Saltar para:
Logótipo
This page in english Ajuda Autenticar-se
Paulo Jesus: Exposição Retrospectiva
Você está em: Início > EIC0034
Autenticação




Mapa das Instalações
Edifício A (Administração) Edifício B (Aulas) - Bloco I Edifício B (Aulas) - Bloco II Edifício B (Aulas) - Bloco III Edifício B (Aulas) - Bloco IV Edifício C (Biblioteca) Edifício D (CICA) Edifício E (Química) Edifício F (Minas e Metalurgia) Edifício F (Minas e Metalurgia) Edifício G (Civil) Edifício H (Civil) Edifício I (Electrotecnia) Edifício J (Electrotecnia) Edifício K (Pavilhão FCNAUP) Edifício L (Mecânica) Edifício M (Mecânica) Edifício N (Garagem) Edifício O (Cafetaria) Edifício P (Cantina) Edifício Q (Central de Gases) Edifício R (Laboratório de Engenharia do Ambiente) Edifício S (INESC) Edifício T (Torre do INEGI) Edifício U (Nave do INEGI) Edifício X (Associação de Estudantes)

Gestão de Empresas

Código: EIC0034     Sigla: GEMP

Áreas Científicas
Classificação Área Científica
OFICIAL Métodos Quantitativos e Gestão

Ocorrência: 2016/2017 - 1S Ícone do Moodle

Ativa? Sim
Página Web: http://moodle.up.pt/course/view.php?id=3249
Unidade Responsável: Departamento de Engenharia e Gestão Industrial
Curso/CE Responsável: Mestrado Integrado em Engenharia Informática e Computação

Ciclos de Estudo/Cursos

Sigla Nº de Estudantes Plano de Estudos Anos Curriculares Créditos UCN Créditos ECTS Horas de Contacto Horas Totais
MIEIC 119 Plano de estudos a partir de 2009/10 4 - 4,5 56 121,5

Docência - Responsabilidades

Docente Responsabilidade
Lia Raquel Neto Martins Lima Patricio Regente

Docência - Horas

Teóricas: 2,00
Teórico-Práticas: 2,00
Tipo Docente Turmas Horas
Teóricas Totais 1 2,00
Lia Raquel Neto Martins Lima Patricio 2,00
Teórico-Práticas Totais 5 10,00
Lia Raquel Neto Martins Lima Patricio 4,00
Jorge Daniel Grenha Luís Teixeira 6,00

Língua de trabalho

Português - Suitable for English-speaking students

Objetivos

A unidade curricular tem por objetivo desenvolver competências na área da Gestão, integrando uma sólida componente teórica, baseada na apresentação e discussão de conceitos e metodologias, com a sua aplicação à análise e à discussão de casos de estudo.

Resultados de aprendizagem e competências

No final da unidade curricular, os estudantes devem:
1. Compreender as diferentes áreas funcionais da Gestão e a forma como se interligam na estratégia global da empresa.
2. Compreender e explorar a forma como as tecnologias de informação podem ser um elemento potenciador da Gestão.
3. Ser capazes de aplicar um conjunto conceitos, métodos e ferramentas de Gestão.
4. Ser capazes de coordenar múltiplas tarefas interdisciplinares, integrando as diferentes área da Gestão, de forma a atingir os objetivos comuns.
5. Ser capazes de aplicar os métodos e ferramentas da Gestão à análise de empresas e da identificação de melhorias.
6. Ser capazes de aplicar os métodos e ferramentas de Gestão à análise e discussão de casos.
7. Ser capazes de desenvolver trabalho em equipa.

Modo de trabalho

Presencial

Programa

1.A GESTÃO E O SEU CONTEXTO
1.1.A Gestão e o papel do Gestor
1.2.A evolução da Gestão

2.GESTÃO DE ÁREAS FUNCIONAIS
2.1.Marketing
2.2.Gestão Financeira
2.3.Gestão de Operações

3.GESTÃO ESTRATÉGICA
3.1.Gestão estratégica e competitividade
3.2.Missão e objectivos
3.3.Análise do meio ambiente externo
3.4.Análise do meio ambiente interno
3.5.Desenvolvimento de estratégias de negócio

4.ORGANIZAÇÃO
4.1.Elementos Básicos de organização
4.2.Estruturas organizacionais

5. CONTROLO

Bibliografia Obrigatória

Luis R. Gomez-Mejia, David B. Balkin; Management. ISBN: 978-0-13-260433-8
Gerry Johnson, Richard Whittington, Kevan Scholes; Exploring strategy. ISBN: 978-0-273-73702-0

Bibliografia Complementar

Arthur A. Thompson, Jr., A. J. Strickland III, John E. Gamble; Crafting and Executing Strategy. ISBN: 978-0-07-110756-3
Michael A. Hitt, R. Duane Ireland, Robert E. Hoskisson; Strategic management. ISBN: 0-324-22713-2

Métodos de ensino e atividades de aprendizagem

A1. As aulas teóricas serão usadas para a apresentação de conceitos, sendo acompanhada da apresentação de casos e sua discussão. 

A2. As aulas práticas envolverão a discussão de casos, havendo dois tipos:
(1) casos de discussão - estes casos serão disponibilizados aos alunos na semana anterior e serão discutidos em aula, sem avaliação.
(2) 3 casos de avaliação - os casos serão disponibilizados no início do semestre, e os alunos deverão realizar um relatório de 20 slides e fazer a discussão em aula, contando o relatório e discussão para a avaliação de frequência. Os alunos que não comparecerem na aula de discussão do caso terão zero valores na componente de discussão do caso, que representa 50% da avaliação do caso.

Palavras-chave

Ciências Sociais > Economia > Estudos de gestão
Ciências Sociais > Economia > Marketing

Tipo de avaliação

Avaliação distribuída com exame final

Componentes de Avaliação

Designação Peso (%)
Exame 25,00
Participação presencial 15,00
Trabalho escrito 60,00
Total: 100,00

Componentes de Ocupação

Designação Tempo (Horas)
Elaboração de projeto 30,00
Estudo autónomo 36,00
Frequência das aulas 56,00
Trabalho de investigação 13,00
Total: 135,00

Obtenção de frequência

No início do semestre, os alunos deverão organizar-se em grupos, sendo que toda a avaliação de frequência será realizada por grupo:

•60% da classificação final- Apresentação e discussão de três casos de estudo.
•15% da classificação final- participação individual na discussão dos casos. 


A classificação individual de frequência de cada elemento do grupo de trabalho poderá variar entre -2 e +2 valores de acordo com os resultados da heteroavaliação.

Minimum classification of 37,5% in each of the evaluation components.

Fórmula de cálculo da classificação final

Nota final= 0,6*(apresentação e discussão em grupo de casos)  + 0,15*(participação individual na discussão dos casos) + 0,25*nota de exame.

Os alunos que não comparecerem na aula de discussão do caso terão zero valores na componente de discussão do caso, que representa 50% da avaliação do caso.

A classificação individual de frequência de cada elemento do grupo de trabalho será ajustada entre -2 e +2 valores de acordo com os resultados da heteroavaliação do trabalho de grupo.

O exame é sem consulta.

Nota mínima de 37,5% em cada uma das componentes de avaliação.

Provas e trabalhos especiais

Nas épocas especiais a classificação final será obtida da seguinte forma:
1. deverão realizar um trabalho individual a ser definido pelos docentes
2. deverão sujeitar-se a um exame oral sobre o tema do trabalho.
3. realizar um exame.

nota final= 0,4*(relatório e apresentação oral do trabalho individual) + 0,6*nota de exame.

Classificação mínima de 37,5% em cada uma das componentes de avaliação

Avaliação especial (TE, DA, ...)

Os estudantes em regime especial que não possam frequentar as aulas obterão a nota de frequência da seguinte forma:
1. deverão realizar um trabalho individual a ser definido pelos docentes
2. deverão sujeitar-se a um exame oral sobre o tema do trabalho.
3. Muito embora a frequência da totalidade das aulas não seja obrigatória, a presença nas aulas práticas nos três momentos de apresentação e discussão da componente de avaliação de frequência é obrigatória, mesmo para os estudantes em regime especial.
4. Os trabalhadores estudantes deverão contactar os docentes no início das aulas para definir o plano de trabalhos.

Melhoria de classificação

A melhoria da parte do exame obedecerá ao regulamento em vigor.
A melhoria da componente de frequência será realizada no ano seguinte.

Recomendar Página Voltar ao Topo
Copyright 1996-2018 © Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto  I Termos e Condições  I Acessibilidade  I Índice A-Z  I Livro de Visitas
Página gerada em: 2018-12-15 às 00:39:39 | Política de Utilização Aceitável | Política de Proteção de Dados Pessoais