Saltar para:
Logótipo
Comuta visibilidade da coluna esquerda
Você está em: Início > HTI104

História e Teoria da Imagem

Código: HTI104     Sigla: HTI

Áreas Científicas
Classificação Área Científica
CNAEF Design

Ocorrência: 2020/2021 - 1S

Ativa? Sim
Página Web: http://esquerdadireitaesquerda.wordpress.com
Unidade Responsável: Ciências da Arte e do Design
Curso/CE Responsável: Mestrado em Design da Imagem

Ciclos de Estudo/Cursos

Sigla Nº de Estudantes Plano de Estudos Anos Curriculares Créditos UCN Créditos ECTS Horas de Contacto Horas Totais
MDI 20 Plano de Estudos do MDI_Publicação em DR de 03/11/2016 1 - 6 45 162

Docência - Responsabilidades

Docente Responsabilidade
Susana Cristina Lourenço Félix Marques Regente

Docência - Horas

Teórica: 2,00
Tipo Docente Turmas Horas
Teórica Totais 1 2,00
Susana Cristina Lourenço Félix Marques 2,00

Língua de trabalho

Português

Objetivos

Esta UC analisa e recupera momentos centrais da história da imagem, fazendo convergir essa reflexão com a criação e a recepção de imagens no contexto contemporâneo, nomeadamente para:

  1. Estudar a influência e o sentido de momentos incontornáveis da história das imagens;
  2. Compreender a contextualização e apropriação das imagens, no campo da artes visuais e do design, e analisar a forma como estas potenciam novas leituras;
  3. Incentivar o conhecimento e a recuperação de práticas visuais que enfrentam o seu desaparecimento;
  4. Interpretar e relacionar imagens como rasto legítimo de uma construção histórico-social.

Resultados de aprendizagem e competências

O resultado da aprendizagem traduz-se num conjunto de conhecimentos, aptidões e capacidades metodológicas e críticas que os discentes poderão utilizar na prática profissional e artística.

Modo de trabalho

Presencial

Programa

A presença dos meios de comunicação, nomeadamente audiovisuais, na sociedade contemporânea, implica um permanente contacto com os mais diversos tipos de imagem. Através do cinema, da televisão, da internet, dos videojogos ou do telemóvel recebemos um enorme fluxo de imagens que consumimos, muitas vezes, de forma indiscriminada. Esta visualidade complexa implica um novo tipo de literacia visual, que proporcione um olhar mais competente e informado da realidade que nos circunda. Na disciplina de história e teoria da imagem pretende-se, a partir de um conjunto diversificado de estímulos visuais, promover uma reflexão alargada e interdisciplinar sobre o modo como são criadas e lidas as imagens na contemporaneidade.

  1. O que é uma imagem? Arquivos e Pântanos
  2. O pensamento em imagens.
  3. Imagens técnicas: fabricação de objectos visíveis.
  4. Arquétipos, dobras e androgenia das imagens
  5. Imagens literárias: sobre memória, escrita e figuração
  6. Imagens falsas: pictures, réplica e cópias.
  7. Apropriação e forma: camuflagem editorial.

Bibliografia Obrigatória

John Berger; Modos de ver. ISBN: 84-252-2003-3
Georges Didi-Huberman; Diante do tempo. ISBN: 978-989-8327-81-9
Georges Didi-Huberman; Atlas
Barbara Maria Stafford; Devices of wonder. ISBN: 0-89236-590-0
Hans Belting; Antropologia da imagem. ISBN: 978-989-97684-5-1
Roland Barthes; O óbvio e o obtuso
W. J. Thomas Mitchell; Picture theory. ISBN: 0-226-53232-1
James Elkins; Visual studies. ISBN: 0-415-96681-7 32.05

Métodos de ensino e atividades de aprendizagem

São conjugados dois métodos de ensino: aulas expositivas e aulas tutoriais, de modo a possibilitar uma melhor aquisição dos conteúdos do programa.

Tipo de avaliação

Avaliação distribuída com exame final

Componentes de Avaliação

Designação Peso (%)
Prova oral 30,00
Trabalho escrito 70,00
Total: 100,00

Componentes de Ocupação

Designação Tempo (Horas)
Apresentação/discussão de um trabalho científico 3,00
Frequência das aulas 39,00
Trabalho de investigação 3,00
Total: 45,00

Obtenção de frequência

A avaliação é continua e realizada com base na apreciação de uma proposta de trabalho (ensaio crítico) e a sua respectiva apresentação oral. Para a ponderação do valor a atribuir em cada um destes momentos, são considerados os seguintes factores:

1.Aquisição, articulação e aplicação de conceitos.
2.Curiosidade científica.
3.Utilização de uma linguagem conceptual apropriada.
4.Cumprimento dos prazos na entrega das propostas.
5.Assiduidade.

Fórmula de cálculo da classificação final

Apresentação oral — 30%
Ensaio crítico (2000 palavras) — 70%
Recomendar Página Voltar ao Topo
Copyright 1996-2021 © Faculdade de Belas Artes da Universidade do Porto  I Termos e Condições  I Acessibilidade  I Índice A-Z  I Livro de Visitas
Página gerada em: 2021-10-18 às 15:55:42 | Política de Utilização Aceitável | Política de Proteção de Dados Pessoais