Saltar para:
Logótipo
This page in english Ajuda Autenticar-se
FCUP
Você está em: Início > Oferta Formação > Mestrado > M:BQ

Mestrado em Bioquímica

Propinas Consultar
Vagas   40
1ª Fase 5
2ª Fase 3
3ª Fase 20 + sobrantes
4ª Fase 12 + sobrantes
Nº Mínimo 15 estudantes
InformaçãoO curso/CE encontra-se acreditado pela Agência de Avaliação e Acreditação do Ensino Superior (A3ES).

Promovendo a aquisição de conhecimentos teóricos e metodológicos de nível elevado, o Mestrado em Bioquímica pretende fornecer aos setores relacionados com a Bioquímica, em especial os das ciências da vida e da saúde e os da biotecnologia, pessoal especializado pronto a enveredar por atividades de investigação fundamental ou aplicada ou por funções técnicas altamente diferenciadas.

Porquê um Mestrado em Bioquímica? A Bioquímica tem como objetivo definir e caracterizar todas as biomoléculas, analisando as suas propriedades estruturais/funcionais e as suas interconversões e interações, e visa a compreensão e integração de todos os processos biológicos ao longo de uma escala de complexidade crescente. Por isto, a Bioquímica sempre foi uma área do conhecimento eminentemente multidisciplinar. A compreensão de divisão e diferenciação celular ao nível molecular (fenómenos com implicações que vão desde a oncologia à engenharia de tecidos), a manipulação de moléculas e células tendo em vista a otimização/produção de substâncias com atividade biológica (e.g., desenvolvimento de novos fármacos), o desenvolvimento de estratégias de síntese e purificação de substâncias biológicas, assim como a monitorização dos respetivos processos produtivos, são apenas alguns dos muitos exemplos que requerem, necessária e obrigatoriamente, as competências de um Bioquímico. Faz, assim, todo o sentido formar pessoal especializado nesta área, particularmente treinado na análise crítica e na resolução de problemas bioquímicos ao nível molecular e celular.

O Mestrado em Bioquímica destina-se, especialmente, a todos os detentores de uma Licenciatura em Bioquímica, ou em áreas afins, que pretendam aprofundar e alargar as suas competências visando a prossecução de carreiras profissionais exigentes que requerem um elevado grau de autonomia e uma postura de autoaprendizagem e inovação constante.

Condições de Acesso

  • Possuir uma licenciatura em bioquímica, química, biologia, ciências farmacêuticas, ou áreas afins com forte componente em química e/ou em ciências biológicas, com classificação mínima de 14 valores.
  • Ser detentor de um currículo escolar, científico ou profissional que a comissão científica do Curso reconheça como suficiente para atestar a capacidade para a realização deste ciclo de estudos. Para os candidatos não detentores do grau à data de candidatura, mas em condições de conclusão até à data de inscrição no ciclo de estudos, deverá ser feita evidência da média curricular à data de candidatura (que terá de ser igual ou superior a 14 valores quando arredondada às unidades), bem como documento comprovativo de aprovação em unidades curriculares (nota, ECTS, área Científica).
Nota 1: Candidatos com classificação inferior a 14 valores poderão eventualmente ser admitidos caso a comissão científica considere o seu curriculum vitæ com sendo relevante. Poderão ainda ser entrevistados, caso a comissão científica considere necessário.

Nota 2: Serão excluídos todos os candidatos que não comprovem ter concluído a licenciatura (ou equivalente) até ao final do prazo de realização da matrícula.

Critérios de Seleção e Seriação

  • Média de licenciatura ou média das unidades curriculares concluídas no momento da candidatura. (75%)
  • Adequação da área da licenciatura – pontuado com 2 valores para licenciados em bioquímica, 1 valor para licenciados em química ou biologia, e 0 a 1 valor para outras licenciaturas afins, em função do número de ECTS nas áreas da química e de ciências biológicas. (10%)
  • Avaliação curricular – pontuado com 0 a 3 valores, em função do curriculum vitae do candidato. Fatores vistos como vantajosos são publicações científicas, participação em congressos, formação extracurricular acreditada, e estágios curriculares no estrangeiro, entre outros. (15%)
Critérios de desempate de candidatos:
  • Classificação nas unidades curriculares de bioquímica fundamental.

Informações


Contactos

Diretor do Curso: m.bq.diretor@fc.up.pt
Secção de Pós-Graduação: pos.graduacao@fc.up.pt
Estudantes do curso: m.bq@fc.up.pt




Nota: Informação disponibilizada a título informativo.
Não dispensa a consulta do Diário da República.

Dados Gerais

Código Oficial: 9396
Diretor: Paulo Correia de Sá
Sigla: M:BQ
Grau Académico: Mestre
Tipo de curso/ciclo de estudos: Mestrado
Início: 2007/2008
Duração: 2 Anos

Planos de Estudos

Unidades Orgânicas Envolvidas

Diplomas

  • Mestrado em Bioquímica (120 Créditos ECTS)
  • Curso de Mestrado em Bioquímica (60 Créditos ECTS)

Áreas Científicas Predominantes

Recomendar Página Voltar ao Topo
Copyright 1996-2019 © Faculdade de Ciências da Universidade do Porto  I Termos e Condições  I Acessibilidade  I Índice A-Z  I Livro de Visitas
Última actualização: 2018-12-20 I  Página gerada em: 2019-06-18 às 15:11:25