Saltar para:
Logótipo
Comuta visibilidade da coluna esquerda
Você está em: Início > Oferta Formação > Unidade de Formação Contínua > CPP_TMP3

Curso Prático de Pintura: Tecnologias e Métodos Processuais (3)

Objetivos


Conteúdos programáticos:

1. Atelier
Teórico-prática:
Espaço oficinal em que se procura desenvolver uma proposta individual de pintura assente na reflexão e na prática. O Atelier será maioritariamente um espaço de aplicação prática, compreendendo a necessidade de discussão e reflexão crítica e autocrítica sobre os conteúdos, experimentações e resultados. Estão previstas algumas aulas teóricas que providenciem apoio na concretização do projeto individual de pintura, solidificando os conteúdos e pensando o enquadramento com as práticas artísticas contemporâneas.

Objetivos:
– Pensar a prática e os conteúdos do projeto perante a arte contemporânea;
– Aumentar a capacidade crítica e autocrítica dos formandos;
– Desenvolver um projeto individual de pintura.

2. Recursos Tecnológicos da Pintura
Espaço oficinal que visa o aprofundamento e especialização dos formandos em recursos e técnicas da pintura de modo a solidificar o projeto individual. O programa está diretamente associado aos interesses técnicos dos formandos, permitindo a exploração de técnicas que desconheça ou o seu aprimoramento, no sentido do aperfeiçoamento do trabalho a realizar. Técnicas clássicas como pintura a óleo, aguarela, pastel seco e de óleo, carvão, acrílico, tempera, entre outras, serão tratadas do mesmo modo que recursos mais recentes, como o uso de impressão digital, silicone, resinas, entre outros.

Objetivos:
– Aprofundar os conhecimentos técnicos associados ao projeto individual;
– Experimentar outras soluções e meios técnicos;
– Fomentar o rigor e a primazia técnica adequada aos projetos individuais.

3. Processos Metodológicos da Pintura
Este módulo formativo apresenta ao formando um complemento do seu projeto pictural, nomeadamente elementos relacionados não com a realização formal do projeto, mas centrado no modo de expor, apresentar e o divulgar. Serão tratados assuntos como: exposição, portefólio, registo e catalogação e divulgação. Poderá ainda ser apresentado, e de acordo com os interesses projetuais individuais, a formação em programação de tratamento de imagem e transferência.

Objetivos:
– Propor a reflexão sobre os processos de pensar a obra a partir do modo como esta é apresentada, e não apenas do que ela encerra no seu espaço;
– Proporcionar aos formandos um conjunto de ferramentas e metodologias que permita uma compreensão mais ampla e transversal dos aspetos que envolvem a realização e exposição de uma pintura.


Informações

Horário: 33 sessões (132 Horas) |  de 04 de outubro de 2018 a 27 de junho de 2019 (quinta-feira) | Pós-laboral (19h00 > 23h00)

Créditos: 14,5 Créditos ECTS

Formadora: Joana Rêgo

Supervisão Científica: Professor Doutor Domingos Loureiro


Destinatários:

Estudantes de Artes Plásticas; candidatos que concluíram com sucesso o Curso Prático de Pintura II / Cor, Composição e Interpretação; outros com treino formal em Arte ou interessados na progressão da prática da pintura, mediante apresentação de certificação intermédia na área.

Propinas (VER CONDIÇÕES DE PAGAMENTO) :
Inscrição: 75,00 |
Estudantes, Docentes e Funcionários UP/FBAUP: 9 prestações de 75,00 Euros |
Público em Geral: 9 prestações de 87,50 |
Seguro escolar: 2,00 Euros |

INSCRIÇÕES ATÉ 20 DE SETEMBRO.

Para candidatar-se, selecione a opção INSCRIÇÕES ONLINE 

 

Método de avaliação:

A avaliação será contínua, contando no final com uma avaliação geral dos trabalhos, de forma a classificar os conhecimentos adquiridos e evolução, sustentada nos seguintes parâmetros:

Assiduidade (15%); participação/ motivação (35%); sentido crítico, qualidades plásticas: execução, criatividade, originalidade, evolução, desenvolvimento e concretização (50%).

A classificação final é feita numa escala de 0 a 20. A aprovação, a verificar-se, é feita numa escala positiva de 10 a 20 (conforme consta do Regulamento de Criação, Acreditação Interna e Creditação dos Cursos de Formação na Área de Educação Contínua da UP).

A não aprovação dos formandos pode resultar de:

  1. Assiduidade inferior a 75% do número de horas presenciais;
  2. A não apresentação do trabalho individual/ portefólio;
  3. Um valor médio de desempenho inferior a 50%.

Para efeito de confirmação de falta será considerada uma tolerância de 15 minutos.

Os formandos que reprovarem por falta de assiduidade só serão considerados para unidades de formação futuras caso haja vagas sobrantes.

Certificação:

Aos  participantes será emitido:

– um certificado de formação contínua com avaliação (classificação quantitativa) e créditos.

A prova de habilitação académica superior, quando solicitada, é da exclusiva responsabilidade do formando e tem de ser apresentada até data anterior ao início do curso.

Aos participantes que desejem frequentar a unidade na vertente LIVRE será emitido:

– um certificado de frequência.

A opção dos formandos de frequentar esta unidade na vertente livre é tomada impreterivelmente em data anterior ao início da mesma, e comunicada para formcontinua@fba.up.pt em formulário próprio.

No caso de o formando exceder o limite de faltas, não apresentar o trabalho individual/ portefólio ou obter um valor médio de desempenho inferior a 50% não tem direito a qualquer certificado.

O pedido de emissão de certificado é feito por escrito para formcontinua@fba.up.pt, no final da unidade de formação, após tomada de conhecimento da avaliação,  e  a emissão está sujeita a pagamento de emolumentos no valor representado na tabela em vigor.

BIBLIOGRAFIA/ DOCUMENTAÇÃO DE APOIO:
António Quadros Ferreira (2011) Fazer Falar a Pintura,  Editora da Universidade do Porto
António Quadros Ferreira (2012) Nadir Afonso – Arte, Estética e Teoria, Edições Afrontamento
Betty Edwards (2004) Color – a course in mastering the art of mixing colors, Penguin Group,
Johannes Meinhardt (2005) A Abstração depois da Abstração, Serralves Publico
Julian Bell (1999) What is painting? Mark Gottsegen (2006) David; The Painter’s Handbook, Watson-Guptill Publications
Isabel Sabino (2001) A pintura depois da pintura, Faculdade de Belas Artes da Universidade de Lisboa
Ralph Mayer (2001) The artist’s handbook of materials and techniques
Ralph Mayer (2005) Materiales y técnicas del arte.
Ray Smith (2006) Manual Prático do Artista, Civilização Editores
Thomas Puttfarten (2006) The discovery of pictorial composition

 

Gabinete de Formação Contínua [Pavilhão Central – Biblioteca]

Faculdade de Belas Artes da Universidade do Porto
Av. Rodrigues de Freitas, 265
4049-021 Porto, Portugal
——————————————–
Horário de Atendimento

10.30 – 12.30 | 15.00 – 18.00
——————————————–
Informações e Inscrições
Maria Luciana Rodrigues
(Coordenadora)
Telefone: 22 519 2416
E-mail: formcontinua@fba.up.pt
——————————————–


Dados Gerais

Sigla: CPP_TMP3
Tipo de curso/ciclo de estudos: Unidade de Formação Contínua
Início: 2018/2019
Duração: 132 Horas

Planos de Estudos

Diplomas

  • Curso Prático de Pintura: Tecnologias e Métodos Processuais ( Créditos ECTS)

Áreas Científicas Predominantes

Recomendar Página Voltar ao Topo
Copyright 1996-2019 © Faculdade de Belas Artes da Universidade do Porto  I Termos e Condições  I Acessibilidade  I Índice A-Z  I Livro de Visitas
Página gerada em: 2019-04-22 às 11:55:41 | Política de Utilização Aceitável | Política de Proteção de Dados Pessoais