Saltar para:
Logótipo
This page in english Ajuda Autenticar-se
Acesso ao Finantial Times
Você está em: Início > MM0061
Autenticação




Mapa das Instalações
Edifício A (Administração) Edifício B (Aulas) - Bloco I Edifício B (Aulas) - Bloco II Edifício B (Aulas) - Bloco III Edifício B (Aulas) - Bloco IV Edifício C (Biblioteca) Edifício D (CICA) Edifício E (Química) Edifício F (Minas e Metalurgia) Edifício F (Minas e Metalurgia) Edifício G (Civil) Edifício H (Civil) Edifício I (Electrotecnia) Edifício J (Electrotecnia) Edifício K (Pavilhão FCNAUP) Edifício L (Mecânica) Edifício M (Mecânica) Edifício N (Garagem) Edifício O (Cafetaria) Edifício P (Cantina) Edifício Q (Central de Gases) Edifício R (Laboratório de Engenharia do Ambiente) Edifício S (INESC) Edifício T (Torre do INEGI) Edifício U (Nave do INEGI) Edifício X (Associação de Estudantes)

Introdução à Programação

Código: MM0061     Sigla: IPROG

Áreas Científicas
Classificação Área Científica
OFICIAL Tecnologia da Comunicação

Ocorrência: 2017/2018 - 1S Ícone do Moodle

Ativa? Sim
Unidade Responsável: Departamento de Engenharia Informática
Curso/CE Responsável: Mestrado em Multimédia

Ciclos de Estudo/Cursos

Sigla Nº de Estudantes Plano de Estudos Anos Curriculares Créditos UCN Créditos ECTS Horas de Contacto Horas Totais
MM 24 Plano de estudos oficial 1 - 6 45 162
2

Docência - Horas

Teórico-Práticas: 3,00
Tipo Docente Turmas Horas
Teórico-Práticas Totais 1 3,00
Rui Pedro da Silva Nóbrega 3,00

Língua de trabalho

Português - Suitable for English-speaking students

Objetivos

Adquirir os conhecimentos essenciais de programação, usando como linguagem de suporte o Python.

Resultados de aprendizagem e competências

No final desta unidade curricular os alunos devem ser capazes de:
 * Conhecer os conceitos fundamentais de programação
 * Conceber programas de computador simples
 * Concretizar programas em linguagens de programação Python

Modo de trabalho

Presencial

Programa


 * Conceitos base de programação
 * Variáveis, tipos de dados e operações
 * Estruturas de controlo
 * Funções
 * Strings, listas, dicionários
 * Ficheiros
 * Recursividade
 * Programação imperativa vs. orientada a objetos
 * Classes, herança, polimorfismo
 * Estruturas de dados (listas ligadas, tabelas de dispersão, árvores)
 * Introdução à análise de algoritmos

Bibliografia Obrigatória

How to Think Like a Computer Scientist: Learning with Python 3ed; Peter Wentworth, Jeffrey Elkner, Allen B. Downey, and Chris Meyers, 2012 (disponível online em: http://www.openbookproject.net/thinkcs/python/english3e/)

Bibliografia Complementar

Mark Lutz, David Ascher; Learning Python. ISBN: 978-0-596-00281-7
John C. Lusth; The Art and Craft of Programming - Python Edition, 2011 (disponível online em: http://beastie.cs.ua.edu/cs150/book/index.html)
Al Sweigart; Making Games with Python & Pygame, CreateSpace Independent Publishing Platform, 2012. ISBN: 978-1469901732 (disponível online em: http://inventwithpython.com/pygame/chapters/)

Métodos de ensino e atividades de aprendizagem

Exposição teórica dos conceitos fundamentais e suas aplicações. Apresentação de exemplos práticos e resolução pelos estudantes de exercícios propostos. Execução de projetos onde os conhecimentos adquiridos são aplicados.

Software

Processing
Python

Palavras Chave

Ciências Físicas > Ciência de computadores > Programação

Tipo de avaliação

Avaliação distribuída com exame final

Componentes de Avaliação

Designação Peso (%)
Exame 40,00
Trabalho laboratorial 60,00
Total: 100,00

Componentes de Ocupação

Designação Tempo (Horas)
Elaboração de projeto 60,00
Estudo autónomo 60,00
Frequência das aulas 42,00
Total: 162,00

Obtenção de frequência

Terão frequência os estudantes que não ultrapassem o limite de faltas (25% do número de aulas práticas previstas) e obtenham pelo menos 50% da nota de frequência máxima estipulada - AD na fórmula de cálculo da classificação final.

Os trabalhadores estudantes e equivalentes dispensados das aulas devem, com periodicidade a combinar com os docentes, apresentar a evolução dos seus trabalhos, assim como devem fazer a apresentação destes, simultaneamente com os alunos ordinários, e realizar as provas práticas de avaliação individual previstas.

Fórmula de cálculo da classificação final

Classificação Final = 0,6 AD + 0,4 EX

onde:
AD = 1/3 TP1 + 2/3 TP2

AD - Avaliação Distribuída
EX - Exame final
TP1 - Trabalho prático 1
TP2 - Trabalho prático 2

Os estudantes deverão ter ainda um mínimo de 40% na componente de exame final (EX).

Provas e trabalhos especiais

Não aplicável.

Avaliação especial (TE, DA, ...)

Idêntica à dos estudantes em regime normal. Os alunos inscritos nestas situações especiais, terão de realizar os mesmos trabalhos e no mesmo período dos estudantes em regime normal.

Melhoria de classificação

A nota de exame pode ser melhorada em época de recurso. A nota da avaliação distribuída poderá ser melhorada na edição seguinte da unidade curricular

Recomendar Página Voltar ao Topo
Copyright 1996-2017 © Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto  I Termos e Condições  I Acessibilidade  I Índice A-Z  I Livro de Visitas
Página gerada em: 2017-12-12 às 12:05:34