Saltar para:
Logótipo
This page in english Ajuda Autenticar-se
Paulo Jesus: Exposição Retrospectiva
Você está em: Início > Notícias > Seminário Autoconsumo na perspetiva de consumidores industriais e domésticos
Autenticação




Mapa das Instalações
Edifício A (Administração) Edifício B (Aulas) - Bloco I Edifício B (Aulas) - Bloco II Edifício B (Aulas) - Bloco III Edifício B (Aulas) - Bloco IV Edifício C (Biblioteca) Edifício D (CICA) Edifício E (Química) Edifício F (Minas e Metalurgia) Edifício F (Minas e Metalurgia) Edifício G (Civil) Edifício H (Civil) Edifício I (Electrotecnia) Edifício J (Electrotecnia) Edifício K (Pavilhão FCNAUP) Edifício L (Mecânica) Edifício M (Mecânica) Edifício N (Garagem) Edifício O (Cafetaria) Edifício P (Cantina) Edifício Q (Central de Gases) Edifício R (Laboratório de Engenharia do Ambiente) Edifício S (INESC) Edifício T (Torre do INEGI) Edifício U (Nave do INEGI) Edifício X (Associação de Estudantes)

Notícias

Seminário Autoconsumo na perspetiva de consumidores industriais e domésticos

15 outubro | 14h30 | Sala B032

São cada vez maiores as preocupações com os preços da eletricidade, com o ambiente e com a eficiência energética. Neste contexto, acaba de surgir a nova legislação de autoconsumo em Portugal, designada "Regime de produção distribuída". Esta legislação proporciona ao consumidor a possibilidade de produzir a sua própria energia, facultando finalmente o direito de investimento numa alternativa à energia da rede elétrica, facilitando a utilização do seu próprio recurso energético.

Relativamente aos modelos anteriores de microgeração e minigeração, o autoconsumo distingue-se por permitir o consumo da própria energia autoproduzida, por relaxar limites de capacidade e cotas dando flexibilidade para que o mercado funcione naturalmente, salientando-se ainda o importante aspecto de não ter qualquer encargo adicional para o sistema elétrico, ao contrário de todos os mecanismos de promoção de renováveis implementados anteriormente.

Para as empresas do setor é uma grande oportunidade para um novo mercado emergente. Ficam, desta forma, abertas novas oportunidades de mercado para o setor e para novas empresas com novos modelos de negócio, criando postos de trabalho e impulsionando a economia verde. Este modelo de autoconsumo implicará novas abordagens do mercado, integrando conceitos de autoprodução com conceitos de eficiência energética e também novas formas de comercialização de energia e serviços. O governo ambiciona que sejam instalados 300 MW de autoconsumo até 2020, o que representa mais de 500 milhões de euros em volume de negócio.

Este webinário acolhido na FEUP é promovido pela Voltimum e pelas renováveis magazine e será apresentado por dois professores universitários envolvidos já há algum tempo em projetos de empreendedorismo no setor da energia fotovoltaica e eficiência energética. O webinário pretende discutir as novas oportunidades de negócio e a viabilidade destes projetos de autoconsumo nas perspetivas dos consumidores domésticos e dos consumidores industriais.

Oradores:

Prof. Cláudio Monteiro (FEUP)
É Professor da FEUP, especialista nas áreas de energias renováveis, eficiência energética e sistemas elétricos em geral. É Diretor da renováveis magazine. Em 2013 foi Presidente da APISOLAR - Associação Portuguesa de Energia Solar. Foi o fundador da empresa Smartwatt, empresa de serviços energéticos com atividade na promoção, instalação e gestão de projetos fotovoltaicos integrados no consumo.
O Prof. Cláudio Monteiro apresentará a perspetiva dos consumidores industriais, discutindo aspetos de viabilidade económica, possíveis soluções técnicas de autoconsumo em diferentes áreas de aplicação para consumidores industriais de média e grande dimensão. Serão abordados aspetos de interação entre o autoconsumo e a eficiência energética.

Prof. Manuel Azevedo (ISEP)
É Professor do ISEP e empreendedor em várias vertentes do setor fotovoltaico. Fundou uma empresa de assemblagem de painéis fotovoltaicos, e uma outra empresa de promoção de projetos de centrais fotovoltaicas integradas em instalações de consumo, estando recentemente envolvido num novo projeto de empreendedorismo para a comercialização de energia elétrica com soluções de autoconsumo fotovoltaico.
O Prof. Manuel Azevedo apresentará as oportunidades que surgem com a nova legislação de autoconsumo na perspetiva do consumidor doméstico, soluções técnicas de sistemas fotovoltaicos para pequenas instalação e novas soluções de comercialização de energia integrando o autoconsumo fotovoltaico.

Apoio: SYSTEC

Poderá assistir ao seminário de forma presencial ou através da Internet (transmissão em direto via streaming).

Para mais informações, visitar
http://www.voltimum.pt/campanha/autoconsumo-oportunidades-para-consumidores-domesticos-e-industriais
.


::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::
Divulgue os seus eventos e projetos através do e-mail: noticias@fe.up.pt. Saiba mais sobre os nossos serviços no site dos SICC.

Recomendar Página Voltar ao Topo
Copyright 1996-2018 © Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto  I Termos e Condições  I Acessibilidade  I Índice A-Z  I Livro de Visitas
Página gerada em: 2018-11-20 às 08:13:19 | Política de Utilização Aceitável | Política de Proteção de Dados Pessoais