Saltar para:
Logótipo
This page in english Ajuda Autenticar-se
Vamos a Livros: Leituras de verão 2021
Hoje é domingo
Você está em: Início > Cursos/CE > Mestrado Integrado > MIEM

Cursos

Mestrado Integrado em Engenharia Mecânica

O Mestrado Integrado em Engenharia Mecânica foi distinguido com a marca de qualidade internacional EUR-ACE. Este certificado reconhece os altos padrões de qualidade do curso, assim como o cumprimento dos requisitos educacionais para cursos de mestrado em Engenharia. [+ info]

Os/As engenheiros/as mecânicos/as são imprescindíveis na sociedade atual porque projetam ou ajudam a projetar quase tudo, desde dispositivos médicos ou equipamentos desportivos a motores de automóveis, aviões ou centrais de produção de energia elétrica.

A engenharia mecânica lida com tudo o que se move, desde logo o corpo humano; usa o conhecimento da física, matemática e materiais, e conceitos como força, energia e movimento para conceber e fabricar sistemas mecânicos que afetam praticamente todos os aspetos da nossa vida. Tem, assim, uma contribuição decisiva para fazer crescer a economia, aumentando a segurança, o desenvolvimento dos indivíduos e das sociedades, melhorando a qualidade de vida, a sustentabilidade do planeta e a evolução tecnológica nas mais diversas áreas.

As oportunidades de carreira para os/as engenheiros/as mecânicos/as são muito diversas e são encontradas em empresas, desde as grandes multinacionais até pequenas empresas locais, em serviços públicos ou em trabalho autónomo/consultoria.

A grande abrangência da engenharia mecânica permite uma grande variedade de opções de carreira e desempenho de inúmeras funções, em que a formação contínua deve ter um lugar assegurado. Independentemente do caminho particular que cada um prossiga após a sua graduação, a sua sólida formação proporciona-lhe as ferramentas e o pensamento criativo que permite projetar um produto ou sistema, o que leva a que as competências dos engenheiros mecânicos sejam de interesse mesmo em atividades que não são de engenharia, como seguros, banca e outras, sendo a chave do seu sucesso. Possui uma elevada taxa de empregabilidade em empresas de inúmeras áreas industriais e serviços. A engenharia mecânica é o motor da nossa sociedade.

Áreas de Atividade

Os Engenheiros Mecânicos são profissionais que intervêm num vasto conjunto de atividades, tais como (exemplos):

  • Construção de equipamentos mecânicos e térmicos (veículos automóveis e ferroviários, máquinas-ferramenta, estruturas metálicas, caldeiras, permutadores de calor...);
  • Produção de energia (energia térmica, energia eólica, novas energias, climatização, qualidade do ar interior...);
  • Planeamento e de gestão da produção (logística, transportes, manutenção industrial, gestão de recursos humanos, gestão da qualidade...);
  • Automação industrial (automatização de linhas de produção, robótica, sistemas de controlo...);
  • Desenvolvimento e aplicação de novos materiais (materiais cerâmicos, compósitos, poliméricos, bio-materiais...);
  • Projeto e desenvolvimento de novos produtos (design integrado, ergonomia, sustentabilidade, ...);
  • Gestão de manutenção e reparação automóvel;
  • Criação de novas empresas de índole tecnológica;
  • Avaliação de projetos e consultadoria;

Para exercício da sua atividade, os Engenheiros/as Mecânicos/as devem possuir sólidos conhecimentos em muitas áreas, como Matemática, Mecânica dos Sólidos, Mecânica dos Fluidos, Transferência de Calor, Eletricidade, Automação, Tecnologia Mecânica e Produção, Materiais e Processos Tecnológicos, Gestão,Desenho Técnico, Cálculo Estrutural, Simulação,
Programação, entre outras.

Competências Profissionais

Espera-se que os Engenheiros Mecânicos FEUP sejam profissionais capazes de:

  • Utilizar a competência técnica e conhecimentos na resolução de uma grande variedade de problemas, de uma forma integrada e inteligente;
  • Reconhecer a necessidade da experimentação e serem capazes de projetar, realizar e interpretar os resultados de um programa experimental;
  • Comunicar de um modo eficiente o conteúdo e a importância do seu trabalho a uma grande variedade de audiências e através de diversos meios de comunicação;
  • Participar em equipas multidisciplinares, com elevado grau de integridade pessoal e ética profissional;
  • Continuar a sua formação.

Ligação ao tecido económico-social

O Mestrado Integrado em Engenharia Mecânica tem ligação a diversas empresas e associações empresariais, sobretudo da zona Norte (mas também do resto do país e União Europeia), concretizada em dissertações realizadas pelos estudantes e, projetos de investigação e desenvolvimento em colaboração com as várias áreas de investigação no DEMec – Departamento de Engenharia Mecânica da FEUP, institutos de interface e laboratórios associados.


Informações

 

Informações sobre Exames

Colocações nas Opções MIEM

Horários Disciplinas Específicas para candidaturas a partir de 2012 (inclusivé):


Dados Gerais

Código Oficial: 9369
Diretor: Lucas Filipe Silva
Diretor Adjunto: António Mendes Lopes
Sigla: MIEM
Grau Académico: Mestre
Tipo de curso/ciclo de estudos: Mestrado Integrado
Início: 2006/2007
Duração: 5 Anos

Planos de Estudos

Diplomas

  • Mestrado em Engenharia Mecânica - Automação (300 Créditos ECTS)
  • Mestrado em Engenharia Mecânica - Energia Térmica (300 Créditos ECTS)
  • Mestrado em Engenharia Mecânica - Produção, Conceção e Fabrico (300 Créditos ECTS)
  • Mestrado em Engenharia Mecânica - Projecto e Construção Mecânica (300 Créditos ECTS)
  • Mestrado em Engenharia Mecânica - Gestão da Produção (300 Créditos ECTS)
  • Licenciatura em Ciências de Engenharia - perfil de Engenharia Mecânica (180 Créditos ECTS)

Áreas Científicas Predominantes

Cursos/Ciclos de Estudos Antecessores

Recomendar Página Voltar ao Topo