Saltar para:
Logótipo
This page in english Ajuda Autenticar-se
Acesso ao Finantial Times
Você está em: Início > Cursos/CE > Mestrado Integrado > MIEQ
Autenticação




Mapa das Instalações
Edifício A (Administração) Edifício B (Aulas) - Bloco I Edifício B (Aulas) - Bloco II Edifício B (Aulas) - Bloco III Edifício B (Aulas) - Bloco IV Edifício C (Biblioteca) Edifício D (CICA) Edifício E (Química) Edifício F (Minas e Metalurgia) Edifício F (Minas e Metalurgia) Edifício G (Civil) Edifício H (Civil) Edifício I (Electrotecnia) Edifício J (Electrotecnia) Edifício K (Pavilhão FCNAUP) Edifício L (Mecânica) Edifício M (Mecânica) Edifício N (Garagem) Edifício O (Cafetaria) Edifício P (Cantina) Edifício Q (Central de Gases) Edifício R (Laboratório de Engenharia do Ambiente) Edifício S (INESC) Edifício T (Torre do INEGI) Edifício U (Nave do INEGI) Edifício X (Associação de Estudantes)

Cursos

Mestrado Integrado em Engenharia Química

O Mestrado Integrado em Engenharia Química foi distinguido com a marca de qualidade internacional EUR-ACE. Este certificado reconhece os altos padrões de qualidade do curso, assim como o cumprimento dos requisitos educacionais para cursos de mestrado em Engenharia. [+ info]

 

No âmbito da reforma do sistema do ensino superior nacional, decorrente do Processo de Bolonha, a FEUP passou a oferecer a partir de 2006/2007 o Mestrado Integrado em Engenharia Química (MIEQ), grau académico que confere aos formandos competências profissionais de Segundo Ciclo na área da engenharia química e afins.

Esta oferta de formação é assegurada na sua quase totalidade pelo Departamento de Engenharia Química e corresponde no essencial a uma reformulação e adequação da sua quase centenária licenciatura em engenharia química, assegurando novas valências e métodos de trabalho em total consonância com a evolução do ensino e aprendizagem que se observa hoje nas melhores escolas europeias.

O curso adota um perfil de Ciência da Engenharia Química, proporcionando uma forte formação de base em Matemática, Química, Física, Ciências Biológicas e Ciências da Engenharia Química. Acentuando uma cultura prática de engenharia em simultâneo coma a atividade de projeto, o curso oferece aos estudantes a possibilidade de adquirirem competências mais específicas em três áreas alternativas:

  • Processos & Produto
  • Energia e Ambiente
  • Biotecnologia

MIEQ – graus académicos

O MIEQ confere o grau de Segundo Ciclo Mestrado em Engenharia Química, correspondente a 5 anos acumulados (300 ECTS) de estudos.

Estando desenhado com base nas conceções de mestrado integrado, a sua estrutura conduz nos termos da lei à atribuição de um grau de primeiro ciclo ao fim de 180 ECTS, designado como Licenciatura em Ciências da Engenharia – Orientação em Engenharia Química.

Plano de Estudos para o Mestrado Integrado em Engenharia Química

A partir de 2009/2010 o MIEQ passa a estar estruturado em ramos oferecendo aos seus alunos, após um tronco comum de 3 anos com formação em ciências base da Engenharia Química (matemática, física, reações químicas, termodinâmica, fenómenos de transporte, processos de separação), uma preparação mais específica nos ramos de:

Processos e Produto: formação mais próxima da Engenharia Química tradicional. Nesta via de ensino, são privilegiadas as áreas de conceção e projeto e de desenvolvimento e otimização que conduzem à produção em grande escala de produtos químicos que lidamos quotidianamente.

 

Energia e Ambiente: acompanhando a crescente preocupação com o meio ambiente e com a escassez de recurso energéticos, este ramo procura dotar os alunos de competências profissionais que permitam a aplicação de abordagens ambientais e energéticas corretas. Estas abordagens passam sobretudo pelo desenvolvimento de tecnologias mais limpas, pela minimização de consumo de recursos naturais, pela otimização energética e pela utilização de energias e matérias-primas renováveis.

 

Biotecnologia: este ramo permite que o aluno complemente a formação em Engenharia Química com competências específicas em vários domínios da Biotecnologia. Esta formação está essencialmente dirigida para as indústrias alimentar, farmacêutica e de valorização de produtos naturais.

MIEQ - competências profissionais

No plano das competências, o objetivo fundamental do MIEQ é a preparação dos alunos para que possam iniciar, após a conclusão do curso, uma carreira profissional de atividade industrial prática ou de investigação, com os mais altos níveis de qualidade.

Os alunos graduados com o Mestrado Integrado em Engenharia Química devem estar preparados para assumir imediatamente posições profissionais como Engenheiros Químicos nas suas várias áreas de potencial intervenção, seja em Portugal seja no estrangeiro, nomeadamente em empresas industriais, em empresas de serviços, em gabinetes de projeto, em serviços municipais e em agências governamentais.

MIEQ - saídas profissionais

As saídas profissionais dos Mestres em Engenharia Química pela FEUP incluem um largo leque de oportunidades, nomeadamente na indústria, na investigação e em actividades técnico-comerciais.

Nas áreas de potencial intervenção na indústria, a actividade de um Engenheiro Químico pode ocorrer tanto a nível de apoio à operação industrial, incluindo monitorização e controlo de processo, como a nível de gestão da produção, incluindo programação da operação e controlo de qualidade, como ainda a nível de projecto e inovação industrial.


Informações


Disciplinas Específicas:

  • 19 Matemática A
  • 07 Física e Química


Numerus Clausus: 67


Restrições na escolha de ramos

De acordo com o Regulamento sobre o assunto em epígrafe, disponível na seção Documentos, serão aplicadas as seguintes restrições na escolha de ramos:

- Em 2016/17 apenas aos estudantes que vão ingressar no MIEQ através da 2ª fase dos regimes especiais. Informam-se ainda os estudantes que ingressam no MIEQ (nomeadamente no 1º ano), neste ano letivo e nos seguintes, que a metodologia será adotada quando chegarem ao 4º ano;

- Em 2017/18 e 2018/19 apenas aos estudantes que vão ingressar pelos regimes especiais (1ª e 2ª fase);

- A partir de 2019/20 a metodologia será implementada a todos os estudantes que se inscrevem no 4º ano do MIEQ.

Contactos:
O secretariado do MIEQ funciona no Departamento de Engenharia Química,
na sala E012.
Joana Sottomayor
E-mail: jsottomayor@fe.up.pt
Tel. : +351 22 508 1673


Dados Gerais

Código Oficial: 9461
Diretor: Luís Madeira
Diretor Adjunto: Manuel Alves
Sigla: MIEQ
Grau Académico: Mestre
Tipo de curso/ciclo de estudos: Mestrado Integrado
Início: 2006/2007
Duração: 5 Anos

Planos de Estudos

Diplomas

  • Mestrado em Engenharia Química - Processos e Produto (300 Créditos ECTS)
  • Mestrado em Engenharia Química - Energia e Ambiente (300 Créditos ECTS)
  • Mestrado em Engenharia Química - Biotecnologia (300 Créditos ECTS)
  • Licenciatura em Ciências de Engenharia - perfil de Engenharia Química (180 Créditos ECTS)

Áreas Científicas Predominantes

Cursos/Ciclos de Estudos Antecessores

Recomendar Página Voltar ao Topo
Copyright 1996-2017 © Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto  I Termos e Condições  I Acessibilidade  I Índice A-Z  I Livro de Visitas
Última actualização: 2013-11-19 I  Página gerada em: 2017-11-24 às 16:38:42