Saltar para:
Logótipo
This page in english Ajuda Autenticar-se
Acesso ao Finantial Times
Você está em: Início > MM0041
Autenticação




Mapa das Instalações
Edifício A (Administração) Edifício B (Aulas) - Bloco I Edifício B (Aulas) - Bloco II Edifício B (Aulas) - Bloco III Edifício B (Aulas) - Bloco IV Edifício C (Biblioteca) Edifício D (CICA) Edifício E (Química) Edifício F (Minas e Metalurgia) Edifício F (Minas e Metalurgia) Edifício G (Civil) Edifício H (Civil) Edifício I (Electrotecnia) Edifício J (Electrotecnia) Edifício K (Pavilhão FCNAUP) Edifício L (Mecânica) Edifício M (Mecânica) Edifício N (Garagem) Edifício O (Cafetaria) Edifício P (Cantina) Edifício Q (Central de Gases) Edifício R (Laboratório de Engenharia do Ambiente) Edifício S (INESC) Edifício T (Torre do INEGI) Edifício U (Nave do INEGI) Edifício X (Associação de Estudantes)

Multimédia em Performing Arts

Código: MM0041     Sigla: MPA

Áreas Científicas
Classificação Área Científica
OFICIAL Artes visuais

Ocorrência: 2017/2018 - 2S

Ativa? Sim
Página Web: https://sites.google.com/a/gcloud.fe.up.pt/mpa/
Unidade Responsável: Departamento de Engenharia Informática
Curso/CE Responsável: Mestrado em Multimédia

Ciclos de Estudo/Cursos

Sigla Nº de Estudantes Plano de Estudos Anos Curriculares Créditos UCN Créditos ECTS Horas de Contacto Horas Totais
MM 12 Plano de estudos oficial 1 - 6 45 162

Docência - Horas

Teórico-Práticas: 3,00
Tipo Docente Turmas Horas
Teórico-Práticas Totais 1 3,00
Rui Luis Nogueira Penha 3,00

Língua de trabalho

Português - Suitable for English-speaking students

Objetivos

1) Aquisição de conhecimentos na área das artes performativas, em termos históricos e contemporâneos.

2) Desenvolvimento de capacidades de produção técnica e criativa em contextos de "live arts" e interactividade.

3) Desenvolvimento de capacidades performativas.

Resultados de aprendizagem e competências

No final da frequência desta unidade curricular, o aluno será capaz de:
1) Conhecer as principais plataformas, técnicas e metodologias das artes performativas.
2) Desenvolver trabalho na área dos media digitais para artes performativas.
3) Participar na concepção, criação e interpretação num contexto de artes performativas.

Modo de trabalho

Presencial

Programa

1) As artes performativas:
a) o contrato implícito entre performer e espectador;
b) movimentos de vanguarda;
c) paradigmas culturais emergentes;
d) a estruturação do tempo;
e) o impacto dos media digitais.

2) Plataformas tecnológicas das artes performativas:
a) técnicas de visão por computador;
b) técnicas de audição por computador;
c) protocolos de comunicação: MIDI, OSC, DMX;
d) mapeamento de projecção digital;
e) sistemas de som imersivos;
f) controlo de luzes e actuadores.

3) Aplicações práticas dos media digitais nas artes performativas.

Bibliografia Obrigatória

Steve Dixon ; with contributions by Barry Smith; Digital performance. ISBN: 978-0-262-04235-2
Alvin Lucier; Music 109: Notes on Experimental Music, Wesleyan University Press, 2012. ISBN: 978-0-8195-7297-4
Michael Nyman; Experimental Music: Cage and Beyond, Cambridge University Press, 1999. ISBN: 978-0-521-65383-1

Métodos de ensino e atividades de aprendizagem

Unidade curricular ministrada sobretudo em sessões de aplicação prática das metodologias das artes performativas, com pontuais seminários onde serão expostos e a discutidos os tópicos teóricos do programa.
Os projectos de trabalho são desenvolvidos tanto em regime laboratorial como fora das horas de contacto.

Software

Pd
Processing
OpenFrameworks
Max/MSP/Jitter
Arduino

Palavras Chave

Ciências Tecnológicas > Tecnologia > Tecnologia da comunicação > Produção de media
Humanidades > Artes > Artes do espectáculo

Tipo de avaliação

Avaliação distribuída sem exame final

Componentes de Avaliação

Designação Peso (%)
Participação presencial 40,00
Trabalho laboratorial 60,00
Total: 100,00

Componentes de Ocupação

Designação Tempo (Horas)
Estudo autónomo 20,00
Frequência das aulas 45,00
Trabalho laboratorial 100,00
Total: 165,00

Fórmula de cálculo da classificação final

Fórmula de avaliação: 0,4 * pt + 0,6 * tf

pt - pequenos trabalhos realizados durante o semestre;
tf - trabalho final.

Melhoria de classificação

Melhoria considerável do trabalho final ou apresentação de outro trabalho previamente aprovado pelo regente da Unidade Curricular.

Observações

Na presença de alunos estrangeiros ou havendo necessidade (e.g., apresentações por professores estrangeiros), a língua de ensino utilizada será o inglês. Os alunos poderão apresentar trabalhos em português ou inglês.

Recomendar Página Voltar ao Topo
Copyright 1996-2017 © Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto  I Termos e Condições  I Acessibilidade  I Índice A-Z  I Livro de Visitas
Página gerada em: 2017-12-12 às 12:01:38