Saltar para:
Logótipo
Comuta visibilidade da coluna esquerda
Você está em: Início > Oferta Formação > Curso ou Formação livre > RETNATUR

CURSO DE RETRATO AO NATURAL: DO DESENHO PARA A PINTURA

Objetivos

Objetivos:

– Facultar métodos elementares da prática de desenho na relação específica da representação da aparência fisionómica de um indivíduo em particular destacando os seus aspetos anatómicos mais relevantes, envolvendo noções de proporção, medida e os valores de claro-escuro.

– Instruir o formando relativamente às práticas oficinais de pintura a óleo, garantindo-lhe maior capacidade de expressão pictórica.

– Sensibilizar o formando para as diferentes possibilidades compositivas e expressivas do retrato (cabeça, meio-corpo e três quartos)

Possibilitar, deste modo, que o formando obtenha a autonomia que lhe permitirá progredir na prática e no entendimento da pintura como meio plástico e de retrato como género.

 Conteúdos:

> Questões em torno do conceito de valor (desenho)

– Forma e efeito de tridimensionalidade

– Proporção das partes da cabeça

– O claro-escuro como forma de representar a luz e sombra e como forma de representar o volume

– Adequação da linguagem plástica às diferentes dimensões, quer do suporte, quer dos utensílios (dimensões dos pinceis) – (pintura monocromática – metodologias oficinais da pintura a óleo).

> Questões em torno do conceito de cor (pintura)

– A noção de saturação

– A noção de tom

> O autorretrato ao espelho (cabeça)

– Articulação das matérias anteriores

– Aumento da escala do natural

– As questões do detalhe (os olhos, o nariz, os lábios e as orelhas).

> Questões em torno da roupa no autorretrato, enquanto elemento construtivo de uma identidade (a do próprio ou a de um “Eu” mais ou menos encenada) e enquanto problema pictórico (adereços)

> O retrato de meio-corpo e os enquadramentos

– Pose do retratado (possibilidade de cortes de enquadramento)

– Os braços como elementos dinâmicos da composição e como caracterizadores da pose

– A utilização da fotografia como auxiliar da representação pictórica.

> Questões em torno do retrato de três quartos na presença do modelo

– Adequação da linguagem pictórica às particularidades do suporte (tela)

– Dimensão à escala natural

– A relação entre a cabeça, o posicionamento dos braços e as mãos como elementos determinantes do retratado

Metodologia:

Aulas maioritariamente práticas com apresentações teóricas quando as matérias abordadas a justifiquem;

Acompanhamento regular, por parte dos formadores, ao formando, salientando de modo construtivo as suas especificidades;

Momentos regulares de partilha e análise coletivas ao estado dos trabalhos em progressão, apresentando a variedade como um propósito pedagógico.

1.º módulo

Do desenho para a pintura

  1. Neste primeiro módulo assumimos a prática do desenho em duas vertentes:
    1.1 Enquanto modo de representação da forma da cabeça (proporção, estrutura anatómica, volume, escala);
    1.2 Enquanto manuseamento dos materiais e utensílios comuns ao desenho e à pintura (tintas e pinceis), com o intuito de aproximar a uma abordagem pictórica, aqui entendida como privilegiando a mancha.

2.º módulo

Introdução à pintura: processos e metodologias da técnica da pintura a óleo

  1. Apresentação prática de aspetos oficinais da pintura a óleo (p. ex. como organizar a mesa de trabalho, a utilização dos pincéis, da paleta e da espátula como utensílio de mistura das tintas. As características físicas mais relevantes das tintas).
  2. Introdução aos conceitos de Tom, Saturação. Realização de exercício de pintura em torno destes conceitos.

3.º módulo

Autorretrato

  1. Autorretrato de cabeça a ¾ : questões próprias da pintura de observação directa (p. ex., a colocação do espelho, do cavalete e a articulação com uma fonte de luz).
  2. Autorretrato de meio-corpo: a representação das mãos e da roupa.

4.º módulo

Retrato de três quartos do modelo

  1. Esquiços a linha: a ideia de enquadramento do modelo
  2. Formato do quadro (retangular em posição vertical ou horizontal e quadrado)
  3. Interpretação pictórica a partir da observação directa do modelo

Informações

Destinatários:
Estudantes de Belas Artes e de Arquitetura. Público em Geral com formação certificada em Desenho de Figura Humana e/ ou Pintura (nível intermédio).

Pré-requisitos:
Capacidade para frequentar o ensino supeiror.
Espera-se que os candidatos tenham competências intermédias de Informática ao nível do utilizador para poderem trabalhar com o SiGARRA e com o WEBMAIL FBAUP.

 

Propinas (VER CONDIÇÕES DE PAGAMENTO):

Inscrição: 75,00 Euros

Estudantes, Docentes e Funcionários da FBAUP/ UP: 9 prestações de 75,00 Euros |

Público em Geral: 9 prestações de 87,50 |

Seguro escolar: 2,00 Euros |

 

MATERIAIS (NECESSIDADES A COLMATAR PELOS FORMANDOS):


Materiais 1º módulo
Folhas de papel, cavalinho e/ou cenário, formatos A2 e A3.
Lápis de grafite 3B e 4B, carvão vegetal em ramo e borracha para carvão.

Materiais restantes módulos
Espelho com dimensões entre os 20cm e 30cm (sem molduras pesadas)
Tintas a óleo em tubo de 21ml a 40ml
Branco de zinco
Amarelo cádmio e amarelo ocre
Vermelho cádmio e rosa permanente
Azul cobalto e azul ultramarino
Terra de sombra natural
Um frasco pequeno de Sansador ou White Spirit
Pincéis de cerda, curtos, formato língua de gato: três pincéis com 1,5cm largura do pelo, três pincéis com 1cm de largura do pelo e 2 pincéis de 0,5cm de largura do pelo.
Uma espátula metálica (com desnível entre cabo e a parte metálica), um pano absorvente, um conta-gotas e um rolo de papel de cozinha.
Uma paleta com dimensões iguais ou superiores ao A3 (uma placa de contraplacado impermeabilizado de um dos lados é suficiente).
Uma folha A2 de papel para óleo.

Pontualmente será recomendado a compra de material específico atendendo ao trabalho que vai sendo realizado.

Método de avaliação:
A avaliação será contínua, contando no final com uma apreciação qualitativa dos trabalhos executados ao longo do ano e organizados em portefólio. A atribuição do resultado consequente da avaliação contínua global será A (aprovado)/ R (reprovado).

A não aprovação dos formandos pode resultar de:

  1. Assiduidade inferior a 75% do número de horas presenciais;
  2. A não apresentação do trabalho individual/ portefólio;
  3. Um valor médio de desempenho inferior a 50%.



Certificação:

Aos participantes será atribuído um certificado de frequência.

No caso de o formando exceder o limite de faltas, não apresentar o trabalho individual/ portefólio ou obter um valor médio de desempenho inferior a 50% não tem direito a qualquer certificado.

Para efeito de confirmação de falta será considerada uma tolerância de 15 minutos.

Os formandos que reprovarem por falta de assiduidade só serão considerados para unidades de formação futuras caso haja vagas sobrantes.

 

O pedido de emissão de certificado é feito por escrito para formcontinua@fba.up.pt, no final da unidade de formação, após tomada de conhecimento da avaliação,  e  a emissão está sujeita a pagamento de emolumentos no valor representado nesta tabela em vigor.


BIBLIOGRAFIA/ DOCUMENTAÇÃO DE APOIO

(DISPONÍVEL PARA CONSULTA/ EMPRÉSTIMO DOMICILIÁRIO NA BIBLIOTECA):

Goldstein, Nathan – Design and Composition, Englewood Cliffs, New Jersey: Prentice-Hall, 1989.
Goldstein, Nathan – Figure Drawing: the structure, anatomy and expressive design of the human form, New Jersey: Pearson/Prentice-Hall, 1993.
Nicolaïdes, Kimon – The Natural Way to Draw: a working plan for art study, Boston: Houghton Mifflin Company, 1969
Arnheim, Rudolf – O poder do centro: um estudo da composição nas artes visuais, Lisboa: edições 70, 1990.
Arnheim, Rudolf – Arte e percepção visual, Uma psicologia da visão criadora, São Paulo: Pioneira Thomson Learning, 2005.
CHAET, Bernard – An Artist´s Notebook: Techniques and Materials, New Haven: Rinehart and Winston, 1978.
COOKE, Hereward Lester – Painting Techniques of the Masters, New York: Watson Guptill Publications, 1972.
DOERNER, Max – The Materials of the Artist and their use in Painting, with Notes on the Techniques of the Old Masters, New York: Harvest Inc., 1984.
GOTTSEGEN, Mark David ;The Painter’s Handbook, Watson-Guptill Publications, 2006
HILER, Hilaire – Notes on the Techniques of Painting, New York: Watson Guptill Publications, 1969.
MAYER, Ralph – The artist handbook of material and techniques. ISBN: 0 571 11693 0
WEHLTE, Kurt – The Materials & Techniques of Painting: With a Supplement on Color Theory, New York: Prentice Hall Press, 1975.


 


Contactos

Gabinete de Formação Contínua [Pavilhão Central – Biblioteca]

Faculdade de Belas Artes da Universidade do Porto
Av. Rodrigues de Freitas, 265
4049-021 Porto, Portugal
——————————————–
Horário de Atendimento

10.30 – 12.30 | 15.00 – 18.00
——————————————–
Informações e Inscrições
Telefone: 22 519 2416
E-mail: formcontinua@fba.up.pt

Dados Gerais

Sigla: RETNATUR
Tipo de curso/ciclo de estudos: Curso ou Formação livre
Início: 2017/2018

Planos de Estudos

Diplomas

  • CURSO DE RETRATO AO NATURAL: DO DESENHO PARA A PINTURA ( Créditos ECTS)

Áreas Científicas Predominantes

Recomendar Página Voltar ao Topo
Copyright 1996-2019 © Faculdade de Belas Artes da Universidade do Porto  I Termos e Condições  I Acessibilidade  I Índice A-Z  I Livro de Visitas
Página gerada em: 2019-10-16 às 10:58:34 | Política de Utilização Aceitável | Política de Proteção de Dados Pessoais