Saltar para:
Logótipo
This page in english Ajuda Autenticar-se
Formação Online da Biblioteca
Você está em: Início > Notícias > Matrículas - Concurso Nacional de Acesso 2020/2021 - 2.ª Fase

Notícias

Matrículas - Concurso Nacional de Acesso 2020/2021 - 2.ª Fase

De 15 (10:00) a 19 de outubro (15:00)


LICENCIATURA - MESTRADOS INTEGRADOS


Prazos

As matrículas decorrem entre as 10h00 de quinta-feira (15 de outubro) e as 15h00 de segunda-feira (19 de outubro), num formato totalmente online, através do site www.up.pt/matriculas.

A inscrição em ano letivo é válida com a submissão do boletim de inscrição, ficando automaticamente com o estado a frequentar.


Documentos para o processo de matrícula

Candidato com menos de 18 anos

Os candidatos com menos de 18 anos colocados através do Concurso Nacional de Acesso, vão precisar de digitalizar uma Declaração sob compromisso de honra e o Cartão de Cidadão do seu Encarregado de Educação. No entanto, se não quiserem enviar, através do formulário de inscrição, a declaração e o Cartão de Cidadão digitalizado, terá de se deslocar presencialmente aos Serviços Académicos da FEUP.


Candidato com nacionalidade extracomunitária

Os candidatos extracomunitários colocados através do Concurso Nacional de Acesso, ao abrigo da alínea b) do n.º 2 do artigo 3.º do DL 36/2014, de 10 de março, na redação introduzida pelo DL 62/2018, de 6 de agosto, terão de, no ato de matrícula/inscrição, fazer prova de que são familiares* de portugueses ou de nacionais de um estado membro da União Europeia.

Assim, essa prova deve ser efetuada de acordo com o regime jurídico de entrada, permanência, saída e afastamento de estrangeiros do território nacional, designadamente através de documentos de identificação [preferencialmente cartão de residência] ou certidões emitidas pelo Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF).

Caso o candidato não tenha ainda cartão de residência, dependendo da relação familiar que o candidato pretenda comprovar, a prova da relação familiar poderá, a título exemplificativo, ser efetuada através de:

  • Passaporte válido do cidadão de Estado terceiro;
  • Documento de identidade válido do cidadão que acompanhe ou ao qual se reúna;
  • Prova de familiares a cargo (se aplicável);
  • Se forem casados, apresentar certidão de narrativa completa de nascimento ou assento de casamento;
  • Se estiverem em união de facto, apresentar certidões de nascimento de ambos e documento comprovativo da vida em comum há pelo menos dois anos;
  • Se for descendente, apresentar assento de nascimento;
  • Se for descendente maior de 21 anos, apresentar matrícula escolar e outro meio de prova;
  • Se for enteado, apresentar assento de nascimento e cartão de residência do progenitor;

Se for ascendente do cidadão da UE, apresentar:

  • Assento de nascimento do cidadão da UE;
  • Até aos 65 anos, apresentar IRS com indicação dos dependentes a cargo e outros documentos que provem estar a cargo (exemplo: transferências bancárias para o país de origem);

Se for ascendente do cônjuge do cidadão da UE, apresentar:

  • Assento de nascimento e cartão de residência do cônjuge do cidadão da UE;
  • Até aos 65 anos apresentar IRS com indicação dos dependentes a cargo e outros documentos que provem estar a cargo (exemplo: declaração do Estado de origem de que não recebe qualquer pensão).”
* Nos termos da Lei n° 37/2006, de 9 de agosto, considera-se familiar:
i. O cônjuge de um cidadão da União;
ii. O parceiro com quem um cidadão da União vive em união de facto, constituída nos termos da lei, ou com quem o cidadão da União mantém uma relação permanente devidamente certificada, pela entidade competente do Estado membro onde reside;
iii. O descendente direto com menos de 21 anos de idade ou que esteja a cargo de um cidadão da União, assim como o do cônjuge ou do parceiro na aceção da subalínea anterior;
iv. O ascendente direto que esteja a cargo de um cidadão da União, assim como o do cônjuge ou do parceiro na aceção da subalínea ii).


Os candidatos extracomunitários colocados através do Concurso Nacional de Acesso, ao abrigo da alínea c) do n.º 2 do artigo 3.º do DL 36/2014, de 10 de março, na redação introduzida pelo DL 62/2018, de 6 de agosto, devem atestar que residem legalmente em Portugal há mais de 2 anos, de forma ininterrupta, em 1 de janeiro de 2020, bem como os filhos que com eles residam legalmente, apresentando título(s) de residência ou declaração do SEF. Não conta para este efeito o tempo de residência com visto de estudos.


Os candidatos extracomunitários colocados através do Concurso Nacional de Acesso, ao abrigo da alínea d) do n.º 2 do artigo 3.º do DL 36/2014, de 10 de março, na redação introduzida pelo DL 62/2018, de 6 de agosto, ou seja, os que a 1 de janeiro de 2020 sejam beneficiários de estatuto de igualdade de direitos e deveres atribuído ao abrigo de tratado internacional outorgado entre o Estado Português e o Estado de que são nacionais, terão de, no ato de matrícula/inscrição, fazer prova através da apresentação do registo do referido estatuto, emitido pela Conservatória dos Registos Centrais.


Observação: Aos candidatos extracomunitários colocados através do Concurso Nacional de Acesso poderão ser ainda exigidos outros documentos para fazer prova de que não estão abrangidos pelo estatuto de estudante internacional.

Informações Gerais

Portaria n.º 180-B/2020, de 03 de agosto - Regulamento do Concurso Nacional de Acesso e Ingresso no Ensino Superior Público para a Matrícula e Inscrição no Ano Letivo de 2020/2021.

1 - Os estudantes a tempo integral, aquando da inscrição no primeiro ano pela primeira vez, podem inscrever-se, na Universidade do Porto, no máximo a 60 ECTS num ano letivo, com um máximo de 30 ECTS num semestre (ver "Regulamento do número máximo de créditos a que cada estudante se pode inscrever em cada ano e semestre letivos").
Nota: Os créditos ECTS estabelecidos para a inscrição nas formações em línguas não são contabilizados para estes limites.

- a tempo parcial - as inscrições em regime de tempo parcial poderão verificar-se de acordo com o indicado na seguinte tabela:

Número de créditos ECTS de inscrição a tempo parcial
- Até 18 créditos ECTS
- Entre 19 e 37,5 créditos ECTS
- Entre 38 e 40,5 créditos ECTS *
- Inscrição exclusiva em componentes não curriculares - trabalho de investigação e de elaboração da dissertação, tese, estágio ou projeto e respetivos relatórios
* Apenas para os estudantes que, tendo cumprido todas as inscrições necessárias à duração do ciclo de estudos, o possam concluir no ano/semestre correspondente a estes limites, conforme aprovado em reunião do Conselho de Diretores de 6 de novembro de 2017.

Regulamento do Regime de Estudante a Tempo Parcial da Universidade do Porto


Regras para inscrição a tempo integral/parcial

Nota: Os créditos ECTS estabelecidos para a inscrição nas formações em línguas não são contabilizados para estes limites.

Durante o período de matrículas (até 19 de outubro) os estudantes podem efetuar a alteração do regime de tempo integral para o regime de tempo parcial, ou vice-versa.
Na proposta de inscrição é apresentado um apontador nas opções do lado direito da página intitulado "Alterar regime de inscrição", que permite a alteração do regime durante o período em que decorrem as matrículas.
Após alteração do regime deverá verificar a sua conta corrente.

2 - Para atribuição de turmas deverá dirigir-se ao Secretariado do seu Ciclo de Estudos.


3 - Poderá consultar nos seguintes links informação sobre:

- Matrículas/Inscrições

- Certificação
Declaração SUB23
Após realizar a inscrição em ano letivo, poderá aceder à declaração multiusos assinada digitalmente, que se encontra disponível na opção "Declaração multiusos" na sua página pessoal de estudante.

- Bolsas e Incentivos

- Necessidades Educativas Especiais

- Estatutos Especiais

- Creditação


Pagamento de Propinas

Regulamento de Propinas da Universidade do Porto

Consultar valores para 2020/2021

Para mais informação sobre propinas consulte o Espaço Informativo do Estudante.

A primeira prestação de propinas e o seguro escolar terão de ser liquidados no ato da matrícula, preferencialmente através de referências multibanco que podem ser geradas através da sua conta corrente (ver "Procedimento para geração de Referências Multibanco"), ou na Tesouraria da FEUP.

Caso pretenda uma Fatura em nome de uma empresa deverá enviar um e-mail para tesouraria@fe.up.pt.

No caso de ser candidato a bolsa de estudos no presente ano letivo, deverá no processo de inscrição selecionar a instituição a que se candidatou. Terá um prazo de 30 dias para apresentar o comprovativo de candidatura a bolsa (os candidatos a bolsa SASUP estão dispensados de apresentação deste comprovativo). Para tal, deverá aceder ao seu percurso académico e, nas opções do lado direito, selecionar "Comprovativo de pedido de bolsa de estudos" e fazer o upload do documento digitalizado.

Os estudantes abrangidos por Situações Especiais de Propinas terão de entregar nos Serviços Académicos os documentos previstos, até ao final do prazo de inscrições.


Procedimento para geração de Referências Multibanco

1. Clicar na imagem MB associada ao valor (prestação de propina ou seguro escolar) que pretende efetuar o pagamento.
2. Confirmar os dados apresentados e clicar em "Atribuir", ficando automaticamente com a referência associada.
3. Clicando em "voltar à conta corrente" irá novamente encontrar a referência gerada.
4. Deverá repetir os passos anteriores para cada um dos valores a pagar (prestação de propina ou seguro escolar).
5. Caso pretenda realizar o pagamento da totalidade da propina ou mais do que uma prestação, deverá selecionar o número de prestações que pretende e clicar em "Atribuir", ficando automaticamente com a referência associada.


Permutas

Após realização da matrícula/inscrição, os estudantes interessados e que cumpram os requisitos estipulados no art. 55.º da Portaria n.º 180-B/2020, de 03 de agosto podem solicitar a permuta.

O pedido de permuta está sujeito ao pagamento de emolumentos, de acordo com o previsto na Tabela de Emolumentos da UP.



Recomendar Página Voltar ao Topo
Copyright 1996-2020 © Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto  I Termos e Condições  I Acessibilidade  I Índice A-Z  I Livro de Visitas
Página gerada em: 2020-10-27 às 19:09:02 | Política de Utilização Aceitável | Política de Proteção de Dados Pessoais