Saltar para:
Logótipo
Comuta visibilidade da coluna esquerda
Você está em: Início > DTIMII

Metodologias de Projecto e de Investigação (I)

Código: DTIMII     Sigla: DTIMII

Áreas Científicas
Classificação Área Científica
OFICIAL Artes Plásticas

Ocorrência: 2014/2015 - 2S (de 16-02-2015 a 17-07-2015) Ícone do Moodle

Ativa? Sim
Unidade Responsável: Desenho
Curso/CE Responsável: Desenho e Técnicas de Impressão

Ciclos de Estudo/Cursos

Sigla Nº de Estudantes Plano de Estudos Anos Curriculares Créditos UCN Créditos ECTS Horas de Contacto Horas Totais
MDTI 7 Plano Oficial 2011 1 - 6 45 162

Docência - Responsabilidades

Docente Responsabilidade
Sílvia Patricia Moreno Simões Regente

Docência - Horas

Práticas Laboratoriais: 3,00
Tipo Docente Turmas Horas
Práticas Laboratoriais Totais 1 3,00
Sílvia Patricia Moreno Simões 3,00

Língua de trabalho

Português

Objetivos

Plano de estudos referente ao MDTI / MP [Sílvia Simões] 1. Expor o contexto que rodeia a investigação em arte, destacando e propondo alguns modelos de atuação. 2. Compreender a necessidade de estruturar o percurso metodológico subjacente a um trabalho de investigação baseado numa prática artística, favorecendo a coerência entre as hipóteses e recursos iniciais, as opções metodológicas e a formalização clara dos resultados. 3. Exposição das pautas básicas para a elaboração de um trabalho de investigação fundamentado numa prática experimental. Resultados de aprendizagem: 1. Capacidade de mobilização dos métodos e procedimentos metodológicos adequados ao objeto de estudo. 2. Capacidade de pesquisa, seleção e análise de informação. 3. Competências ao nível da formalização, clareza e comunicação de um problema de investigação, apoiada em consulta bibliográfica e visual corretamente exposta. 4. Conceber, de forma fundamentada, um projeto de investigação adequado ao tema/âmbito do trabalho a desenvolver no segundo ano. 5. Utilizar corretamente as normas de recolha e organização de material bibliográfico e visual.

Resultados de aprendizagem e competências

Pretende-se que o estudante seja capaz de organizar e estruturar um projeto de relatório ou de disssertação critico e coerente com as prátivcas e campos da investigação.

Modo de trabalho

Presencial

Programa

Programa de estudos referente ao MDTI/MP [Sílvia Simões] A inclusão da prática artística em contextos de investigação académica suscita recorrentemente estimulantes debates sobre o que é – ou deve ser – a investigação em artes visuais. Algumas questões têm servido para enquadrar este debate: Que convergências e conflitos existem entre a criação artística e a ideia de investigação? Como é que uma investigação baseada numa prática artística torna explícito o processo de investigação que é intrínseco a essa prática? Quais as funções esperadas da investigação em arte, dentro e fora da Universidade? Que metodologias de investigação são necessárias quando as imagens, os procedimentos e os contextos da produção são as principais fontes de investigação, mas também os meios através dos quais os seus resultados pretendem ser comunicados? Partindo destas questões, esta unidade curricular tem como principal objectivo apresentar procedimentos metodológicos para a realização de um trabalho de investigação baseado numa prática experimental. Procura-se desenvolver uma aproximação ao papel da investigação na prática artística a partir do contexto da sua produção, assumida como um território específico de conhecimento dotado de critérios próprios. Essa aproximação é feita a partir de dos seguintes módulos: 1. Investigação em arte, Investigação sobre arte e arte como investigação: o estado da questão. 2. Questões éticas na investigação em arte. 3. Paradigmas e estratégias da investigação em arte. A investigação poiética. 4. Formalização, tipologia e modelos de trabalhos de investigação. 5. Normas fundamentais de recolha e organização do material teórico e visual. 6. Preparação, apresentação e discussão colectiva do projecto de investigação

Bibliografia Obrigatória

Coutinho, C. P; Metodologia de Investigação em Ciências Sociais e Humanas: T, 2011

Métodos de ensino e atividades de aprendizagem

MDTI / MP [Sílvia Simões] Considerando a especificidade dos procedimentos metodológicos na investigação em artes visuais, o programa é abordado a partir de: (1) aulas expositivas com recurso à análise de casos concretos de modelos de investigação, onde se pretende uma observação participativa que atualize os interesses particulares de cada aluno no conteúdo apresentado; (2) um desenvolvimento experimental, baseado num tema proposto, que ensaie e verifique possibilidades de articulação entre uma prática específica e as exigências metodológicas de uma investigação académica.

Tipo de avaliação

Avaliação distribuída sem exame final

Componentes de Avaliação

Designação Peso (%)
Participação presencial 30,00
Trabalho escrito 40,00
Trabalho laboratorial 30,00
Total: 100,00

Componentes de Ocupação

Designação Tempo (Horas)
Elaboração de projeto 12,00
Estudo autónomo 12,00
Frequência das aulas
Trabalho de campo 12,00
Trabalho de investigação 12,00
Trabalho laboratorial 12,00
Total: 60,00

Obtenção de frequência

MDTI/ MP [Sílvia Simões] Participação nos seminários e apresentação de trabalho final. A avaliação integrará a realização de um trabalho escrito original, desenvolvido a partir uma prática experimental proposta a partir de um dos temas discutidos nos seminários do curso. O trabalho final deverá mostrar competências ao nível da formalização, clareza e comunicação de um tema de investigação, apoiada em consulta bibliográfica e visual correctamente exposta. Deverá ainda mostrar capacidade de problematização sobre o tema proposto. As conclusões e opções metodológicas tomadas serão apresentadas oralmente em seminário.

Fórmula de cálculo da classificação final

A avaliação é continua e resulta do cumprimneto do plano de trabalho.

Provas e trabalhos especiais

Participação nos seminários: 30% (ensino b-learninhg) Avaliação de trabalho final: 70%

Melhoria de classificação

Freuqencia do ano seguinte.

Observações

Bibliografia Principal:



CRESWELL, John W. (1994). Research Design: qualitative & quantitative approaches. Thousand Oaks: Sage Publications.
DOLOUGHAN, F. J. (2002). The Language of Reflective Practice in Art and Design. Design Issues, Vol. 18, nº2, 57-64. http://www.mitpressjournals.org/
ELKINS, James (ed.) (2009). Artists with PhDs: On the New Doctoral Degree in Studio Art. Washington: New Academia Publishing.
FRAYLING, C. (1993). Research in Art and Design. Royal College of Art Research (vol.1) Nº1.
GRAY, C., MAILIS, Jullian. (2004). Visualizing Research. A guide to the Research Process in Art and Design. Ashgate Publishing Limited.
KNOWLES, J. Gary; COLE, Ardra (eds) (2007). Handbook of the Arts in Qualitative Research: Perspectives, Methodologies, Examples, and Issues. New York: The Guilford Press.
BOURDIEU, Pierre ([1990). The Logic of Practice. Stanford: Stanford University Press.
COUTINHO, C. (2007). Métodos de Investigação em Educação III – Transformando os dados em informação, Cursos de Mestrado em Educação 2007/2008 Instituto de Educação e Psicologia. Braga: Universidade do Minho
ROSE, Gillian (2007). Visual Methodologies: An Introduction to the Interpretation of Visual Materials. London: Sage Publications.

Bibliografia Secundária:


DIDI-HUBERMAN, Georges (2004). Confronting Images: Questioning the Ends of a Certain History of Art. Philadelphia: Pennsylvania University Press.
DIEBNER, Hans H (2006). Performative Science and Beyond: Involving the Process in Research. New York: ZKM.
HALPRIN, Lawrence (1969). The RSVP Cycles: creative processes in the human environment. New York: George Braziller.
HALPRIN, Lawrence; BURNS, Jim (1974). Taking part: a workshop approach to collective creativity. Cambridge: The MIT Press.
HOLLY, Michael Ann (ed.) (2009). What Is Research in the Visual Arts?: Obsession, Archive, Encounter. Williamstown, Massachusetts: Clark Art Institute.
LEAVY, Patricia (2008). Method Meets Art: Arts-Based Research Practice. New York: The Guilford Press.
MOTTRAN, J. (2009). Researching Research in Art and Design. In J. ELKINS (Ed.), Artists with PhDs- on the new Doctoral Degree in Studio Art. Washington, DC: New Academia Publishing.
PINK, Sarah (2007). Doing Visual Ethnography: Images, Media and Representation in Research. London: Sage Publications.
PROSSER, Jon (ed.) (1998). Image-based Research: A Sourcebook for Qualitative Researchers. New York: Routledge.
SINGERMAN, Howard (1999). Art Subjects: Making Artists in the American University. Los Angeles: University of California Press.
SIMÕES, S. (2011). Investigar em, através e para o Desenho. Comunicação apresentada no Congresso do 23º Encontro da APECV. Bragança, 13, 14 e 15 de Maio de 2011.
SULLIVAN, Graeme (2005). Art Practice as Research. London: Sage Publications.
VLADEL, Ricardo Marín, PEREDO, J.F.L. Gonzalvez, MARIN, J.L. Tolosa. (1998). La Investigación en Bellas Artes – Tres aproximaciones a un debate, s.l., Grupo Editorial Universitario.

Recomendar Página Voltar ao Topo
Copyright 1996-2017 © Faculdade de Belas Artes da Universidade do Porto  I Termos e Condições  I Acessibilidade  I Índice A-Z  I Livro de Visitas
Página gerada em: 2017-09-25 às 10:49:34