Saltar para:
Logótipo
This page in english Ajuda Autenticar-se
FEUP
Você está em: Início > MEMG0014
Autenticação




Mapa das Instalações
Edifício A (Administração) Edifício B (Aulas) - Bloco I Edifício B (Aulas) - Bloco II Edifício B (Aulas) - Bloco III Edifício B (Aulas) - Bloco IV Edifício C (Biblioteca) Edifício D (CICA) Edifício E (Química) Edifício F (Minas e Metalurgia) Edifício F (Minas e Metalurgia) Edifício G (Civil) Edifício H (Civil) Edifício I (Electrotecnia) Edifício J (Electrotecnia) Edifício K (Pavilhão FCNAUP) Edifício L (Mecânica) Edifício M (Mecânica) Edifício N (Garagem) Edifício O (Cafetaria) Edifício P (Cantina) Edifício Q (Central de Gases) Edifício R (Laboratório de Engenharia do Ambiente) Edifício S (INESC) Edifício T (Torre do INEGI) Edifício U (Nave do INEGI) Edifício X (Associação de Estudantes)

Investigação e Caracterização de Maciços

Código: MEMG0014     Sigla: ICM

Áreas Científicas
Classificação Área Científica
CNAEF Indústrias extrativas

Ocorrência: 2017/2018 - 1S Ícone do Moodle

Ativa? Sim
Página Web: http://moodle.fe.up.pt
Unidade Responsável: Departamento de Engenharia de Minas
Curso/CE Responsável: Mestrado em Engenharia de Minas e Geo-Ambiente

Ciclos de Estudo/Cursos

Sigla Nº de Estudantes Plano de Estudos Anos Curriculares Créditos UCN Créditos ECTS Horas de Contacto Horas Totais
MEMG 5 Plano de estudos oficial a partir de 2008/09 2 - 6 56 162

Docência - Responsabilidades

Docente Responsabilidade
Jorge Manuel Cabral Machado de Carvalho Regente

Docência - Horas

Teórico-Práticas: 4,00
Tipo Docente Turmas Horas
Teórico-Práticas Totais 1 4,00
Jorge Manuel Cabral Machado de Carvalho 4,00
Mais informaçõesA ficha foi alterada no dia 2017-09-19.

Campos alterados: Métodos de ensino e atividades de aprendizagem, Componentes de Avaliação e Ocupação, Obtenção de frequência, Fórmula de cálculo da classificação final

Língua de trabalho

Português - Suitable for English-speaking students

Objetivos

Apresentação e estudo dos métodos e ensaios mecânicos e geofísicos de investigação e caracterização de maciços terrosos e rochosos, nomeadamente sob uma perspectiva geotécnica e/ou geoambiental.

Resultados de aprendizagem e competências

Permitir a identificação criteriosa dos campos de aplicação dos diferentes métodos, mecânicos e geofísicos, de investigação e caracterização de maciços terrosos e rochosos; permitir uma leitura e avaliação criteriosa de resultados obtidos com a sua aplicação. 

Modo de trabalho

Presencial

Programa

Introdução geral da matéria. Revisão e ou introdução a conceitos geotécnicos/geofísicos julgados pertinentes no âmbito da disciplina. Aspectos geotécnicos de geo-sistemas, nomeadamente relacionados com: reconhecimento/caracterização in-situ e laboratorial de solos e rochas. Alguns dos tópicos a tratar: Fases e programação de um estudo; Amostragem de sólidos, líquidos e gases; Métodos mecânicos e geofísicos para investigação e caracterização, predominantemente in-situ, de maciços terrosos e rochosos, numa perspectiva geotécnico/geoambiental: equipamentos; procedimentos de campo; recolha, análise e interpretação de dados. Casos de estudo.

Bibliografia Obrigatória

Edited by Peter K. Robertson, Paul W. Mayne; Geotechnical site characterization. ISBN: 90-5410-940-8(vol. 1)
ASTM; ASTM D5730 - 04 - D5730-04 Standard Guide for Site Characterization for Environmental Purposes With Emphasis on Soil, Rock, the Vadose Zone and Groundwater

Bibliografia Complementar

ULL; ISC.2 experimental site investigation and characterization

Métodos de ensino e atividades de aprendizagem

As aulas serão predominantemente expositivas e teórico-práticas, com uma abordagem inicial genérica da matéria, seguida de uma abordagem sequencial, mais detalhada e específica dos diferentes métodos/ensaios estudados, em particular no que respeita a objectivos, equipamentos, procedimentos de campo, aquisição de dados e sua interpretação. Serão fornecidos alguns textos/artigos que deverão servir como base para trabalhos tendentes à organização e consolidação de conhecimentos. Alguns casos de estudo serão apresentados e usados para a consolidação de conhecimentos e complemento das apresentações teóricas.

Palavras Chave

Ciências Tecnológicas

Tipo de avaliação

Avaliação distribuída sem exame final

Componentes de Avaliação

Designação Peso (%)
Participação presencial 20,00
Teste 55,00
Trabalho escrito 25,00
Total: 100,00

Componentes de Ocupação

Designação Tempo (Horas)
Elaboração de relatório/dissertação/tese 16,00
Estudo autónomo 90,00
Frequência das aulas 56,00
Total: 162,00

Obtenção de frequência

Inscrição regular; não exceder o número máximo de faltas de acordo com as Normas Gerais de Avaliação em vigor; Ter pelo menos 7,0 valores na Avaliação Distribuida, a qual inclui: dois testes, trabalhos e desempenho. As condições referidas aplicam-se também aos alunos nas situações constantes das alíneas a), b) e c) do número 3 do artigo 4º das Normas Gerais de Avaliação (nomeadamente TE e DA), com excepção das relativas ao número de faltas.

Fórmula de cálculo da classificação final

Avaliação Distribuida - ponderação: - 45% para trabalhos e desempenho; - 20% para o primeiro teste; - 35% para o segundo teste.

Ao exame de Recurso são admitidos estudantes reprovados na avaliação distribuida, desde que tenham obtido frequência (ver: obtenção de frequência) ou para melhoria de clasificação positiva.

Provas e trabalhos especiais

Não previstas.

Avaliação especial (TE, DA, ...)

As previstas nas normas gerais de avaliação da FEUP.

Melhoria de classificação

Exame de Recurso; eventualmente prova oral, nomeadamente sobre os trabalhos realizados.

Observações

Está prevista a apresentação dos trabalhos realizados pelos respectivos autores. A referida apresentação deverá ser feita em ambiente de aula.

Recomendar Página Voltar ao Topo
Copyright 1996-2020 © Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto  I Termos e Condições  I Acessibilidade  I Índice A-Z  I Livro de Visitas
Página gerada em: 2020-06-04 às 19:44:51 | Política de Utilização Aceitável | Política de Proteção de Dados Pessoais