Saltar para:
Logótipo
This page in english Ajuda Autenticar-se
FCUP
Você está em: Início > Cursos/CE > M:BGE > Informação para Candidatos
Autenticação




Mapa das Instalações
FC6 - Departamento de Ciência de Computadores FC5 - Edifício Central FC4 - Departamento de Biologia FC3 - Departamento de Física e Astronomia e Departamento GAOT FC2 - Departamento de Química e Bioquímica FC1 - Departamento de Matemática

Cursos

Mestrado em Biodiversidade, Genética e Evolução

Dados Gerais

Código Oficial: 6020
Sigla: M:BGE

Diplomas

  • Mestrado em Biodiversidade, Genética e Evolução (120 Créditos ECTS)
  • Curso de Mestrado em Biodiversidade, Genética e Evolução (60 Créditos ECTS)

Unidades Curriculares

Seminário

B4060 - ECTS

O objectivo da disciplina é familiarizar os alunos com trabalhos de investigação em diferentes áreas de estudo da biodiversidade, genética e evolução. 

Análise Filogenética e Sistemática

B4001 - ECTS

O curso tem como objectivo fornecer aos estudantes a capacidade de compreender a importância da análise filogenética nos domínios da sistemática, biologia comparativa, ciências biomédicas e conservação. Serão discutidas e comparadas as metodologias mais comummente utilizadas, bem como os princípios e filosofia de cada uma delas.

Conservação e Gestão da Biodiversidade

B4012 - ECTS

Pretende-se com este curso familiarizar os alunos com os principais conceitos e abordagens científicas à problemática da conservação e gestão da biodiversidade, com especial enfoque nas questões aplicadas. Será fornecida uma visão abrangente desta área científica, proporcionando conhecimentos de nível introdutório às temáticas da definição de objectivos e prioridades de conservação, do planeamento do território para conservação, da modelação da viabilidade de populações e metapopulações, e da gestão de ecossistemas para conservação. Pretende-se ainda que os alunos desenvolvam a capacidade de interpretar a literatura científica primária e de comunicar efectivamente informação sobre tópicos na área da biologia da conservação.

Desenho Experimental

B4059 - ECTS

A maioria dos biólogos aborda o desenho experimental de maneira informal, ou ad hoc, refinando as suas experiências de forma empírica, numa base de tentativa-erro. Durante o curso será dada especial relevância à lógica subjacente a todo o processo experimental, desde a elaboração de hipóteses, selecção de testes estatísticos adequados às hipóteses em causa, planeamento e concepção da experiência e interpretação de resultados.

Genética Populacional e Filogeografia

B4052 - ECTS

Pretende-se, com este curso, dotar os estudantes de um conhecimento mais aprofundado no domínio da genética de populações, filogeografia e especiação. 

Métodos Moleculares na Análise da Diversidade Biológica

B4038 - ECTS

Pretende-se, com este curso, dotar os estudantes de um conhecimento mais aprofundado sobre a utilização dos utensílios moleculares no estudo e análise da diversidade biológica. Durante o curso, para além de uma formação teórica sobre o desenvolvimento e utilização dos diferentes tipos de marcadores moleculares, será dada especial relevância ao contacto com as técnicas laboratoriais de análise da variabilidade ao nível do DNA e RNA.

Análise Computacional de Dados Moleculares

B4048 - ECTS

Bases Evolutivas da Variação Genética Humana

B4005 - ECTS

 

O objectivo da disciplina é combinar a teoria da genética de populações com estudos empíricos sobre a diversidade genética da nossa espécie com o fim de ilustrar a influência de diferentes factores evolutivos nos padrões de variação biológica actualmente observada nas populações humanas.  

Biodiversidade de Ecossistemas Aquáticos

B4049 - ECTS

 

O módulo de Biodiversidade dos Ecossistemas Aquáticos tem como principais objetivos:

Abordar as especificidades e importância da biodiversidade dos ecossistemas aquáticos

 

Explicar e discutir a sua distribuição

 

Explorar o estado e a evolução atual da diversidade aquática, qual a razão desta evolução e quais as consequências previstas para os cenários encontrados.

 

 

 

Munir os alunos de ferramentas de estudo de campo para a biodiversidade de ecossistemas bêntonicos rochosos e da determinação de biodiversidade (indices). 

 

 

 

Biodiversidade de Ecossistemas Terrestres

B4006 - ECTS

1. Compreender os padrões multi-escalares da diversidade biológica no espaço e no tempo em ecossistemas terrestres e as suas causas;

2. Reconhecer os grandes biomas terrestres, a sua distribuição global e a sua biodiversidade característica;

3. Identificar os factores de perturbação e as principais causas do declínio da biodiversidade em ecossistemas terrestres;

4. Reconhecer a importância da biologia da conservação e da monitorização ecológica na preservação da biodiversidade em ecossistemas terrestres.

Biogeografia

B4007 - ECTS

O módulo de Biogeografia está desenhado por forma a dar uma perspectiva alargada sobre padrões espaciais na biodiversidade. É dada uma introdução à disciplina na qual se focam os conceitos e investigação históricas sobre o tema. É discutida a distribuição de espécies-individuais e comunidades, com particular ênfase nos métodos para a representação da distribuição da biodiversidade, alterações espaciais e temporais na distribuição da biodiversidade e na distribuição dos biomas terrestres. São revistos os principais processos biogeográficos responsáveis pela origem, alteração e manutenção da distribuição da biodiversidade. Serão discutidas as principais tendências geográficas na distribuição da biodiversidade, tais como gradientes e hotspots, desde escalas globais a locais. Será dada uma introdução às principais metodologias utilizadas para analisar a distribuição geográfica, tais como modelos ecológicos baseados no Nicho Ecológico e Sistemas de Informação Geográfica. Finalmente, serão apresentados os conceitos, objectivos e metodologia de trabalho da Biogeografia da Conservação.

 

Ecologia Comportamental

B4019 - ECTS

O objectivo do curso é dar aos estudantes uma visão geral da área da ecologia comportamental, os principais temas de investigação actuais, o tipo abordagem e as principais metodologias utilizadas. Os estudantes serão familiarizados com tópicos chave, tais como selecção sexual, sinais e cooperação. Através do curso os estudantes deverão adquirir um bom entendimento de como as características dos organismos podem ser moldadas pelo ambiente e desta forma do papel central do comportamento no processo de adaptação dos organismos. O curso ensinará ainda técnicas de investigação que são centrais nesta área, tais como análises comparativas, e vai favorecer o desenvolvimento da capacidade de pensamento crítico e planeamento de investigação, bem como de avaliação crítica através de um sistema de avaliação original.

Genética da Conservação

B4027 - ECTS

O principal objectivo desta disciplina visa a aplicação das bases teóricas e práticas da genética molecular e populacional na conservação da diversidade biológica. Em particular, pretende-se explicar e demonstrar de que modo os recentes avanços tecnológicos e analíticos no domínio do desenvolvimento de ferramentas moleculares, podem contribuir para a preservação das espécies como entidades dinâmicas, capazes de suprir as adversidades das modificações ambientais e de minimizar o seu risco de extinção.

Genética e Evolução de Organismos Aquáticos

B4053 - ECTS

Este curso tem como objectivo fornecer aos alunos utensílios específicos que lhes permitam aprofundar o conhecimentos sobre os padrões de diversificação biológica em ecossistemas marinhos e de água doce e os processos históricos e contemporâneos que determinaram a sua diversificação geográfica, ecológica e genética.

 

Projeto

B4065 - ECTS

Elaboração de uma proposta de projecto de investigação que possa conduzir à realização de uma tese de mestrado.

Recursos Genéticos

B4040 - ECTS

A disciplina de Recursos Genéticos pretende:

−  Aportar os conhecimentos gerais das diversas teorias acerca da origem e evolução das espécies domesticas, e descrever e identificar dos principais de centros de origem da agricultura. Descrever os principais impatos biológicos do processo de domesticação no comportamento, genoma e morfologia das espécies domesticas. Os alunos serão confrontados com os resultados de estudos recentes sobre a origem e processo de domesticação e as diferentes interpretações que as várias áreas do conhecimento propõem para o entendimento deste processo. Pretende-se que os alunos entendam não só os conceitos teóricos sobre este tema, mas também as suas implicacões nos ecossistemas, na paisagem e na história e diversidade cultural e agrícola do mundo.

 

−  Introduzir e debater com os alunos o conceito de agricultura sustentável os seus benefícios e fragilidades. Apresentar a política de apoio às boas praticas agrícolas por parte da União Europeia. A ligação destas à manutenção das diversas atividades económicas que tradicionalmente compõem o tecido produtivo agrícola e o seu impacto social e ambiental. Pretende-se ainda que os alunos consigam reconhecer as implicações das boas praticas agrícolas na segurança alimentar e saúde publica da União Europeia.

 

 

 

−  Introdução dos conceitos e técnicas da biotecnologia que estão na base da produção agrícola moderna. Descrição de diferentes técnicas de conservação e as principais diferen ̧cas na conservação de plantas, animais, microrganismos e/ou invertebrados. Pretende-se que os alunos percebam as principais amea ̧cas e a escala utilizada para classificar os diferentes populações quanto ao grau de ameaça ou conservação. Os alunos deverão obter conhecimentos suficientes que lhes permitam perceber a diferença entre variedades locais e variedades comerciais ou cosmopolitas.

 

−  Descrever dos avanços nas áreas da genómica e sequenciação dos genomas das principais espécies de animais e plantas domesticas, a aplicação de teorias e conceitos da genética de populações na gestão e conservação dos recursos genéticos. Nesta matéria far-se-á uma incursão geral ao mapeamento genético, aos estudos associativos, às novas técnicas de exploração dos dados genómicos e a sua aplicação em programas de conservação e melhoramento genético. Conceitos da genética de populações e quantitativa serão abordados e o seu uso explicado aos estudantes.

 

 

 −  Demonstrar a utilização e tratamento de dados genéticos para a estimar a diversidade intrapopulacional e a contribuição de uma variedade genética para a totalidade da diversidade obtida de diferentes variedades ou subpopulações da mesma espécie. Serão apresentados as bases e pressupostos teóricos dos estimadores de genética populacional aplicados à utilização do mesmo tipo de dados para categorizar as diferentes subpopulações ouvariedades em termos de prioridade de conservação.

 

 

 

Consideram-se atingidos os objectivos da disciplina, sobre a qual versa o presente programa se, com base nos conhecimentos adquiridos, quando mais tarde, no desempenho da profissão, os futuros mestres tenham em consideração, de uma forma cientificamente fundamentada, que a diversidade dos recursos genéticos contribui em pé de igualdade com qualquer outra espécie selvagem, para a preservação dos ecossistemas e da biodiversidade global.  

Sistemas de Informação Geográfica Aplicados ao Estudo da Biodiversidade

EG4007 - ECTS

Transmitir os conceitos teóricas necessários para a manipulação de informação geográfica e análise espacial num SIG, com descrição de casos de estudo em problemas de Biologia.

Dissertação

B5012 - ECTS

Desenvolvimento de trabalho de investigação conducente à elaboração de tese de mestrado

Recomendar Página Voltar ao Topo
Copyright 1996-2022 © Faculdade de Ciências da Universidade do Porto  I Termos e Condições  I Acessibilidade  I Índice A-Z  I Livro de Visitas
Página gerada em: 2022-08-15 às 21:21:33 | Política de Utilização Aceitável | Política de Proteção de Dados Pessoais | Denúncias