Saltar para:
Logótipo
This page in english A Ajuda Contextual não se encontra disponível Autenticar-se
Armário Solidário: trazer e levar para ajudar
Você está em: Início > Publicações > Visualização > Desenvolvimento e análise de uma aplicação mobile no contexto do tratamento da depressão e prevenção do suicídio
Autenticação




Mapa das Instalações
Edifício A (Administração) Edifício B (Aulas) - Bloco I Edifício B (Aulas) - Bloco II Edifício B (Aulas) - Bloco III Edifício B (Aulas) - Bloco IV Edifício C (Biblioteca) Edifício D (CICA) Edifício E (Química) Edifício F (Minas e Metalurgia) Edifício F (Minas e Metalurgia) Edifício G (Civil) Edifício H (Civil) Edifício I (Electrotecnia) Edifício J (Electrotecnia) Edifício K (Pavilhão FCNAUP) Edifício L (Mecânica) Edifício M (Mecânica) Edifício N (Garagem) Edifício O (Cafetaria) Edifício P (Cantina) Edifício Q (Central de Gases) Edifício R (Laboratório de Engenharia do Ambiente) Edifício S (INESC) Edifício T (Torre do INEGI) Edifício U (Nave do INEGI) Edifício X (Associação de Estudantes)

Desenvolvimento e análise de uma aplicação mobile no contexto do tratamento da depressão e prevenção do suicídio

Título
Desenvolvimento e análise de uma aplicação mobile no contexto do tratamento da depressão e prevenção do suicídio
Tipo
Tese
Ano
2019-10-07
Autores
Rita de Cassia Ramos
(Autor)
FEUP
Ver página pessoal Sem permissões para visualizar e-mail institucional Pesquisar Publicações do Participante Sem AUTHENTICUS Sem ORCID
Classificação Científica
FOS: Ciências da engenharia e tecnologias > Outras ciências da engenharia e tecnologias
Outras Informações
Resumo (PT): Podem as tecnologias serem benéficas ao homem a ponto de trazerem ganhos, inclusive, no que se refere a sua saúde mental? É possível pensar numa plataforma mobile que facilite o diagnóstico e o trabalho dos profissionais da área psicomédica? O que este estudo vem ajudar a compreender é o que as estruturas na área da saúde mental, desenvolvidas para os dispositivos móveis, podem realmente significar no dia a dia de pessoas que sofrem com doenças como depressão e transtorno de ansiedade. Procurou-se, assim, perceber as necessidades e carências destas populações, interpretando as suas exigências por meio da criação uma de aplicação móvel que pudesse ajudar esses indivíduos nos seus momentos de maior vulnerabilidade psíquica. O resultado, foi o desenvolvimento de um protótipo chamado Appathia, que tem o propósito de envolver a comunidade académica, os profissionais e os utentes do sistema público português de saúde num importante trabalho: diminuir as distâncias entre os cidadãos de toda a estrutura social, estimular o voluntariado e, sobretudo, prevenir o suicídio. A ideia é que o usuário possa ser atendido, em primeira instância, pela app criada (Appathia), sendo avaliado pelo voluntário que fará o serviço de acolhimento, para somente assim, caso necessário, ter o contacto direto com o especialista da área. Por meio de pesquisas entre os agentes de saúde e usuários, chegou-se a um modelo que tornou possível um protótipo centrado, especialmente, nas necessidades mais fundamentais do utilizador. O objetivo, além ver o bem-estar do doente com o principal motivo de sucesso da iniciativa, é desafogar a rede pública de saúde nacional, dando atendimento ao maior número de pessoas possível e diminuir as alarmantes e crescentes taxas de suicídio entre a população lusitana.
Abstract (EN): Can technologies be beneficial to man to the point of bringing even gains in mental health? Is it possible to think of a mobile platform that facilitates the diagnosis and work of psychomedical professionals? What this study helps to understand is what mobile mental health structures can really mean in the everyday lives of people suffering from illnesses such as depression and anxiety disorder. Thus, we sought to understand the needs and deficiencies of these populations, interpreting their requirements by creating a mobile application that could help these individuals in their moments of greatest psychological vulnerability. The result was the development of a prototype called Appathia, which aims to involve the academic community, professionals and users of the Portuguese public health system in an important work: to reduce the distances between citizens of the entire social structure, encourage volunteering and, above all, prevent suicide. The idea is that the user can be served, in the first instance, by the application created (Appathia), being evaluated by the volunteer who will provide the host service, so only, if necessary, can have direct contact with the specialist of the area.Through research among health workers and users, a model was arrived at that made possible a prototype focused, above all, on the most fundamental needs of the user. The goal, in addition to seeing the well-being of the patient as the main reason for the initiative's success, is to unburden the national public health network, providing care to as many people as possible and to reduce the alarming and rising suicide rates among the Portuguese population.
Idioma: Português
Nº de páginas: 189
Documentos
Nome do Ficheiro Descrição Tamanho
Desenvolvimento e análise de uma aplicação mobile no contexto do tratamento da depressão e prevenção do suicídio Desenvolvimento e análise de uma aplicação mobile no contexto do tratamento da depressão e prevenção do suicídio 10132.85 KB
Recomendar Página Voltar ao Topo
Copyright 1996-2020 © Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto  I Termos e Condições  I Acessibilidade  I Índice A-Z  I Livro de Visitas
Página gerada em: 2020-07-07 às 10:56:04 | Política de Utilização Aceitável | Política de Proteção de Dados Pessoais