Saltar para:
Logótipo
Você está em: Início > Notícias > Alumni FEUP vencem Prémio de Inovação Tecnológica

Notícias

Alumni FEUP vencem Prémio de Inovação Tecnológica

Prémio foi entregue a 3 de dezembro, em Lisboa

Carlos Pires e Fernando Pinto, antigos estudantes do Mestrado Integrado em Engenharia Informática (MIEIC) da Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto (FEUP), acabam de conquistar, na sua qualidade de investigadores da Microsoft Portugal, o Prémio de Inovação Tecnológica "Engenheiro Jaime Filipe 2010". O galardão, no valor de 5 mil euros, é atribuído pelo Instituto Nacional para a Reabilitação, I.P., em colaboração com o Instituto da Segurança Social, I.P., a Direcção-Geral da Saúde, UMIC - Agência para a Sociedade do Conhecimento, Instituto Nacional de Propriedade Industrial, Direcção-Geral do Consumidor e o Instituto de Apoio às Pequenas e Médias Empresas e à Inovação. O prémio tem como principal objetivo distinguir uma personalidade ou instituição com uma grande dedicação e atuação na defesa do exercício de cidadania e integração social das pessoas com deficiência. O projeto premiado de Carlos Pires e de Fernando Pinto - "PLA - Personal Life Assistant" - foi desenvolvido no âmbito das teses de mestrado, sob a orientação de Eduarda Rodrigues, docente do Departamento de Engenharia Informática da FEUP, e de Miguel Sales Dias, do Instituto Universitário de Lisboa (ISCTE - IUL) e diretor do Microsoft Language Development Center (MLDC), o centro de I&D da Microsoft Portugal e teve uma especial colaboração da Associação Salvador, em Lisboa. Os alumni FEUP explicam que o projeto consiste num protótipo multimodal e multiplataforma que simplifica o acesso a serviços na Internet por parte de pessoas com mobilidade reduzida. "Foi nosso objetivo tentar superar as dificuldades que, principalmente, os tetraplégicos enfrentam no dia a dia. Como têm dificuldades em movimentar os braços e as mãos, têm também dificuldades em usar o teclado/rato e os telemóveis. E portanto, desenvolvemos uma interface natural que pode ser usada recorrendo não só ao tradicional rato e teclado, mas também à fala e ao toque", destacam. O protótipo está disponível em plataforma desktop e móvel, de forma a assegurar a mobilidade dos utilizadores. Carlos Pires e Fernando Pinto apontam ainda que a partir dos resultados obtidos com o estudo puderam perceber que alguns utilizadores com mais dificuldades conseguem executar as tarefas de uma forma mais rápida, recorrendo à voz. "Estamos confiantes que existe potencial para melhorar a qualidade de vida destas pessoas", sublinham. Carlos Pires e Fernando Pinto, que estão atualmente a trabalhar no MLDC, centro de I&D da Microsoft Portugal, dedicando-se a projetos relacionados com a fala, destacam que o prémio é uma forma de "relembrar a empresas e engenheiros de software que existem pessoas com dificuldades". O prémio representa uma "motivação para continuar o trabalho desenvolvido, no sentido de proporcionar um ambiente mais fácil de ser utilizado por diversos públicos, com ou sem limitações, através das práticas de design universal e interação multimodal", concluem os jovens premiados. O prémio foi entregue no dia 3 de dezembro, durante uma cerimónia de comemoração do "Dia Internacional das Pessoas com Deficiência - Juntos por um Mundo Melhor para Todos", que decorreu no auditório do Colégio Militar, Largo da Luz, Lisboa. :::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::: Divulgue os seus eventos e projetos através do e-mail: noticias@fe.up.pt. Saiba mais sobre os nossos serviços no site dos SICC.
Recomendar Página Voltar ao Topo
Copyright 1996-2024 © Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto  I Termos e Condições  I Acessibilidade  I Índice A-Z  I Livro de Visitas
Página gerada em: 2024-04-23 às 00:31:27 | Política de Utilização Aceitável | Política de Proteção de Dados Pessoais | Denúncias