Saltar para:
Logótipo
This page in english Ajuda Autenticar-se
Formação regular da Biblioteca |fevereiro a maio
Você está em: Início > EEC0045
Autenticação




Mapa das Instalações
Edifício A (Administração) Edifício B (Aulas) - Bloco I Edifício B (Aulas) - Bloco II Edifício B (Aulas) - Bloco III Edifício B (Aulas) - Bloco IV Edifício C (Biblioteca) Edifício D (CICA) Edifício E (Química) Edifício F (Minas e Metalurgia) Edifício F (Minas e Metalurgia) Edifício G (Civil) Edifício H (Civil) Edifício I (Electrotecnia) Edifício J (Electrotecnia) Edifício K (Pavilhão FCNAUP) Edifício L (Mecânica) Edifício M (Mecânica) Edifício N (Garagem) Edifício O (Cafetaria) Edifício P (Cantina) Edifício Q (Central de Gases) Edifício R (Laboratório de Engenharia do Ambiente) Edifício S (INESC) Edifício T (Torre do INEGI) Edifício U (Nave do INEGI) Edifício X (Associação de Estudantes)

Planeamento e Gestão de Redes

Código: EEC0045     Sigla: PGRE

Áreas Científicas
Classificação Área Científica
OFICIAL Telecomunicações

Ocorrência: 2018/2019 - 2S

Ativa? Sim
Página Web: http://inescporto.pt/~jneves/feup/2018-2019/pgre+agrs
Unidade Responsável: Departamento de Engenharia Eletrotécnica e de Computadores
Curso/CE Responsável: Mestrado Integrado em Engenharia Electrotécnica e de Computadores

Ciclos de Estudo/Cursos

Sigla Nº de Estudantes Plano de Estudos Anos Curriculares Créditos UCN Créditos ECTS Horas de Contacto Horas Totais
MIEEC 20 Plano de estudos oficial 4 - 6 56 162

Docência - Responsabilidades

Docente Responsabilidade
João Manuel Couto das Neves Regente

Docência - Horas

Teóricas: 2,00
Práticas Laboratoriais: 2,00
Tipo Docente Turmas Horas
Teóricas Totais 1 2,00
João Manuel Couto das Neves 2,00
Práticas Laboratoriais Totais 2 4,00
João Manuel Couto das Neves 4,00

Língua de trabalho

Português - Suitable for English-speaking students

Objetivos

Como objectivo desta unidade curricular os estudantes deverão adquirir competências no planeamento e gestão integrada de infra-estruturas de rede, sistemas e serviços.


Resultados de aprendizagem e competências

O resultado da aprendizagem deverá permitir aos estudantes ter competência nos procedimentos de gestão de uma infra-estrutura de rede, sistemas e serviços de comunicações:
- Especificar, como adquirir e avaliar os requisitos para o planeamento e desenho da infra-estrutura
- Planear e desenhar a infra-estrutura
- Fazer escolha criteriosa de equipamentos e sistemas de suporte, em função dos requisitos específicados
- Especificar áreas funcionais de gestão
- Seleccionar plataformas e ferramentas de gestão adequadas

Modo de trabalho

Presencial

Programa

Introdução às redes empresariais
Metodologia de projecto de uma rede: análise de requisitos; análise de fluxos; componentes e serviços fundamentais; topologias de redes;
Redes IP, Endereçamento IP e Routing
Planeamento do endereçamento e do routing interior e exterior
Qualidade de serviço e segurança, acessos seguros em redes IP
Serviços Web: servidores e proxies
Arquitecturas de Sistemas em redes empresariais: clustering de servidores, alta disponibilidade, escalabilidade e redundância.

Gestão de Redes: áreas funcionais, arquitectura e modelo de gestão, operações de gestão e funcionalidades de alto nível
A arquitectura de gestão Internet baseada no SNMP, Gestão de Redes e Serviços usando o SNMP:
componentes fundamentais do modelo gestão, MIBs, agentes, gestores, proxys e sondas.
Gestão integrada de redes e sistemas baseada na Web.
Avaliação de plataformas de gestão

Bibliografia Obrigatória

McCabe, James D.; Network analysis, architecture, and design. ISBN: 978-0-12-370480-1
Oppenheimer, Priscilla; Top-down network design. ISBN: 1-58705-152-4
Comer, Douglas E.; Internetworking with TCP/IP. ISBN: 0-13-187671-6

Bibliografia Complementar

Stallings, William; SNMP, SNMPv2, SNMPv3, and RMON 1 and 2. ISBN: 0-201-48534-6
Zeltserman, David; Practical Guide to Snmpv3 and Network Management. ISBN: ISBN 0-13-021453-1

Métodos de ensino e atividades de aprendizagem

Aulas teóricas: exposição dos assuntos, acompanhada por exemplos.
Aulas teórico-práticas: aplicação dos conceitos introduzidos nas aulas teóricas através da realização de trabalhos práticos.

Palavras Chave

Ciências Tecnológicas > Tecnologia > Tecnologia das telecomunicações
Ciências Tecnológicas > Engenharia > Engenharia de computadores

Tipo de avaliação

Avaliação distribuída com exame final

Componentes de Avaliação

Designação Peso (%)
Exame 50,00
Participação presencial 10,00
Trabalho laboratorial 40,00
Total: 100,00

Obtenção de frequência

Realização de todos os trabalhos práticos.

Fórmula de cálculo da classificação final

0,4D + 0,1P + 0,5E

D - nota da avaliação distribuída
E - nota do exame
P - participação nas aulas

Para aprovação à unidade curricular cada estudante deverá ter pelo menos 50% em cada uma das componentes.

Provas e trabalhos especiais

Como a avaliação distribuída é baseada essencialmente em trabalhos laboratoriais, é exigida a todos os estudantes inscritos independentemente do seu regime de inscrição.

Exame escrito sem consulta.

Avaliação especial (TE, DA, ...)

A avaliação distribuída é baseada principalmente nos trabalhos laboratoriais pelo que é exigida a todos estudantes inscritos, qualquer que seja o regime de inscrição.

Melhoria de classificação

A melhoria da classificação obtida na componente distribuída é realizada nas épocas de realização de trabalhos práticos da unidade curricular.

Observações

Para aprovação à unidade curricular o estudante deverá obter o mínimo de 50% no exame e na avaliação distribuída

Recomendar Página Voltar ao Topo
Copyright 1996-2019 © Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto  I Termos e Condições  I Acessibilidade  I Índice A-Z  I Livro de Visitas
Página gerada em: 2019-05-22 às 18:50:04 | Política de Utilização Aceitável | Política de Proteção de Dados Pessoais