalurgia) Edifício G (Civil) Edifício H (Civil) Edifício I (Electrotecnia) Edifício J (Electrotecnia) Edifício K (Pavilhão FCNAUP) Edifício L (Mecânica) Edifício M (Mecânica) Edifício N (Garagem) Edifício O (Cafetaria) Edifício P (Cantina) Edifício Q (Central de Gases) Edifício R (Laboratório de Engenharia do Ambiente) Edifício S (INESC) Edifício T (Torre do INEGI) Edifício U (Nave do INEGI) Edifício X (Associação de Estudantes)

Narrativas Interativas

Código: MM0068     Sigla: NI

Áreas Científicas
Classificação Área Científica
OFICIAL Artes visuais
OFICIAL Ciências da Comunicação

Ocorrência: 2017/2018 - 2S

Ativa? Sim
Unidade Responsável: Departamento de Engenharia Informática
Curso/CE Responsável: Mestrado em Multimédia

Ciclos de Estudo/Cursos

Sigla Nº de Estudantes Plano de Estudos Anos Curriculares Créditos UCN Créditos ECTS Horas de Contacto Horas Totais
MM 17 Plano de estudos oficial 1 - 6 45 162

Docência - Horas

Teórico-Práticas: 3,00
Tipo Docente Turmas Horas
Teórico-Práticas Totais 1 3,00
Soraia Alexandra Mesquita Ferreira 3,00

Língua de trabalho

Português - Suitable for English-speaking students

Objetivos

No final da unidade curricular os estudantes deverão ser capazes de:

  • Compreender a importância da narrativa na condição humana;
  • Identificar os principais elementos das narrativas interativas e suas práticas;
  • Compreender e aplicar a terminologia das narrativas interativas;
  • Realizar um pitch;
  • Desenvolver uma narrativa interativa;
  • Analisar narrativas em diferentes plataformas;
  • Identificar as principais necessidades dos utilizadores.

Resultados de aprendizagem e competências

No final da unidade curricular o estudante será capaz de: 

  • Criar uma narrativa linear;
  • Realizar um pitch;
  • Criar uma narrativa interativa.

Modo de trabalho

Presencial

Programa

1 - Porque contamos histórias?

2 - Elementos da narrativa

3 - Estrutura da narrativa

4 - Interatividade

5 - Narrativa Interativa

6 - Plataformas

7 - Utilizadores

Bibliografia Obrigatória

Chris Crawford; Chris Crawford on interactive storytelling, New Riders, 2012. ISBN: 0321864972
Miller Carolyn Handler; Digital storytelling. ISBN: 978-0-203-42592-3
Bryan Alexander; New Digital Storytelling: Creating Narratives with New Media , Praeger, 2017. ISBN: 1440849609
Vogler Christopher 1949-; The writer.s journey. ISBN: 978-1-932907-36-0
McKee Robert; Story. ISBN: 978-0-413-71560-9

Bibliografia Complementar

Skolnick Evan; Video game storytelling. ISBN: 978-0-3853-4582-8
Jeff VanderMeer & Jeremy Zerfoss ; Wonderbook: An Illustrated Guide to Creating Imaginative Fiction, Abrams Image, 2013. ISBN: 1419704427
Joseph Campbell; The hero with a thousand faces, New World Library, 2012. ISBN: 1577315936
Josiah Lebowitz, Chris Klug; Interactive storytelling for video games: A player-centered approach to creating memorable characters and stories, Focal Press, 2011. ISBN: 0240817176
Marie-Laure Ryan; Narrative as virtual reality. Immersion and Interactivity in Literature., The Johns Hopkins University Press, 2003. ISBN: 0801877539
Jesse James Garrett; Elements of user experience, the: user-centered design for the web and beyond, New Riders, 2010. ISBN: 0321683684

Métodos de ensino e atividades de aprendizagem

Esta unidade curricular teórico-prática pretende dotar os alunos das ferramentas essenciais para a construção de uma narrativa interativa. As aulas incluem a exposição, visionamentos e a discussão dos tópicos do programa. No final da unidade curricular cada aluno terá aplicado os conceitos apreendidos numa narrativa interativa.

 

A metodologia de ensino baseia-se na combinação de:

  1. exposição teórica;
  2. aplicação prática dos conceitos apreendidos.

 

Durante o semestre os alunos desenvolverão uma narrativa linear como projeto individual e uma narrativa interativa como trabalho de grupo.

 

Tipo de avaliação

Avaliação distribuída sem exame final

Componentes de Avaliação

Designação Peso (%)
Participação presencial 50,00
Trabalho de campo 50,00
Total: 100,00

Componentes de Ocupação

Designação Tempo (Horas)
Elaboração de projeto 52,00
Elaboração de relatório/dissertação/tese 20,00
Estudo autónomo 45,00
Frequência das aulas 45,00
Total: 162,00

Obtenção de frequência

Não exceder o número limite de faltas e participar ativamente nos trabalhos propostos.

Os trabalhadores estudantes e equivalentes são dispensados das aulas mas devem, com periodicidade a combinar com os docentes, apresentar a evolução dos seus trabalhos, assim como devem fazer a apresentação destes, simultaneamente com os alunos ordinários.

Em cada uma das componentes de avaliação, o estudante deverá obter uma classificação igual ou superior a 10 valores.

 

Fórmula de cálculo da classificação final

O cálculo da classificação final obedece à seguinte fórmula:

Classificação final: trabalho individual (30%) + pitch (10%) + trabalho de grupo (50%) + participação na aulas (10%).

Melhoria de classificação

A nota final pode ser melhorada apenas numa nova edição da disciplina.
Recomendar Página Voltar ao Topo
Copyright 1996-2017 © Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto  I Termos e Condições  I Acessibilidade  I Índice A-Z  I Livro de Visitas
Página gerada em: 2017-12-12 às 12:08:05