Saltar para:
Logótipo
This page in english Ajuda Autenticar-se
Formação regular da Biblioteca |fevereiro a maio
Hoje é domingo
Você está em: Início > Cursos/CE > MIEEC
Autenticação




Mapa das Instalações
Edifício A (Administração) Edifício B (Aulas) - Bloco I Edifício B (Aulas) - Bloco II Edifício B (Aulas) - Bloco III Edifício B (Aulas) - Bloco IV Edifício C (Biblioteca) Edifício D (CICA) Edifício E (Química) Edifício F (Minas e Metalurgia) Edifício F (Minas e Metalurgia) Edifício G (Civil) Edifício H (Civil) Edifício I (Electrotecnia) Edifício J (Electrotecnia) Edifício K (Pavilhão FCNAUP) Edifício L (Mecânica) Edifício M (Mecânica) Edifício N (Garagem) Edifício O (Cafetaria) Edifício P (Cantina) Edifício Q (Central de Gases) Edifício R (Laboratório de Engenharia do Ambiente) Edifício S (INESC) Edifício T (Torre do INEGI) Edifício U (Nave do INEGI) Edifício X (Associação de Estudantes)

Cursos

Mestrado Integrado em Engenharia Electrotécnica e de Computadores

O Mestrado Integrado em Engenharia Eletrotécnica e de Computadores foi distinguido com a marca de qualidade internacional EUR-ACE. Este certificado reconhece os altos padrões de qualidade do curso, assim como o cumprimento dos requisitos educacionais para cursos de mestrado em Engenharia. [+ info]

 

O ensino da Engenharia Eletrotécnica e de Computadores na FEUP estrutura-se a partir do MIEEC – o novo ciclo de estudos integrado conducente ao grau de Mestre. O programa combina características de formação de base e de especialização, que são bem conhecidas nos Cursos de Licenciatura e Mestrado que a FEUP há muito oferece, nomeadamente o Mestrado em Engenharia Eletrotécnica e de Computadores, o Mestrado em Redes e Serviços de telecomunicações, e Sistemas Multimédia.

- Para os alunos que ingressam no Ensino Superioro programa tem a duração de 5 anos e é organizado em 3 áreas de formação principal (majors) – Energia, Automação e Telecomunicações – e em áreas de especialização que aprofundam o conhecimento dentro de cada major. A frequência dos 3 primeiros anos confere o grau de Licenciatura em Ciências da Engenharia Eletrotécnica e de Computadores.

- Aos candidatos já possuidores de uma Licenciaturao programa oferece um 2º ciclo, com a duração máxima de 2 anos, conducente ao grau de Mestre, contemplando um leque de especializações que inclui Redes e Serviços de Comunicações, Comunicação Multimédia, Comunicações Óticas, Microeletrónica, Processamento de Sinal, Áudio e Vídeo, Gestão Industrial, Informática Industrial, Eletrónica Industrial e Instrumentação, Robótica, Redes e Mercados de Energia, Instalações Elétricas e Energias Renováveis.

- Para os candidatos possuidores do grau de Mestreque pretendam seguir estudos de Doutoramento a FEUP oferece a partir de 2007/2008 o Programa Doutoral em Engenharia Eletrotécnica e de Computadores (PDEEC), com ligações a todas as Universidades norte-americanas com quem o Governo Português e a FEUP estabeleceram contratos de cooperação: o MIT e as Universidades de Carnegie-Mellon e Texas (Austin).

O MIEECimplementa o conceito de ciclo de estudos integrado conducente ao grau de Mestre, tal como estabelecido na Lei de Bases do Ensino Superior, combinando as características mais relevantes dos dois maiores programas de graduação e de pós-graduação da FEUP: a anterior Licenciatura em Engenharia Eletrotécnica e de Computadores (LEEC) e o Mestrado em Engenharia Eletrotécnica e de Computadores (MEEC).

Do primeiro destes programas o Plano de Estudos retira as características de uma formação científica sólida, de espectro largo, nas áreas fundamentais deste domínio da Engenharia, numa perspetiva de estruturação de competências ligadas ao processo de aprendizagem e à formação científica de base. Ao segundo vai buscar o aprofundamento de conhecimentos e o desenvolvimento das competências próprias de um grau de Mestre, num conjunto de especializações orientadas para áreas chave para o desenvolvimento do País, relativamente às quais o mercado tem mostrado ampla aceitação, e em que as capacidades do Departamento são reconhecidas quer nacional quer internacionalmente.

O Curso assenta numa área de formação comum que dá origem a três percursos formativos distintos (majors):

  • Automação
  • Energia
  • Telecomunicações, Eletrónica e Computadores

Para além de uma área de formação comum, estes três majors incluem áreas de especialização, designadamente Gestão Industrial, Microeletrónica e Sistemas Embarcados, Eletrónica e Sistemas, Robótica e Sistemas, Redes e Mercados de Energia, Instalações Elétricas, Energias Renováveis, Redes e Serviços de Comunicações, Comunicação Multimédia, Tecnologias das Comunicações, constituídas por um conjunto estruturado de disciplinas oferecido em regime de opção.

O Plano de Estudos prevê ainda a oferta de minors, constituídos por conjuntos estruturados e coerentes de disciplinas, em áreas científicas distintas da área da especialização, que conduzem a uma formação complementar com direito a menção no Diploma do Curso.

Saídas Profissionais:
De todas as áreas da Engenharia, em todo o mundo, esta é provavelmente a que tem evidenciado um maior dinamismo. Ele é bem visível nos desenvolvimentos relacionados com as novas tecnologias da informação e das comunicações, mas também nos domínios da produção industrial e da automação, e nas novas formas de produção e gestão de energia.

Ao combinar uma educação de base sólida com uma formação específica atualizada em áreas de grande relevância para o desenvolvimento do País, o Curso potencia múltiplas oportunidades profissionais nos sectores da indústria e dos serviços ligados à Engenharia Eletrotécnica e aos Computadores. Estas oportunidades materializam-se em atividades de inovação tecnológica e de conceção, exploração, manutenção e gestão, em áreas que vão da microeletrónica aos sistemas de informação, da logística às comunicações ópticas e aos sistemas de energia, e da automação e robótica à informática industrial e à administração de sistemas e redes de computadores.


Áreas de Especialização

Automação

 

Grupo Opcional de Especialização

É obrigatória a escolha e frequência de um grupo opcional de unidades curriculares de especialização.

Os estudantes do grupo opcional de especialização em Gestão Industrial devem-se inscrever no 4º e 5º ano às unidades curriculares:

  • Gestão de Operações
  • Sistemas de Qualidade e Fiabilidade
  • Sistemas de Apoio à Decisão
  • Sistemas de Informação Empresariais
  • Modelos e Processos de Negócios

Os estudantes do grupo opcional de especialização em Microelectrónica e Sistemas Embarcados devem-se inscrever no 4º e 5º ano às unidades curriculares:

  • Projecto de Sistemas Digitais
  • Projecto de Circuitos VLSI
  • Sistemas Embarcados
  • Sistemas Distribuídos
  • Sistemas Electrónicos

Os estudantes do grupo opcional de especialização em Electrónica e Sistemas devem-se inscrever no 4º e 5º às unidades curriculares:

  • Sistemas de Electrónica
  • Aquisição e Processamento de Sinal
  • Accionamento e Movimentação
  • Electrónica Automóvel
  • Sistemas de Energia Renovável

Os estudantes do grupo opcional de especialização em Robótica e Sistemas devem-se inscrever no 4º e 5º ano às unidades curriculares:

  • Sistemas Baseados em Visão
  • Aquisição e Processamento de Sinal
  • Robótica Industrial
  • Identificação e Estimação
  • Sistemas Robóticos Autónomos

Telecomunicações, Electrónica e Computadores

 

Grupo Opcional de Especialização

É obrigatória a escolha e frequência de um grupo opcional de unidades curriculares de especialização.

Os estudantes do grupo opcional de especialização em Tecnologia das Comunicações devem-se inscrever no 4º e 5º ano às unidades curriculares:

  • Engenharia de RF e Microondas
  • Comunicações Ópticas
  • Antenas e Propagação
  • Microelectrónica Analógica
  • Projecto de Sistemas de Telecomunicações

Os estudantes do grupo opcional de especialização em Microelectrónica e Sistemas Embarcados devem-se inscrever no 4º e 5º ano às unidades curriculares:

  • Projecto de Sistemas Digitais
  • Projecto de Circuitos VLSI
  • Sistemas Embarcados
  • Sistemas Distribuídos
  • Sistemas Electrónicos

Os estudantes do grupo opcional de especialização em Redes e Serviços de Comunicações devem-se inscrever no 4º e 5º ano às unidades curriculares:

  • Sistemas de Informação e Bases de Dados
  • Comunicações Móveis
  • Planeamento e Gestão de Redes
  • Serviços de Comunicações
  • Segurança em Sistemas e Redes

Os estudantes do grupo opcional de especialização em Comunicações Multimédia devem-se inscrever no 4º e 5º ano às unidades curriculares:

  • Sistemas de Informação e Bases de Dados
  • Laboratório Multimédia
  • Processamento e Codificação de Informação Multimédia
  • Sistemas Multimédia
  • Televisão Digital e Novos Serviços

Energia

 

Grupo Opcional de Especialização

É obrigatória a escolha e frequência de um grupo opcional de unidades curriculares de especialização.

Os estudantes do grupo opcional de especialização em Redes devem-se inscrever no 5º ano às unidades curriculares:

  • Dinâmica e Estabilidade de Sistemas
  • Fiabilidade e Planeamento
  • Operação do Sistema de Energia
  • Sistemas de Protecção

Os estudantes do grupo opcional de especialização em Mercados Energéticos devem-se inscrever no 5º ano às unidades curriculares:

  • Economia dos Mercados
  • Operação do Sistema de Energia
  • Regulação e Mercados
  • Técnicas para Previsão

Os estudantes do grupo opcional de especialização em Energias Renováveis devem-se inscrever no 5º ano às unidades curriculares:

  • Energia Eólica e Solar
  • Gestão da Energia
  • Produção Dispersa
  • Técnicas para Previsão

Os estudantes do grupo opcional de especialização em Instalações Eléctricas devem-se inscrever no 5º ano às unidades curriculares:

  • Accionamentos Electromagnéticos
  • Gestão da Energia
  • Concepção e Projecto
  • Luminotecnia e Instalações Industriais

Informações

Horários

Inscrições

Disciplinas Específicas 2012/2013:

  • 07 Física e Química
  • 19 Matemática A

Numerus Clausus:195

Contacto:
Departamento de Engenharia Eletrotécnica e de Computadores
Secretariado do DEEC
e-mail: secdeec@fe.up.pt
Tel.: 22 508 1819
Fax: 22 508 1443


Dados Gerais

Código Oficial: 9367
Diretor: João Canas Ferreira
Sigla: MIEEC
Grau Académico: Mestre
Tipo de curso/ciclo de estudos: Mestrado Integrado
Início: 2006/2007
Duração: 5 Anos

Planos de Estudos

Diplomas

  • Mestrado em Engenharia Eletrotécnica e de Computadores - Automação (300 Créditos ECTS)
  • Mestrado em Engenharia Eletrotécnica e de Computadores - Telecomunicações, Eletrónica e Computadores (300 Créditos ECTS)
  • Mestrado em Engenharia Eletrotécnica e de Computadores - Energia (300 Créditos ECTS)
  • Licenciatura em Ciências de Engenharia - perfil de Engenharia Eletrotécnica e de Computadores (180 Créditos ECTS)

Áreas Científicas Predominantes

Cursos/Ciclos de Estudos Antecessores

Recomendar Página Voltar ao Topo