Saltar para:
Logótipo
This page in english Ajuda Autenticar-se
Projecto da Casa da U. Porto
Você está em: Início > CINF040
Autenticação




Mapa das Instalações
Edifício A (Administração) Edifício B (Aulas) - Bloco I Edifício B (Aulas) - Bloco II Edifício B (Aulas) - Bloco III Edifício B (Aulas) - Bloco IV Edifício C (Biblioteca) Edifício D (CICA) Edifício E (Química) Edifício F (Minas e Metalurgia) Edifício F (Minas e Metalurgia) Edifício G (Civil) Edifício H (Civil) Edifício I (Electrotecnia) Edifício J (Electrotecnia) Edifício K (Pavilhão FCNAUP) Edifício L (Mecânica) Edifício M (Mecânica) Edifício N (Garagem) Edifício O (Cafetaria) Edifício P (Cantina) Edifício Q (Central de Gases) Edifício R (Laboratório de Engenharia do Ambiente) Edifício S (INESC) Edifício T (Torre do INEGI) Edifício U (Nave do INEGI) Edifício X (Associação de Estudantes)

Organização e Gestão de Empresas

Código: CINF040     Sigla: OGE

Áreas Científicas
Classificação Área Científica
CORDIS Ciências Sociais

Ocorrência: 2017/2018 - 1S Ícone do Moodle

Ativa? Sim
Unidade Responsável: Departamento de Engenharia e Gestão Industrial
Curso/CE Responsável: Licenciatura em Ciência da Informação

Ciclos de Estudo/Cursos

Sigla Nº de Estudantes Plano de Estudos Anos Curriculares Créditos UCN Créditos ECTS Horas de Contacto Horas Totais
CINF 43 Plano Oficial em Vigor 2 - 6 56 162

Docência - Responsabilidades

Docente Responsabilidade
Maria Gabriela Beirão dos Santos Regente

Docência - Horas

Teóricas: 2,00
Práticas: 2,00
Tipo Docente Turmas Horas
Teóricas Totais 1 2,00
Maria Gabriela Beirão dos Santos 2,00
Práticas Totais 2 4,00
Maria Gabriela Beirão dos Santos 4,00
Mais informaçõesA ficha foi alterada no dia 2017-07-25.

Campos alterados: Fórmula de cálculo da classificação final, Componentes de Avaliação e Ocupação, Bibliografia Complementar, Bibliografia Obrigatória, Palavras Chave

Língua de trabalho

Português

Objetivos

A unidade curricular tem por objetivo desenvolver competências na área da gestão, dando uma visão integradora da organização e desenvolvimento de estratégias para que a empresa possa desenvolver vantagens competitivas no mercado.
A UC terá um carácter teórico-prático, integrando uma sólida componente teórica, baseada na apresentação e discussão de conceitos e metodologias aplicadas a casos de estudo e a um projeto de estudo de uma empresa. 

Resultados de aprendizagem e competências

No final da unidade curricular, os estudantes devem:
1. Compreender as organizações, o processo de gestão e a sua interligação na estratégia global da empresa.
2. Ser capazes de aplicar um conjunto conceitos, métodos e ferramentas de Gestão.
3. Ser capazes de aplicar os métodos e ferramentas da Gestão à análise de empresas e da identificação de melhorias.
4. Ser capazes de aplicar os métodos e ferramentas de Gestão à análise e discussão de casos.
5. Ser capazes de desenvolver trabalho em equipa.

Modo de trabalho

Presencial

Programa

1. INTRODUÇÃO
1.1. Organização
1.2. Os elementos das Organizações
1.3. Processo de Gestão

2. PLANEAMENTO ESTRATÉGICO 
2.1. Processo de planeamento
2.1.2. Missão e objetivos
2.1.3. Análise do meio ambiente externo
2.1.4. Análise do meio ambiente interno
2.1.5. Desenvolvimento de estratégias de negócio

3. ORGANIZAÇÃO 
3.1. Elementos Básicos de organização 
3.2. Estruturas organizacionais 

4. CONTROLO DE GESTÃO
4.1. O processo de controlo.
4.2. Desenvolvimento de sistemas de controlo

5. CULTURA ORGANIZACIONAL
5.1 Características da cultura organizacional
5.2 Mudança organizacional

Bibliografia Obrigatória

Gerry Johnson, Richard Whittington, Kevan Scholes; Exploring strategy. ISBN: 978-0-273-73702-0
Teixeira, Sebastião; Gestão das Organizações, 3ed, Escolar Editora, 2013. ISBN: 9789725924075
Luis R. Gomez-Mejia, David B. Balkin; Management. ISBN: 978-0-13-260433-8

Bibliografia Complementar

Carlos A. Marques Pinto... [et al.]; Fundamentos de gestão. ISBN: 972-23-3654-1
Grant Robert M. 1948-; Contemporary strategy analysis. ISBN: 978-0-470-74709-4

Métodos de ensino e atividades de aprendizagem

O ensino será suportado pelas seguintes componentes e atividades:

1. AULAS TEÓRICAS Nas aulas teóricas serão apresentados os conceitos das organizações, as teorias e ferramentas de gestão, que serão a base do trabalho prático.

2. AULAS PRÁTICAS Discussão de casos de estudo de empresas e aplicação dos conceitos estudados.

3. TRABALHO DE GRUPO O projeto do trabalho de grupo consiste no estudo da gestão estratégica de uma organização  e identificação dos potenciais melhorias.

Palavras Chave

Ciências Sociais > Economia > Estudos de gestão > Gestão de empresas

Tipo de avaliação

Avaliação distribuída com exame final

Componentes de Avaliação

Designação Peso (%)
Exame 55,00
Participação presencial 5,00
Trabalho escrito 40,00
Total: 100,00

Componentes de Ocupação

Designação Tempo (Horas)
Elaboração de projeto 36,00
Estudo autónomo 60,00
Frequência das aulas 56,00
Trabalho de investigação 10,00
Total: 162,00

Obtenção de frequência

A avaliação de frequência tem um peso de 40% na classificação final e envolve a participação nas aulas, a realização de um trabalho em grupo numa organização, a entrega de um relatório escrito final e uma apresentação oral do trabalhos, a realizar no fim do semestre.

Nota mínima de 7,5 valores.

É obrigatória a presença em 75% das aulas práticas.

Fórmula de cálculo da classificação final

Nota final= 0,40*(relatório e apresentação oral do trabalho individual) + 0,05*participação nas aulas + 0,55*nota de exame.

A classificação individual de frequência de cada elemento do grupo de trabalho poderá variar entre -2 e +2 valores de acordo com os resultados da heteroavaliação dos elementos do grupo.

O exame é sem consulta.

Para obter aprovação é exigido um mínimo de 7,5 valores (em 20) em qualquer uma das componentes de avaliação.

Provas e trabalhos especiais

Nas épocas especiais a classificação final será obtida da seguinte forma:
1. deverão realizar um trabalho individual a ser definido pelos docentes
2. deverão sujeitar-se a um exame oral sobre o tema do trabalho.
3. realizar um exame.

nota final= 0,40*(relatório e apresentação oral do trabalho individual) + 0,6*nota de exame.

Para obter aprovação é exigido um mínimo de 7,5 valores (em 20) em qualquer uma das componentes de avaliação.

Avaliação especial (TE, DA, ...)

Os estudantes em regime especial que não possam frequentar as aulas obterão a nota de frequência da seguinte forma:
1. Os trabalhadores estudantes deverão contactar os docentes no início das aulas para definir o plano de trabalhos.
2.deverão realizar um trabalho individual a ser definido pelo docente
3. deverão sujeitar-se a um exame oral sobre o tema do trabalho.
4. Muito embora a frequência da totalidade das aulas não seja obrigatória, a presença nas aulas práticas nos dois momentos de apresentação e discussão da componente de avaliação de frequência é obrigatória, mesmo para os estudantes em regime especial.

Melhoria de classificação

A melhoria de classificação da parte prática será possível através de um trabalho individual adicional e de uma prova oral.
A melhoria da parte do exame obedecerá ao regulamento em vigor.

Recomendar Página Voltar ao Topo
Copyright 1996-2019 © Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto  I Termos e Condições  I Acessibilidade  I Índice A-Z  I Livro de Visitas
Página gerada em: 2019-04-18 às 17:53:42 | Política de Utilização Aceitável | Política de Proteção de Dados Pessoais