Saltar para:
Logótipo
This page in english Ajuda Autenticar-se
FCUP
Você está em: Início > FIS2004
Autenticação




Mapa das Instalações
FC6 - Departamento de Ciência de Computadores FC5 - Edifício Central FC4 - Departamento de Biologia FC3 - Departamento de Física e Astronomia e Departamento GAOT FC2 - Departamento de Química e Bioquímica FC1 - Departamento de Matemática

Laboratório de Física II

Código: FIS2004     Sigla: FIS2004     Nível: 200

Áreas Científicas
Classificação Área Científica
OFICIAL Física

Ocorrência: 2021/2022 - 2S Ícone do Moodle

Ativa? Sim
Unidade Responsável: Departamento de Física e Astronomia
Curso/CE Responsável: Licenciatura em Física

Ciclos de Estudo/Cursos

Sigla Nº de Estudantes Plano de Estudos Anos Curriculares Créditos UCN Créditos ECTS Horas de Contacto Horas Totais
L:B 0 Plano estudos a partir do ano letivo 2016/17 3 - 6 48 162
L:CC 0 Plano estudos a partir do ano letivo 2021/22 2 - 6 48 162
3
L:EF 67 Plano estudos a partir do ano letivo 2021/22 2 - 6 48 162
L:F 51 Plano estudos a partir do ano letivo 2017/18 2 - 6 48 162
L:G 0 Plano estudos a partir do ano letivo 2017/18 2 - 6 48 162
3
L:M 0 Plano de estudos Oficial a partir do ano letivo 2021/22 2 - 6 48 162
3
L:Q 3 Plano estudos a partir do ano letivo 2016/17 3 - 6 48 162

Docência - Responsabilidades

Docente Responsabilidade
Helder Manuel Paiva Rebelo Cerejo Crespo Regente

Língua de trabalho

Português

Objetivos

Prática laboratorial em Física e Eletrónica.
Familiarização dos estudantes com aspectos de eletrónica e instrumentação necessários à realização de trabalho experimental, através da execução de um conjunto representativo de trabalhos de Física e Eletrónica, incluindo análise dos resultados experimentais, cálculo de erros, representação gráfica, e avaliação crítica dos resultados obtidos;
Promoção da pesquisa de informação relevante para o trabalho experimental;
Elaboração e redação de relatórios de atividades experimentais;
Desenvolvimento de competências de trabalho de grupo.

Resultados de aprendizagem e competências

Competência de execução experimental. Conhecimento dos princípios de funcionamento e utilização de instrumentos científicos. Capacidade de modelização e análise de resultados experimentais. Elaboração e escrita de relatórios de atividades experimentais.

Modo de trabalho

Presencial

Pré-requisitos (conhecimentos prévios) e co-requisitos (conhecimentos simultâneos)

Saber como fazer um registo dos aspetos relevantes de cada experiência em logbook e saber como preceder à respetiva análise de dados, tal como aprendido numa UC introdutória como Laboratório de Física 1 ou outra disciplina equiparável a esta.

Programa

Trabalhos práticos possíveis:
Série A
1. Circuitos equivalentes de Thévenin e de Norton
2. Circuitos com Díodos
3. Filtro RLC
4. Circuitos LC acoplados capacitivamente
5. Circuitos monoestável e multivibrador
6. OPAMP: montagens inversora, não-inversora e circuito diferenciador
7. Características Ic(Vce; Ib) de um transístor npn
8. Amplificador AC com transistor

Série B
1. Ressonâncias acústicas em tubos
2. Radiação térmica
3. Propagação de sinais num cabo coaxial
4. Momento magnético de espiras circulares
5. Determinação de módulos elásticos num material pelo método as vibrações de uma barra encastrada e pelo pêndulo de torsão
6. Determinação do coeficiente de viscosidade da água pela lei de Poiseuille
7. Indução magnética
8. Estudo do campo magnético criado por uma espira utilizando uma técnica de deteção síncrona
9. determinação de uma indutância e uma indutância mutua com a ponte de Anderson

Bibliografia Obrigatória

Vários; Apontamentos da disciplina de Laboratórios de Física II

Métodos de ensino e atividades de aprendizagem

Acompanhamento na execução dos trabalhos experimentais. Verificação semanal da preparação dos trabalhos e da análise dos resultados obtidos, com registo da respetiva correção.

Tipo de avaliação

Avaliação distribuída sem exame final

Componentes de Avaliação

Designação Peso (%)
Participação presencial 15,00
Teste 40,00
Trabalho escrito 15,00
Trabalho laboratorial 30,00
Total: 100,00

Componentes de Ocupação

Designação Tempo (Horas)
Estudo autónomo 114,00
Frequência das aulas 0,00
Trabalho laboratorial 48,00
Total: 162,00

Obtenção de frequência

Participação em 3/4 das aulas previstas.
Realização de 3/4 dos trabalhos da Série A.
Realização de 3/4 dos trabalhos da Série B.
Apresentação de um caderno laboratorial (Logbook) contendo a preparação, registo e análise de pelo menos 3/4 dos trabalhos da Série A e 3/4 dos trabalhos da Série B.
Apresentação de um relatório escrito de um trabalho da Série A e um outro da Série B, ambos a indicar pelo docente.

Fórmula de cálculo da classificação final

Avaliação contínua (45%):
1 - avaliação de desempenho e respetiva evolução no laboratório, 15%
2 - Avaliação dos últimos 4 trabalhos de cada série em logbook, 30%.

Avaliação específica:
1 - Avaliação de um relatório em cada série (escolhido pelo/a docente entre os 6 últimos trabalhos), 15%;
2 - Prova individual de laboratório, que inclui a realização de uma experiência sorteada entre as indicadas para realização no início das aulas para cada estudante (30%) e a resposta a algumas questões sobre os restantes trabalhos (10%).

Para obtenção de aprovação, têm que ter uma classificação igual ou superior a 8.0 em 20 na avaliação contínua e na avaliação específica.

Avaliação especial (TE, DA, ...)

Como todas as componentes de avaliação exigem a realização de trabalho laboratorial, recomenda-se a todos os alunos nesta situação que contactem com os docentes de forma a possibilitar a realização da componente prática num horário flexível.

Melhoria de classificação

Dada a natureza laboratorial da Unidade Curricular, só é considerada para obtenção de melhoria da classificação a componente correspondente à avaliação individual de laboratório (realização experimental e questões), na época de recurso/melhoria do mesmo ano letivo.

As outras componentes de avaliação só poderão ser objeto de melhoria no ano letivo seguinte, nos termos da alínea b do número 2 do artigo 12º do “Regulamento de avaliação do aproveitamento dos estudantes” da FCUP, através de nova frequência à Unidade Curricular. Esta inscrição é feita no início do ano letivo e contabilizada no máximo de créditos em que o estudante se pode inscrever.

Observações

Júri da Unidade Curricular:
Manuel Joaquim B Marques
Maria Manuela Lopes dos Santos
Teresa M. Seixas
Pedro A S Jorge
Recomendar Página Voltar ao Topo
Copyright 1996-2021 © Faculdade de Ciências da Universidade do Porto  I Termos e Condições  I Acessibilidade  I Índice A-Z  I Livro de Visitas
Página gerada em: 2021-11-30 às 03:13:08 | Política de Utilização Aceitável | Política de Proteção de Dados Pessoais