Saltar para:
Logótipo
Você está em: Início > B4055
Mapa das Instalações
FC6 - Departamento de Ciência de Computadores FC5 - Edifício Central FC4 - Departamento de Biologia FC3 - Departamento de Física e Astronomia e Departamento GAOT FC2 - Departamento de Química e Bioquímica FC1 - Departamento de Matemática

Gestão dos Recursos Hídricos

Código: B4055     Sigla: B4055

Áreas Científicas
Classificação Área Científica
OFICIAL Biologia

Ocorrência: 2022/2023 - 1S

Ativa? Sim
Unidade Responsável: Departamento de Biologia
Curso/CE Responsável: Mestrado em Recursos Biológicos Aquáticos

Ciclos de Estudo/Cursos

Sigla Nº de Estudantes Plano de Estudos Anos Curriculares Créditos UCN Créditos ECTS Horas de Contacto Horas Totais
M:BGQ 13 Plano de Estudos do M:BGQA_2013-2014 1 - 6 42 162
M:RBA 6 PE Mestrado em Recursos Biológicos e Aquáticos a partir do ano letivo 2013_2014. 1 - 6 42 162

Docência - Responsabilidades

Docente Responsabilidade
Nuno Eduardo Malheiro Magalhães Esteves Formigo Regente

Docência - Horas

Teórica: 1,12
Teorico-Prática: 1,12
Tipo Docente Turmas Horas
Teórica Totais 1 1,12
Jorge Manuel Espinha Marques 0,38
Nuno Eduardo Malheiro Magalhães Esteves Formigo 1,12
Teorico-Prática Totais 1 1,12
Jorge Manuel Espinha Marques 0,38
Nuno Eduardo Malheiro Magalhães Esteves Formigo 1,12

Língua de trabalho

Português

Objetivos

A disciplina pretende dar aos alunos uma compreensão aprofundada dos vários processos de gestão dos recursos hídricos, quer em termos legislativos e procedimentais, quer em termos científico-técnicos.

Resultados de aprendizagem e competências

O aluno deve ser capaz de participar numa equipa multidisciplinar no âmbito de um processo de gestão de recursos hídricos, sendo capaz de levar a cabo, com uma autonomia média a elevada, todas as tarefas relativas às várias fases de um processo deste tipo.

Os resultados da aprendizagem levada a cabo no âmbito da disciplina traduzem-se no desenvolvimento das competências atrás referidas.

Modo de trabalho

B-learning

Pré-requisitos (conhecimentos prévios) e co-requisitos (conhecimentos simultâneos)

Não aplicável

Programa

1 – Introdução à problemática da gestão dos recursos hídricos. Recursos superficiais e subterrâneos. O ciclo da água.

2 – Fundamentos de ecologia aquática. Fundamentos de geomorfologia fluvial.

3 – Métodos em ecologia aquática e geomorfologia fluvial. Amostragem, em rios, de diatomáceas, macrófitas, macroinvertebrados bentónicos e peixes. Amostragem em albufeiras de plâncton e peixes. O RHS. O QBR. O GQC. A interpretação de resultados de qualidade da água com indicadores biológicos: EQR.

4 - A gestão dos recursos hídricos: princípios gerais, legislação. A DQA. As leis 54 e 58/2005. O Decreto-Lei 77/2006. A tipologia adoptada para os rios portugueses. Os PGRH. O caso português.

5 - Os usos da água. Captação - ETA's. Rejeição de efluentes - ETAR's.

6 - A recuperação de ecossistemas aquáticos. Princípios gerais.

7 – Conceitos básicos de Hidrogeologia. Importância socioeconómica da água subterrânea. A dinâmica dos sistemas aquíferos. A gestão sustentável de sistemas aquíferos.

8 - Visita de estudo ao Parque Biológico de Gaia para observação de processos hidrológicos.

Bibliografia Obrigatória

Mackie, Gerald.; Applied aquatic ecosystem concepts (2nd Edition), Kendall/Hunt Publishing Company, Iowa, 2004
Moreira, I.; Ferreira, M. T.; Cortes, R.; Pinto, P.; Almeida, P.; Ecossistemas aquáticos e ribeirinhos - Ecologia, gestão e conservação, INAG, 2002
Guerreiro, N.; Pereira, P.; Poluição e qualidade da água, INAG, 2002
Alves, M. H.; Bernardo, J.; Caudais ecológicos em Portugal, INAG, 2003
Oliveira, J. (Coord,); Santos, J. M.; Teixeira, A.; Ferreira, M. T.; Pinheiro, P.; Geraldes, A.; Bochechas, J.; AQUARIPORT: Programa nacional de monitorização de recursos piscícolas e de avaliação da qualidade ecológica de rios, DGRF, 2007
Ball, P.; Uma biografia da água, Temas & Debates, 1999
Bouguerra, M.; As batalhas da água - Por um bem comum da humanidade, Campo das Letras, 2003
Simonovic, S; Managing water resources – methods and tools for a systems approach, UNESCO Publishing, 2009
Petts, G.; Calow, P. (Eds.); River restoration, Blackwell Science, 1996
Cowx, I., Welcomme, R.; Rehabilitation of rivers for fish, FAO. Fishing News Books, 1998
Brierley, G., Fryirs, K.; River futures - An integrative scientific approaach to river repair, SER. Island Press, 2008
Brierley, G., Fryirs, K.; Geomorphology and river management – Applications of the river styles framework, Blackwell Publishing, 2005
Downs, P., Gregory, K.; River channel management – Towards sustainable catchment hydrosystems, Arnold, 2004
Kondolf, G., Piegay, H. (Eds.); Tools in fluvial geomorphology, Wiley, 2003
Lévêque, C.; Écosystèmes aquatiques, Hachette, 1996

Métodos de ensino e atividades de aprendizagem

Aulas teóricas com apresentações relativas aos temas tratados.

Trabalho de grupo para preparar a apresentação final a realizar pelos alunos.

Palavras Chave

Ciências Naturais > Ciências biológicas > Biodiversidade
Ciências Naturais > Ciências do ambiente > Ecologia > Ecossistemas

Tipo de avaliação

Avaliação distribuída com exame final

Componentes de Avaliação

Designação Peso (%)
Exame 50,00
Trabalho prático ou de projeto 50,00
Total: 100,00

Componentes de Ocupação

Designação Tempo (Horas)
Frequência das aulas 42,00
Total: 42,00

Obtenção de frequência

Frequência das aulas da disciplina nos termos da legislação e dos regulamentos em vigor.

Obtenção de classificação mínima (9,5 valores na escala de 0 a 20 valores, nos termos dos regulamentos em vigor) no conjunto das avaliações (exame final e trabalho escrito).

Fórmula de cálculo da classificação final

Exame final - 50% + Trabalho de grupo – 50%

Provas e trabalhos especiais

Para além do exame final, o aluno deverá integrar um grupo de trabalho (cujo número de elementos será definido pelo professor em função do número de alunos inscritos na disciplina) que apresentará, no final do semestre lectivo, um trabalho sobre uma temática relacionada com a gestão de recursos hídricos. O tema do trabalho de cada grupo será acordado com o professor da disciplina.

Trabalho de estágio/projeto

Não aplicável

Avaliação especial (TE, DA, ...)

Não aplicável

Melhoria de classificação

A melhoria da classificação é feita, nos termos da lei e dos regulamentos em vigor, por exame final.

No exame de melhoria de nota apenas o exame escrito será repetido, mantendo-se a nota dos trabalhos efetuados.

Observações

Os estudantes que não dominem a língua portuguesa poderão ser sujeitos a uma avaliação alternativa.

Não haverá provas orais.

Dadas as circunstâncias relacionadas com a COVID-19, a ficha de unidade curricular poderá ser alterada.

Recomendar Página Voltar ao Topo
Copyright 1996-2022 © Faculdade de Ciências da Universidade do Porto  I Termos e Condições  I Acessibilidade  I Índice A-Z  I Livro de Visitas
Página gerada em: 2022-12-05 às 22:19:01 | Política de Utilização Aceitável | Política de Proteção de Dados Pessoais | Denúncias