Saltar para:
Logótipo
This page in english Ajuda Autenticar-se
FCUP
Você está em: Início > Notícias > Alumna da FCUP inova na prevenção de metástases em cancro da mama
Autenticação




Mapa das Instalações
FC6 - Departamento de Ciência de Computadores FC5 - Edifício Central FC4 - Departamento de Biologia FC3 - Departamento de Física e Astronomia e Departamento GAOT FC2 - Departamento de Química e Bioquímica FC1 - Departamento de Matemática

Informações

Alumna da FCUP inova na prevenção de metástases em cancro da mama

Prémio do Núcleo Regional do Norte da Liga Portuguesa Contra o Cancro (LPCC-RNR)


Ana Sofia Ribeiro, alumna da Faculdade de Ciências da Universidade do Porto (FCUP) e investigadora do Instituto de Investigação e Inovação em Saúde da Universidade do Porto (i3S) lidera um projeto na área da prevenção do cancro da mama, que acabou de conquistar o Prémio “Liga Inovação”, promovido pelo Núcleo Regional do Norte da Liga Portuguesa Contra o Cancro (LPCC-RNR), em colaboração com a Bioportugal.

O objetivo do projeto «Secretoma Tumoral: uma ferramenta inovadora para a identificação de biomarcadores preditivos de metastização em doentes com cancro da mama» - premiado com 5 mil euros - passa por conseguir prever precocemente o risco de desenvolvimento de metástases, para controlar melhor a doença, e encontrar novas terapias personalizadas para o cancro da mama. Uma meta que adquire um significado ainda maior quando se sabe que o desenvolvimento da doença metastática contribui substancialmente para uma maior taxa de mortalidade.

É nesse sentido que, nos últimos dois anos, o grupo «Cancer Metastasis» do i3S “tem centrado o seu trabalho na análise do secretoma (tudo o que é libertado pelas células para o sangue) das células tumorais para ajudar a identificar precocemente doentes com maior probabilidade de desenvolverem cancro de mama metastático”.

No decurso dessa investigação, explica Ana Sofia Ribeiro, “verificámos que existe uma grande falta de modelos/ferramentas experimentais para estudar o secretoma tumoral, por isso, o objetivo principal deste projeto é desenvolver uma plataforma única de secretoma tumoral de doentes oncológicos”. Para isso, acrescenta a investigadora, “vamos utilizar organoides de tumores da mama, criados a partir de amostras de doentes oncológicos, e criar uma ferramenta clínica inovadora para a gestão da doença metastática”.

                                                  anasofia

Melhorar o controlo clínico do cancro da mama

Os organoides tumorais, explica Ana Sofia Ribeiro, “mimetizam as características do tumor e, por isso, representam um excelente modelo pré-clínico”. Contudo, “até à data nunca foi explorado o uso do secretoma tumoral, obtido de a partir destes organoides tumorais, para identificar biomarcadores de prognóstico e preditivos da doença metastática. É precisamente isso que pretendemos desenvolver com este projeto”, antecipa a antiga estudante de Bioquímica da FCUP e do Instituto de Ciências Biomédicas Abel Salazar (ICBAS-UP), que é também mestre em Oncologia Molecular e doutorada em Biomedicina pela Faculdade de Medicina (FMUP).

“Vamos criar uma abordagem inovadora que constituirá um recurso a longo prazo para diversas aplicações do secretoma tumoral, tanto na investigação básica como na clínica. Nomeadamente, prevemos a utilização destes secretomas na identificação de biomarcadores metastáticos e na avaliação da resposta a medicamentos”, acrescenta ainda Ana Sofia Ribeiro. O objetivo final é abrir caminho para a definição de terapêuticas dirigidas e com maior potencial de controlo clínico da doença.

O projeto agora premiado resulta da cooperação entre instituições de investigação básica (i3S) e clínica (IPO-Porto), no âmbito do Porto Comprehensive Cancer Centre.

O trabalho está a ser desenvolvido por uma equipa multidisciplinar composta por especialistas em áreas distintas, como biologia do cancro da mama, oncologia médica, biópsias líquidas, cultura de organoides derivados do paciente e bioinformática.

Sobre o Prémio “Liga Inovação”

Prémio “Liga Inovação” resulta de uma parceria entre o Núcleo Regional do Norte da Liga Portuguesa Contra o Cancro (LPCC-RNR) e a Bioportugal, e destina-se a financiar um projeto de investigação original e inovador a decorrer num centro de investigação nacional.

O galardão deste ano foi entregue no passado dia 24 de setembro, durante o 3.º Encontro de Jovens Investigadores da LPCC-NRN, realizado no Porto.


                                                   




Divulgue os seus eventos e projetos | comunica@fc.up.pt  



Renata Silva. SICC. 10-11-2021
Recomendar Página Voltar ao Topo
Copyright 1996-2022 © Faculdade de Ciências da Universidade do Porto  I Termos e Condições  I Acessibilidade  I Índice A-Z  I Livro de Visitas
Última actualização: 2013-10-23 I  Página gerada em: 2022-01-27 às 14:57:41 | Política de Utilização Aceitável | Política de Proteção de Dados Pessoais