Saltar para:
Logótipo
Comuta visibilidade da coluna esquerda
Você está em: Início > DGPEDT

Design de Tipos

Código: DGPEDT     Sigla: DT

Áreas Científicas
Classificação Área Científica
CNAEF Design

Ocorrência: 2020/2021 - 2S Ícone do Moodle Ícone  do Teams

Ativa? Sim
Página Web: https://overshoot.fba.up.pt/
Unidade Responsável: Design
Curso/CE Responsável: Design Gráfico e Projetos Editoriais

Ciclos de Estudo/Cursos

Sigla Nº de Estudantes Plano de Estudos Anos Curriculares Créditos UCN Créditos ECTS Horas de Contacto Horas Totais
MDGPE 34 Plano de Estudos do MDGPE_Publicação em DR de 04/11/2016 1 - 9 60 243

Docência - Responsabilidades

Docente Responsabilidade
Pedro Manuel Reis Amado Regente

Docência - Horas

Teorico-Prática: 3,00
Tipo Docente Turmas Horas
Teorico-Prática Totais 2 6,00
Pedro Manuel Reis Amado 6,00

Língua de trabalho

Português - Suitable for English-speaking students

Objetivos

O objetivo da UC de Design de Tipos é conceber, desenhar e produzir um tipo de letra digital funcional:

- Conhecer e compreender a história da escrita ocidental — desde a origem da escrita simbólica, passado pelos modelos caligráficos e tipografia "a quente" e a "frio" — e a sua relação com a tipografia digital atual;
- Conhecimento da influência e expressão das ferramentas analógicas de desenho: aparos, tintas, posição e teoria do traço;
- Dominar a anatomia, terminologia e classificação tipográficas;
- Domínio das ferramentas digitais de design e produção de tipos digitais: Glyphs e FontLab;
- Refletir acerca dos princípios de desenvolvimento da tipografia para editorial, suas características e condicionantes;
- Desenvolver tipos de letra digitais.

Resultados de aprendizagem e competências

Concluída a UC, estudante ficará preparado para:
-  avaliar a qualidade de um desenho ou modelo tipográfico em contexto;
- conceber e desenhar um tipo de letra para diferentes contextos editoriais;
- produzir uma fonte variável digital funcional.

Modo de trabalho

À distância

Programa

O programa da UC está organizado em 2 módulos incrementais para que os estudantes adquiram o conhecimento empírico e teórico dos princípios e problemáticas adjacentes ao desenho de um tipo de letra em formato digital, de forma incremental:
1. Teoria da forma (introdução à história e técnica de desenho de tipos);
2. Desenho e produção de tipos (projeto).

No primeiro módulo são abordados a história do desenvolvimento da escrita ocidental até à tipografia digital atual. Desde a sua génese, passando pelos principais modelos gregos, italianos, germânicos, francos, germânicos e anglo-saxónicos. É clarificada a anatomia e terminologia essencial dos tipos de letra, bem como alguns sistemas de classificação tendo em conta a aquisição de léxico operacional e crítico, contextualizo na evolução sócio-tecnologica.

Os estudantes são ainda introduzidos à "Teoria do traço" de Noordzij para unificar o conhecimento teórico e consolidar a prática manual.

Do ponto de vista prático, no primeiro módulo os estudantes são ainda introduzidos à(s) ferramenta(s) de design e produção de tipos digitais criando uma display keyword. Abordam-se:  princípios e técnicas de desenho de curvas, glifos e conjuntos de carateres, medidas e proporções, espaçamento, componentes e diacríticos, mestres e formatos de arquivos digitais.

No segundo módulo, os estudantes são confrontados com um desafio de produção e distribuição de um tipo digital para um contexto editorial.

Isto é concretizado no design e desenvolvimento de uma variable font para corpo de texto. E a sua respetiva demonstração na paginação e produção de um livreto de espécimen.

São contextualizados na problemática de design e desenvolvimento de uma estética digital, através da reflexão do conceito de Revival. E da respetiva avaliação do artefacto produzido no contexto mais amplo da produção cultural de design tipográfico e editorial.

Do ponto de vista prático, os estudantes complementam as competências de produção técnica, explorando o conjunto de carateres ocidental completo (Latin-1), variações de eixos OTVar, bem como o desenvolvimento de OpenType features e introdução ao kerning.

Bibliografia Obrigatória

Henestrosa, Cristóbal Meseguer, Laura Scaglione, José; Cómo Crear Tipografias: Del Boceto a la Pantalla, Tipo e Editorial, 2012. ISBN: 978-84-938654-1-2
Mediavilla, Claude; Caligrafía: del signo caligráfico a la pintura abstracta, Campgràfic, 2005. ISBN: 8493344680
McNeil, Paul; The visual history of type, Laurence King Publishing Ltd., 2017. ISBN: 1780679769
Unger, Gerard; Theory of Type Design, nai010, 2018. ISBN: 978-94-6208-440-7

Bibliografia Complementar

Amado, Pedro; Multilingual Typeface Anatomy Terminology, DAI.ESMAE.IPP, 2012. ISBN: 978-989-20-3439-3
Robert Bringhurst; The^Elements of typographic style. ISBN: 978-0-88179-212-6
Cheng, Karen; Designing Type , Yale University Press , 2006. ISBN: 978-0300111507
Maier, Hans Eduard; The Development of Script and Type, Syntax Press, 1994. ISBN: 3-9520646-0-2
Pohlen, Joep Setola, Geert; Letter Fountain: The Anatomy of Type, Taschen GmbH, 2011. ISBN: 978-3836525091
Quelhas, Vítor; Design português de tipos digitais (1990–2010), Universidade de Aveiro, 2017
Samara, Timothy; Letterforms: Typeface Design from Past to Future, Rockport Publishers, 2018. ISBN: 978-1-63159-334-5

Observações Bibliográficas

Livros, artigos, teses e tutoriais adicionais a fornecer oportunamente, mediante as necessidades ou projetos individuais e de grupo.

Métodos de ensino e atividades de aprendizagem

A unidade curricular desenvolve-se segundo um modelo teórico-prático que alterna aulas formativas com aulas de acompanhamento de projetos.

Nas aulas formativas expõem-se os principais conceitos e história. Mas também se recorre a exercícios e formações técnicas nas principais técnicas de desenho e ferramentas de design e produção.

Os exercícios visam a exploração, solidificação e consolidação dos conhecimentos adquiridos através da resolução de problemas específicos. As formações têm como objetivo a aquisição de competências tecnológicas fundamentais.

As aulas de acompanhamento de projeto têm como objetivo a aplicação prática desses conhecimentos em articulação com a aprendizagem adquirida ao longo do curso. Procurar-se desenvolver a capacidade crítica dos alunos através da análise e discussão coletiva dos trabalhos desenvolvidos na aula e de outros projetos de design.

Software

Glyphs
Fontlab

Tipo de avaliação

Avaliação distribuída sem exame final

Componentes de Avaliação

Designação Peso (%)
Trabalho laboratorial 50,00
Trabalho prático ou de projeto 50,00
Total: 100,00

Componentes de Ocupação

Designação Tempo (Horas)
Elaboração de projeto 60,00
Frequência das aulas 60,00
Trabalho de investigação 53,00
Estudo autónomo 30,00
Trabalho laboratorial 40,00
Total: 243,00

Obtenção de frequência

Avaliação média positiva nos exercícios e projetos desenvolvidos, e nos restantes parâmetros de avaliação.

Fórmula de cálculo da classificação final


  • A classificação final é calculada a partir da média ponderada das classificações obtidas no projeto realizado em cada módulo:
    Módulo 1: 30%. Módulo 2: 70%





  • Serão avaliados os conhecimentos adquiridos, demonstrados pela resolução de exercícios e aplicados aos projetos a ser desenvolvidos; 





  • Será avaliada a componente conceptual, capacidade de realização projetual e capacidade de adequação dos conhecimentos adquiridos à eficaz resolução de problemas de design, bem como a capacidade para comunicar os projetos em desenvolvimento; 





  • Será avaliada a integridade e responsabilidade dos estudantes, face à turma, aos projetos, e ao cumprimento dos prazos a estes associados.

Melhoria de classificação

Apenas por frequência posterior da cadeira.
Recomendar Página Voltar ao Topo
Copyright 1996-2021 © Faculdade de Belas Artes da Universidade do Porto  I Termos e Condições  I Acessibilidade  I Índice A-Z  I Livro de Visitas
Página gerada em: 2021-03-09 às 05:01:12 | Política de Utilização Aceitável | Política de Proteção de Dados Pessoais