Saltar para:
Logótipo
This page in english Ajuda Autenticar-se
Formação da Biblioteca para o segundo semestre
Hoje é domingo
Você está em: Início > Oferta Formação > Unidade de Formação Contínua > MIC

Competências Transversais para Engenharia: Métodos de Investigação Científica

As competências transversais (“transferable skills”) são competências complementares às científicas e técnicas que fazem parte dos curricula e focam áreas como empreendedorismo, fomento da produção científica, ética e responsabilidade, gestão, coaching de carreira, etc.

Estas têm sido evidenciadas em vários relatórios de avaliação de programas doutorais e de reflexões sobre o ensino superior. É-lhes também dada especial atenção, quer nos concursos para financiamento dos Programas de Doutoramento da FCT, quer nas redes de Doutoramento ITN do H2020, por exemplo. Tais competências, para além de colocarem os programas doutorais em alinhamento com os pressupostos mais recentes de qualidade dos programas de 3º ciclo, poderão: permitir aos seus doutorandos um melhor desenvolvimento do processo de tese e estratégias de coping com os constrangimentos diários, aumentar a motivação, estimular a qualidade da produção científica, promover a criação de negócios, start-ups e de novos projetos.

A formação enquadra-se nos objetivos estabelecidos nos Planos Estratégicos da FEUP e da UP e concorre para o cumprimento das suas linhas de ação 2011-2015, designadamente: a) «Afirmar a U.Porto como uma Universidade de Investigação aumentando a quantidade e a qualidade dos trabalhos de investigação»; b) «Melhorar continuamente a qualidade nos vários níveis da Formação da U.Porto, segundo padrões internacionais de aferição»; c) «Assegurar a formação em competências transversais (“soft skills”) para todos os programas doutorais tendo em vista o novo tipo de mercado de emprego que se abre para os detentores do grau de doutor».

Esta formação faz parte de um portfólio de competências transversais a oferecer aos doutorandos dos programas doutorais (da FEUP), sob forma de curso opcional, podendo-se escolher que unidade (s) de formação frequentar consoante as necessidades específicas dos estudantes.

Objetivos:
Como candidatos a potenciais investigadores, os participantes do curso têm de se familiarizar com os processos, métodos e melhores práticas associadas com a investigação científica em vários domínios diferentes, tanto em domínios impulsionados pela aplicação científica como de engenharia.
Os participantes do curso têm de entender o que se espera de um trabalho de tese de alta qualidade, fazendo a diferença na comparação com outro trabalho técnico (orientado para o projeto).

No final da unidade de formação:
Os estudantes serão capazes de adequar a melhor metodologia de investigação científica e a análise de dados a cada um dos seus domínios de aplicação específicos.

Programa

- Motivações fundamentais para a pesquisa científica (questões sobre métodos
  científicos)
- Teorias de apoio (dimensões dos Métodos de Investigação)
- Método de investigação Positivista (clássico)
- Método de investigação do tipo interpretativo
- Investigação em disciplinas de Engenharia
- Técnicas Associadas
- Investigação sobre Qualidade e desafios

Destinatários:
* estudantes de programas doutorais e doutoramentos da Universidade do Porto
* estudantes de mestrados e mestrados integrados da Universidade do Porto
* bolseiros, docentes, investigadores e técnicos da Universidade do Porto
* público em geral

Avaliação e certificação:
Avaliação:
- Selecionar, rever e apresentar um artigo científico de outro autor (obrigatório).
- Produzir o seu próprio artigo (esboço), mencionando explicitamente a metodologia de investigação selecionada (opcional).

A aprovação do participante implica avaliação final com classificação expressa numa escala quantitativa de 10 a 20. Certificado de Formação Contínua

Créditos: 1,5 ECTS (creditado pela UP em 04.06.2014)

Duração: 40,5h (11h de contacto)

Datas e horário: a definir de acordo com distribuição de serviço docente

Local: FEUP

Participantes: 30 (máximo) 10 (mínimo)
Será dada prioridade aos candidatos que sejam estudantes dos programas doutorais da FEUP, seguida dos candidatos de outros programas doutorais da UP e seguidamente os restantes candidatos.

Custo: 200¤
Os estudantes que obtenham autorização para inscrição nesta unidade de formação, por parte do Diretor do Programa de estudos da FEUP em que estão inscritos, terão isenção de propina.


Objetivos

- Assimilação, pelos candidatos a investigadores, dos Processos, Metodologias e Práticas associados à Investigação Científica em várias áreas, incluindo a Informática e a Ciência da Computação.
- Desenvolvimento do espírito de crítica científica.
- Desenvolvimento da capacidade de produzir um texto científico quer no respeitante à forma quer relativamente à qualidade dos conteúdos adequados.
- Transmissão dos procedimentos necessários para a organização, participação e monitorização de encontros/conferências científicas.

Competências Profissionais

As competências a adquirir decorrem directamente dos objectivos expostos:
- Aplicação de métodos científicos ao trabalho de investigação
- Análise e revisão crítica de artigos científicos
- Escrita de textos cinentíficos (artigos, relatórios, teses)
- Apresentação oral de trabalho científico
- Organização de encontros científicos

Informações

Avaliações realizadas de acordo com os Programas de que os estudantes são provenientes podendo ou não incluir participação e organização de workshop

Dados Gerais

Docente Responsável: Augusto de Sousa
Sigla: MIC
Tipo de curso/ciclo de estudos: Unidade de Formação Contínua
Início: 2014/2015
Duração: 11 Horas

Planos de Estudos

Diplomas

  • Competências Transversais para Engenharia: Métodos de Investigação Científica (1,5 Créditos ECTS)

Áreas Científicas Predominantes

Recomendar Página Voltar ao Topo