Saltar para:
Logótipo
Comuta visibilidade da coluna esquerda
Você está em: Início > Cursos/CE > Licenciatura > DC > Informação para Candidatos

Cursos 2022/2023

Licenciatura em Design de Comunicação

Dados Gerais

Código Oficial: 9070
Sigla: DC

Diplomas

  • Licenciatura em Design de Comunicação (240 Créditos ECTS)

Concursos Nacionais

Média de acesso do último colocado nos últimos 5 anos

2010 2011 2012 2013 2014
- - - 162 167,5

Nº Clausus / Vagas

Regime Fase Nº Clausus / Vagas
Regime Geral 1 50
As candidaturas e os prazos são da responsabilidade da Direcção-Geral do Ensino Superior.

Unidades Curriculares

Desenho I

D111 - ECTS

Introduzir e desenvolver as competências do Desenho como instrumento operativo de conhecimento e de reconhecimento.


Desenvolver a acuidade percetiva e visual na relação com as diferentes tipologias do Desenho.
Compreender o desenho como veiculo que opera, se relaciona e se equaciona, entre a perceção e representação. 


Desenvolver competências de entendimento, manipulação e seleção nos diferentes modos de fazer e meios de representação do desenho.


Fornecer o saber e a segurança de uma tecnologia.
Conhecer e aplicar as terminologias básicas do desenho.
Sensibilizar o aluno para a importância do património e história do desenho.

Introdução ao Design

ITD111 - ECTS

A unidade curricular de Introdução ao Design propõe como objectivos principais de aprendizagem:
1 – Autonomia na investigação e experimentação de diferentes gramáticas da comunicação visual, estimulando uma abordagem laboratorial aos processos e à análise e crítica dos resultados.
2 - O desenvolvimento de exercícios que questionem os meios de comunicação visual assim como as suas estratégias da criação, transformação e transmissão de conteúdos para munir o estudante de ferramentas para a construção de uma gramática gráfica e comunicativa.
3 - A experimentação de metodologias na concretização de projetos tendo por base uma abordagem especulativa do Design de Comunicação, assim como o simulacro em contextos reais.
4 – Desenvolver projetos para a procura de uma expressão gráfica alicerçada na história da comunicação visual e nas práticas do Design contemporâneo.
5 - Compreender o papel do Design na sociedade, subscrevendo temas que explorem as articulações entre o Design e audiências, o Design e a ética, entre outros.

Geometria

G102 - ECTS

Nesta Unidade Curricular, com o estudo da geometria, pretende-se incentivar as capacidades lógico-dedutivas do estudante, construindo uma atitude analítica e fortalecendo o caráter sintético relativamente ao mundo dos objetos e dos espaços. Partindo do pressuposto da geometria como estrutura do desenho, o estudante deverá adquirir saberes que lhe permitam utilizar os sistemas projetivos de representação geométrica rigorosa como base do conhecimento e do entendimento das formas dos objetos e dos espaços e da sua mútua inter-relação.

História da Arte I

HA101 - ECTS

Esta disciplina destina-se a fornecer aos alunos dos vários cursos da FBAUP um espaço de reflexão comum sobre a arte, enquanto componente de sistemas culturais que se foram modificando ao longo dos tempos e que diferem nas várias civilizações que lhes deram origem. Deste modo, o programa da disciplina será estruturado à volta de grandes temáticas, capazes de suscitar o confronto e o diálogo entre alunos com experiências e motivações muito diferentes. A disciplina cobre um longo período histórico, que deu origem a magníficas produções artísticas que tiveram um papel fundamental no desenvolvimento da consciência ocidental. A abordagem será simultaneamente histórica e temática, pretendendo fornecer aos alunos os instrumentos de análise fundamentais para o estudo e apreciação da arte medieval, tanto no seu contexto sócio-histórico original, como quanto à sua importância e significado universal. Procurar-se-á fomentar o interesse pela leitura de textos da época e de estudos e ensaios, e desenvolver as capacidades de entendimento das imagens, fornecendo aos alunos utensílios para observar e interpretar o objecto artístico. O confronto com obras de arte, temas e questões essenciais à história da arte, permitirá a cada aluno tecer a sua própria base de reflexão.

Introdução à Cultura Contemporânea

ICC101 - ECTS

“Introdução à Cultura Contemporânea” é uma base introdutória que tem por objectivo fornecer capacidades e ferramentas para compreender a contemporaneidade e a nossa cultura, bem como para introduzir um universo alargado de referências que permitirá ao estudante compreender questões culturais com as quais os artistas visuais e os designers hoje se debatem. A disciplina explora a transversalidade da noção de “cultura” e as contradições inerentes à condição contemporânea, potenciando uma multiplicidade de aproximações e de leituras que instiguem no estudante a capacidade de reflexão crítica e apoiem a sua (futura) acção. Exploram-se as referências das Culturas Visuais e da Cultura Urbana, para compreender as manifestações e os palcos onde a cultura se manifesta, seja enquanto fenómeno quotidiano, seja nas práticas artísticas.

Introdução às Ferramentas Digitais

IFD101 - ECTS * Fornecer um enquadramento sócio-cultural dos “media” e ferramentas digitais na atual prática do design;
* Consolidar conhecimentos teóricos e práticos sobre a edição gráfica digital que alicercem a prática individual do Design de Comunicação, fornecendo uma compreensão científica e técnica dos princípios fundamentais da imagem digital;
* Criar, promover e refinar metodologias de trabalho para conceção e produção de projectos de design sustentados por ferramentas digitais.

História da Arte II

HA102 - ECTS

Esta disciplina destina-se a fornecer aos alunos dos vários cursos da FBAUP um espaço de reflexão comum sobre a arte, enquanto componente de sistemas culturais que se foram modificando ao longo dos tempos e que diferem nas várias civilizações que lhes deram origem. Deste modo, o programa da disciplina será estruturado à volta de grandes temáticas, capazes de suscitar o confronto e o diálogo entre alunos com experiências e motivações muito diferentes. A disciplina cobre o período histórico do Renascimento, que deu origem a magníficas produções artísticas que tiveram um papel fundamental no desenvolvimento da consciência ocidental. A abordagem será simultaneamente histórica e temática, pretendendo fornecer aos alunos os instrumentos de análise fundamentais para o estudo e apreciação da arte renascentista, tanto no seu contexto sócio-histórico original, como quanto à sua importância e significado universal. Procurar-se-á fomentar o interesse pela leitura de textos da época e de estudos e ensaios, e desenvolver as capacidades de entendimento das imagens, fornecendo aos alunos utensílios para observar e interpretar o objecto artístico. O confronto com obras de arte, temas e questões essenciais à história da arte, permitirá a cada aluno tecer a sua própria base de reflexão. 

História e Teoria da Comunicação

HTC201 - ECTS

Destinando-se em regime obrigatório aos alunos da LDC e em regime optativo aos da LAP, a UC terá de tentar um equilíbrio entre os problemas da comunicação em 'regime tecnológico' (essencial para o DC) e as questões mais específicas colocadas pela relação conflitual entre Arte e Comunicação.

Metodologias de Investigação em Design

MID102 - ECTS Objectivos: Aprender metodologias de investigação em design num contexto téorico-prático.

Tipografia

T500 - ECTS

 

· Os alunos aprenderão os conceitos básicos da tipografia: a sua história, o uso e classificação de fontes, a composição de texto em vários formatos.

· Os alunos desenvolverão competências práticas e teóricas no uso e argumentação de tipografia.

Design I

DSG200 - ECTS

Conhecer, compreender e experimentar diferentes sistemas de escrita (Caligrafia e Tipografia). Apresentar e sensibilizar o discente para temas, ancestrais e atuais, tais como: sociedades ágrafas, pré-escrita, alfabetos, abecedários, caligrafia, grafito, escrita artificial, desenho de letras, suportes e artefactos de escrita, com incidência para o valor histórico-cultural de paradigmas da linguagem verbal contemporânea. A introdução à Caligrafia permite sensibilizar o discente para as origens estéticas e formais dos caracteres, assim como compreender e avaliar: as proporções, o ritmo e os espaços entre letras, as palavras e as linhas. Dominar os princípios básicos da Caligrafia e da Tipografia permite adquirir aptidões concetuais e técnicas para progredir com solidez artística e científica em subdisciplinas da área do Design como o design tipográfico (ortotipografia, microtipografia, macrotipografia), a identidade visual corporativa, o infografismo e o design editorial.

Desenho II

D201 - ECTS

Introduzir e aprofundar competências técnicas e processuais no âmbito do desenho, que ampliem as capacidades expressivas e comunicativas de cada estudante.

Consolidar a coordenação olhar-gesto nas representações do real.

Iniciar o confronto crítico com o universo histórico e funcional das imagens e processos de desenho.

Situar a relação entre perceção visual e perceção háptica como base operativa do desenho.

Compreender e usar o desenho como processo de hipótese e correcção.

Estimular o uso do desenho como instrumento privilegiado na mediação da realidade visível e conceptual.

Desenvolver competências que potenciem uma aprendizagem contínua e a gestão autónoma do trabalho.

Estética I

E201 - ECTS

Fornecer os instrumentos conceptuais capazes de potenciar o exercício de uma reflexão crítica e informada que tenha como objecto primeiro a criação e recepção das obras de arte. O contacto com um percurso temático historicamente orientado —o qual percorre o pensamento de alguns dos principais agentes da reflexão estética do passado e da contemporaneidade— deverá potenciar a autonomia crítica e a interiorização da intrínseca interdependência entre a dimensão de produção e recepção artísticas e o discurso conceptual; e, de um modo mais lato, a intrínseca interdependência entre as representações de mundo privilegiadas por uma dada época, cultura ou artista, e o modo como a arte é pensada, produzida e experienciada. Neste sentido, pensar a arte será, antes do mais, entendido como uma investigação sobre o próprio pensamento, isto é, sobre os instrumentos culturais de representação do real. Procuraremos identificar qual a especificidade das linguagens de representação artísticas face a outras formas de pensar e experienciar o mundo. Genericamente, o problema da Representação colocar-se-á segundo uma dupla dimensão: 1) Qual a representação de mundo privilegiada por uma dada época, cultura ou indivíduo? Isto é, de forma simplificada, qual a resposta fornecida à questão o que é o mundo?; ou ainda, qual o modo privilegiado de representar o mundo? 2) Qual a representação de arte privilegiada por uma da época, cultura ou indivíduo? Isto é, de forma simplificada, qual a resposta fornecida à questão o que é a arte? Se normalmente é em função de uma resposta, pelo menos implícita, à questão o que é o mundo? que se define a resposta à questão o que é a arte?, também é possível pensar que em algumas épocas, práticas ou pensadores é em função da segunda que se define a primeira. É disto exemplo o modo como a representação de mundo produzida pela arte num determinado período histórico-cultural condiciona activamente a própria transformação do mundo —estejam ou não os agentes conscientes disso. Parece-nos possível pensar a história da arte e a história da estética, enquanto reflexão temática, como resultado de um processo de interacção entre uma —múltipla— representação de mundo e uma —igualmente múltipla— representação de arte. Esta interacção desenvolve-se em duas vertentes principais: a) — A da adequação —ou inadequação— da representação artística a uma subjacente, mas nem sempre consciente representação de mundo. Segundo esta concepção, a arte imita a vida. É este o óbice maior à noção de representação mimética, que durante largo tempo estruturou e condicionou a arte ocidental: tratar-se-ia sempre de uma representação de segundo grau, isto é, da representação de uma representação. b) — A adequação do mundo a uma determinada representação artística de mundo — isto é, o desejo de fazer do mundo uma obra de arte. Este é o desejo que animou ao longo, pelo menos, do último século, as vanguardas artísticas socialmente comprometidas. Segundo este modelo, que é o da modernidade, não é a arte que imita a vida, é a vida que imita a arte. No entanto, a pretensão várias vezes formulada de adequar o mundo a uma representação ideal inspirou algumas das mais terríveis experiências políticas do século XX. Isto torna claro o carácter extremamente problemático da relação entre arte e realidade, adquirindo um papel central a noção de representação: é a partir dela que um e outro conceito se definem. Torna-se, por isso, pertinente interrogar a arte a partir da noção de representação, segundo as variáveis acima referidas. O equacionar destas variáveis permitirá uma focalização das nossas análises, desenhando um percurso dirigido, tendente a proporcionar uma compreensão da arte enquanto fenómeno cultural histórica e culturalmente situado.

Media

M201 - ECTS

* Fornecer uma introdução a um estudo e ecologia dos media, explorando a imagem fotográfica, o áudio e o vídeo digitais.

* Perceber e problematizar o papel transformador dos media no processo de comunicação;

* Perceber e problematizar o papel do aparato físico no processo de experienciação dos media, questionando os seus atributos formais, operativos, e estéticos.

Video I

V201 - ECTS

Iniciação à teoria e prática dos media audiovisuais na perspectiva da concepção e realização. Aprendizagem técnica e tecnológica da video-cinematografia percorrendo as diferentes fases que caracterizam a concepção, realização audiovisuais: pré-produção, produção e pós-produção. Aproximação à história e análise dos media no cinema e video, convenções e gramática, géneros e estruturas narrativas. Procura-se obter do aluno uma atitude criativa , crítica e consciente das potencialidades e limites dos media utilizados, assim como dos elementos constituintes da video-cinematografia. Tendo como princípio que o video é um trabalho colectivo com um objectivo comum é estimulado o trabalho de equipa e por conseguinte a distribuição de funções; ao mesmo tempo a partilha de esforços e a afirmação da individualidade.

Fotografia I

F202 - ECTS

Compreender e dominar a gramática da luz e o seu significado na transformação da linguagem do objecto fotográfico; Analisar o espaço de representação a partir da ferramenta fotográfica; Adquirir um discurso fotográfico que se apresente como um campo de permuta entre experiências de comunicação visual; Dominar competências visuais no sentido de ampliar saberes capazes de estimular a relação entre fotografia e design de comunicação.

História do Design

HD102 - ECTS

Objectivos: Os alunos alcançarão um conhecimento operativo e crítico da história do design gráfico.

Ilustração I

I202 - ECTS

Compreender o papel da ilustração na literacia visual assim como os diferentes meios de actuação. Mapear o universo e património histórico da ilustração, com o intuito de aceder aos diferentes vocabulários, expressões e discursos que irão possibilitar, a cada estudante, o desenvolvimento das suas competências ao nível das tecnologias, técnicas e expressões no exercício da ilustração. Explorar metodologias narrativas da ilustração e dos seus autores através da abordagem aos mecanismos narrativos implícitos e à capacidade ilustrativa dos diferentes suportes e materiais.

Laboratório de Som e Imagem

LSI202 - ECTS 1. Compreender a evolução histórica, os fundamentos técnicos e o papel dos media digitais, especificamente o som e a imagem, numa perspetiva potenciadora do discurso e das práticas expressivas individuais.

2. Explorar o potencial expressivo da imagem e do som digitais através de diversas metodologias de produção e manipulação.

3. Formar e consolidar hábitos de documentação da prática individual.

Design II

DSG300 - ECTS

Desenvolver e compreender o design de sistemas de identidade corporativos e institucionais até à suas manifestações actuais. Compreender as questões de design no universo da criação de imagens de marca e estratégias de branding. Desenvolver projectos utilizando os diversos media em que o design de sistemas de identidade é atualmente desenvolvido. Compreender conceitos estruturais de design de comunicação relacionados com sistemas de representação multimodais. Consolidar a cultura de projecto em design e desenvolver uma abordagem crítica à sua prática.

Animação I

AI500 - ECTS

Iniciação ao cinema de animação. Regras básicas para elaborar um projecto de filme - narrativa, imaginário, personagens, e expressão animada segundo três aspectos essenciais: duração, movimento e metamorfose. Primeira aproximação à história e análise da animação em cinema e video - convenções e gramática, géneros, técnicas e estruturas narrativas. Procura-se obter do aluno uma atitude criativa , crítica e consciente das potencialidades e limites dos media utilizados, assim como dos elementos constituintes da video-cinematografia na área da expressão animada. Tendo como princípio que a animação é um trabalho colectivo com um objectivo comum é estimulado o trabalho de equipa e por conseguinte a distribuição de funções; ao mesmo tempo a partilha de esforços e a afirmação da individualidade.

Crítica do Design

CD211 - ECTS

Objectivos: os alunos desenvolverão um conhecimento operativo das correntes da crítica do design gráfico, bem como a sua história.
Competências: escrita e argumentação crítica sobre design.

Fotografia II

F502 - ECTS

A unidade curricular de Fotografia 2 tem como principal objectivo a concepção e produção de um projecto fotográfico individual, original, a par da consolidação de conhecimentos técnicos previamente adquiridos em Fotografia 1.

Privilegia-se um pensamento autónomo e crítico no desenvolvimento técnico e conceptual do projecto, capaz de reconhecer a especificidade do meio fotográfico e de a experienciar na relação com outros media.

O tema de trabalho, e respectiva fundamentação/investigação teórica, deverá ser definida individualmente por cada estudante e apresentada em aula no início do semestre. 

Grafismos Especializados

GE301 - ECTS * Introduzir os discentes no campo da edição de grafismos digitais 3D, analisando discretamente as tecnologias e as gramáticas específicas deste meio;
* Desenvolver competências basilares de produção e edição de imagem de síntese 3D;
* Integrar as ferramentas de grafismos digitais 3D na prática do Design de Comunicação, seja para prototipagem rápida ou para simulações complexas, para impressão ou para animação.

Ilustração II

I502 - ECTS

Pretende-se como objectivos para esta unidade curricular: 
- o desenvolvimento de uma linguagem visual própria e a construção de aptidões técnicas para o seu desenvolvimento. 
- a compreensão prática e aplicação de metodologias direccionadas para a investigação, crítica e reflexão da Ilustração. 
- a auto-orientação e originalidade na abordagem e resolução de problemas, assim como a interacção de forma autónoma no planeamento e na execução de tarefas 
- o desenvolvmento da noção de investigação pessoal na construção de Ilustração como caligrafia identitária, passando por diferentes patamares, tais como: a pesquisa, as metodologias, o desenho, as notas visuais (sketchbooks) e as conclusões

Sociologia da Cultura

SC311 - ECTS

A cadeira de Sociologia da cultura tem como propósito introduzir os estudantes aos principais eixos temáticos, perspectivas teóricas e abordagens metodológicas da Sociologia enquanto Ciência Social. O objectivo perseguido é o de permitir a definição de alguns conceitos operatórios para um melhor entendimento do discurso sociológico. Neste sentido, parte-se de uma abordagem geral da Sociologia, para uma abordagem específica da Sociologia da Arte enquanto constituinte de uma Sociologia da Cultura. A partir do estudo e discussão dos temas e materiais seleccionados, pretende-se que os estudantes adquiram um conhecimento teórico que lhes permita destacar e contextualizar as particularidades do discurso sociológico no conjunto das outras ciências humanas e sociais. Procura-se deste modo que os estudantes possam, através de uma avaliação crítica, aquilatar a importância deste saber para a compreensão e prática da actividade artística e, nomeadamente, das artes plásticas e do design de comunicação. Os estudantes deverão adquirir um conhecimento teórico e substantivo básico nesta área, evidenciando domínio sobre as problemáticas, as teses e os conceitos abordados, bem como competências essenciais à análise sociológica dos objectos, práticas e instituições culturais.

Tecnologias de Produção Gráfica

TPG301 - ECTS

Video II

VD502 - ECTS

Aproximação às práticas audiovisuais contemporâneas e à história do cinema e video. O desenvolvimento de projectos é orientado, por um lado, para um aprofundamento na aprendizagem técnica e tecnológica audiovisuais, mas também, por outro, para a experimentação num sentido mais amplo da cultura video-cinematográfica, justificando abordagens de complementaridade curricular, nomeadamente na aproximação aos genéricos cinematográficos, grafismos cinemáticos (motion graphics) e publicidade institucional. Procura-se obter do aluno uma atitude criativa , crítica e consciente das potencialidades e limites dos media utilizados, assim como dos elementos constituintes da video-cinematografia. Tendo como princípio que o video é um trabalho colectivo com um objectivo comum é estimulado o trabalho de equipa e por conseguinte a distribuição de funções; ao mesmo tempo a partilha de esforços e a afirmação da individualidade.

Web Design II

WD502 - ECTS
  • Compreender a arquitetura e funcionamento da Web naquilo que diz respeito a um projeto de Web design;
  • Tomar contacto com a gestão de projetos na Web, desde a concepção até à implementação final;
  • Fomentar boas práticas no design e desenvolvimento para a Web;
  • Cultivar uma visão crítica do designer na sua relação com a Web.

Animação II

AII500 - ECTS

Aprofundamento na prática e história do cinema de animação - nível II. Concepção e realização de uma curta-metragem em animação. Iniciação ao cinema de animação. Regras básicas para elaborar um projecto de filme - narrativa, imaginário, personagens, e expressão animada segundo três aspectos essenciais: duração, movimento e metamorfose. Elaboração de story-boards, animatics e mapas de programação. História e análise da animação em cinema e video, as convenções e a gramática, os géneros, técnicas e as estruturas narrativas. As diversas aplicações da animação: Filme de autor, efeitos especiais, genéricos de filmes, institucionais, documentário. Desenvolvimento de projectos acentuando-se a componente de produção e pós-produção\edição digital.Tendo como princípio que a animação é um trabalho colectivo com um objectivo comum é estimulado o trabalho de equipa e por conseguinte a distribuição de funções; ao mesmo tempo a partilha de esforços e a afirmação da individualidade.

Antropologia Urbana

AU302 - ECTS

Em termos genéricos, fornecer aos estudantes um conjunto diversificado de ferramentas teóricas e conceptuais que lhes permitam investigar e compreender, a partir de perspectivas antropológicas, os fenómenos urbanos contemporâneos. Em termos concretos, sensibilizar os estudantes para a natureza específica da antropologia, vocacionada para o estudo da alteridade, e particularmente dotada para demonstrar que um conjunto muito alargado de fenómenos antropológicos resultam de complexos processos históricos, sociais e culturais, que não se compaginam com explicações “naturalizadas” simplistas e altamente redutoras.

 

Cultura Visual I

CV302 - ECTS

Os estudantes deverão ser capazes de compreender os fenómenos e sistemas de percepção, julgados num campo de representação mediática. Compreensão e análise de um universo visual contemporâneo.

Os estudantes deverão ser capazes de desenvolver perspectivas da cultura visual potenciando relações de complementaridade com outras áreas das artes visuais e do design.

Maior capacidade para problematizar e debater os desafios que o Design enfrenta, bem como promover a aquisição de competências de âmbito estratégico ao nível da abordagem ao projecto.

Aumentar as capacidades comunicativas a nível oral e escrito.

Os estudantes deverão ser capazes de apresentar uma comunicação ou um artigo a um congresso ou a um periódico com arbitragem científica. 

Identidade Corporativa Institucional

ICI211 - ECTS

Ilustração II

I502 - ECTS

Pretende-se como objectivos para esta unidade curricular: 
- o desenvolvimento de uma linguagem visual própria e a construção de aptidões técnicas para o seu desenvolvimento. 
- a compreensão prática e aplicação de metodologias direccionadas para a investigação, crítica e reflexão da Ilustração. 
- a auto-orientação e originalidade na abordagem e resolução de problemas, assim como a interacção de forma autónoma no planeamento e na execução de tarefas 
- o desenvolvmento da noção de investigação pessoal na construção de Ilustração como caligrafia identitária, passando por diferentes patamares, tais como: a pesquisa, as metodologias, o desenho, as notas visuais (sketchbooks) e as conclusões

Seminário de Design I

SDI211 - ECTS

. Leitmotif: “Design e Ecologia Humana - Temáticas para uma cultura de projeto”;

. As aulas assumirão uma abordagem expositiva sobre temas fundamentais do design como área de atividade profissional intrinsecamente relacionada com o Projeto. A intervenção do designer considerando a “razão do meio/contexto” humano e respetivas implicações ambientais;

. Parceiros: Lipor.

Seminário de Design II

SDII211 - ECTS O principal objetivo desta unidade curricular é introduzir os discentes no campo da edição 3D para renderização em tempo real, abordando modelação orgânica, animação por deformação, texturização e shading, e interação. Esta unidade curricular é lecionada tendo em conta o papel da prática do Design de Comunicação, no que diz respeito à produção de ambientes 3D renderizados em tempo real, como simulações e videojogos.

Video II

VD502 - ECTS

Aproximação às práticas audiovisuais contemporâneas e à história do cinema e video. O desenvolvimento de projectos é orientado, por um lado, para um aprofundamento na aprendizagem técnica e tecnológica audiovisuais, mas também, por outro, para a experimentação num sentido mais amplo da cultura video-cinematográfica, justificando abordagens de complementaridade curricular, nomeadamente na aproximação aos genéricos cinematográficos, grafismos cinemáticos (motion graphics) e publicidade institucional. Procura-se obter do aluno uma atitude criativa , crítica e consciente das potencialidades e limites dos media utilizados, assim como dos elementos constituintes da video-cinematografia. Tendo como princípio que o video é um trabalho colectivo com um objectivo comum é estimulado o trabalho de equipa e por conseguinte a distribuição de funções; ao mesmo tempo a partilha de esforços e a afirmação da individualidade.

Web Design I

WD302 - ECTS
  • Adquirir e desenvolver conhecimentos tecnológicos, teóricos e práticos sobre o design para a World Wide Web;
  • Perceber a natureza integradora da WWW e o seu potencial para o desenvolvimento de projetos de design;
  • Encorajar uma postura crítica e reflexiva, promovendo hábitos de argumentação e discussão de projetos.

Estudos de Design

ED400 - ECTS

Objectivos: O aluno tomará contacto com um conjunto de metodologias teóricas e críticas, integradas organicamente tanto na prática profissional do design, como no seu ensino e em particular na escrita e edição de publicações. O aluno estará apto a uma produção crítica e teórica que não esteja isolada da prática, mas que esteja integrada com ela.

Competências a desenvolver: edição, design editorial, escrita, publicação, investigação, argumentação pública, participação em projectos colectivos.

Design da Imagem

DI401 - ECTS

1. Conscencialização dos alunos para diferentes tipos de imagem: a imagem global / local, imagem social, entre outros (descrito no programa), bem como proporcionar conhecimento específico para capacitar os alunos na realização um projeto de design nestes domínios. 2. Capacitar os alunos a uma familiarização com um corpo de conhecimentos, princípios, habilidades, técnicas e vocabulário relacionados ao design de imagem. Expor os alunos a uma vasta gama de material que têm por objectivo permitir ver a imagem como: a principal característica cultural e uma parte de um amplo corpo de conhecimentos e habilidades. 3. O conhecimento adquirido nessas aulas vão capacitar os alunos a compreender e trabalhar numa imagem, a fim de atender as exigências do projeto prático; 4. Dotar os alunos de ferramentas de conhecimento para interpretar as imagens e identificar os contextos em que são gerados e as correlações de outras disciplinas que contribuem para a esfera visual.

Design Editorial

DED500 - ECTS

Entender, conceber, coordenar, produzir e apresentar um projeto editorial. Obter avançados e sólidos conhecimentos nas áreas do design de publicações e da produção gráfica editorial (jornal, revista, livro), nomeadamente na autoedição com a criação e produção de um livro (livro de artista; livro objeto; fotolivro). Repensar a relação texto-imagem no conceito do objeto livro, libertando-o da função de transmissor de conteúdos (escritos/visuais) e conferindo-lhe a autonomia de objeto artístico e conceptual; pensar e conceber o livro como ‘jóia’ e objeto de culto (edição de autor: limitada, numerada, assinada); utilizar técnicas e tecnologias que estão naturalmente ligadas à concretização de um livro, em contextos de aplicação e conceção novos; introduzir processos de gravação e acabamento (tradicional, inédito, experimental) inerentes à encadernação e conceção da capa, do invólucro e da embalagem do livro. O projeto curricular pode ser desenvolvido em grupo e pensado para suporte digital.

Design Multimédia

DM302 - ECTS
  • Estudar os múltiplos media em que atua o design de comunicação contemporâneo;
  • Estudar e explorar a complementaridade e os cruzamentos de media, os media híbridos, a transparência, a hipermediação e a remediação;
  • Estudar o papel dos diferentes media na cultura de convergência contemporânea;
  • Estudar as diferentes tecnologias de distribuição, os seus media e os seus contextos de acesso e utilização;
  • Estudar as estruturas e as influências temporais e espaciais dos media;
  • Estudar as estruturas de informação não-lineares, o papel da transcodificação nos media computacionais e os diversos regimes de processamento possibilitados por estes;
  • Desenvolver uma cultura de projecto para o design dos "novos media".

Fotografia II

F502 - ECTS

A unidade curricular de Fotografia 2 tem como principal objectivo a concepção e produção de um projecto fotográfico individual, original, a par da consolidação de conhecimentos técnicos previamente adquiridos em Fotografia 1.

Privilegia-se um pensamento autónomo e crítico no desenvolvimento técnico e conceptual do projecto, capaz de reconhecer a especificidade do meio fotográfico e de a experienciar na relação com outros media.

O tema de trabalho, e respectiva fundamentação/investigação teórica, deverá ser definida individualmente por cada estudante e apresentada em aula no início do semestre. 

Identidade Corporativa Institucional

ICI211 - ECTS

Ilustração II

I502 - ECTS

Pretende-se como objectivos para esta unidade curricular: 
- o desenvolvimento de uma linguagem visual própria e a construção de aptidões técnicas para o seu desenvolvimento. 
- a compreensão prática e aplicação de metodologias direccionadas para a investigação, crítica e reflexão da Ilustração. 
- a auto-orientação e originalidade na abordagem e resolução de problemas, assim como a interacção de forma autónoma no planeamento e na execução de tarefas 
- o desenvolvmento da noção de investigação pessoal na construção de Ilustração como caligrafia identitária, passando por diferentes patamares, tais como: a pesquisa, as metodologias, o desenho, as notas visuais (sketchbooks) e as conclusões

Metodologias de Projecto

MP301 - ECTS Compreender o universo estruturante e estratégico do trabalho criativo do design gráfico e da comunicação. A construção de reportórios projetuais operativos e mapear casos paradigmáticos da comunicação visual.

Reconhecer a necessidade da aplicação de metodologias de projeto.

Relacionar diferentes metodologias.

Ensaiar novos modelos e estruturas de criação, individuais e em equipa.

Narrativas Visuais

NV211 - ECTS

Iniciação à teoria e história das narrativas (audio)visuais. Motivar metodologias diferenciadas de análise. Acentuar uma leitura crítica e contextualizada. Afirmação de um discurso individual e criativo.

Video II

VD502 - ECTS

Aproximação às práticas audiovisuais contemporâneas e à história do cinema e video. O desenvolvimento de projectos é orientado, por um lado, para um aprofundamento na aprendizagem técnica e tecnológica audiovisuais, mas também, por outro, para a experimentação num sentido mais amplo da cultura video-cinematográfica, justificando abordagens de complementaridade curricular, nomeadamente na aproximação aos genéricos cinematográficos, grafismos cinemáticos (motion graphics) e publicidade institucional. Procura-se obter do aluno uma atitude criativa , crítica e consciente das potencialidades e limites dos media utilizados, assim como dos elementos constituintes da video-cinematografia. Tendo como princípio que o video é um trabalho colectivo com um objectivo comum é estimulado o trabalho de equipa e por conseguinte a distribuição de funções; ao mesmo tempo a partilha de esforços e a afirmação da individualidade.

Web Design II

WD502 - ECTS
  • Compreender a arquitetura e funcionamento da Web naquilo que diz respeito a um projeto de Web design;
  • Tomar contacto com a gestão de projetos na Web, desde a concepção até à implementação final;
  • Fomentar boas práticas no design e desenvolvimento para a Web;
  • Cultivar uma visão crítica do designer na sua relação com a Web.

Gestão em Design

GD402 - ECTS

Entender, desenvolver, coordenar e gerir projetos de design.
A gestão em design corresponde a uma atividade relevante num mundo cada vez mais competitivo, dinâmico e global; nesta gestão o designer é um elemento-chave e, por vezes, o responsável máximo na gestão da imagem e comunicação, o que implica ter conhecimentos multifacetados (específicos, gerais, avançados, aprofundados) tendo em conta que as suas relações interpessoais implicam, quase sempre, uma comunicação multilateral, transversal, hiperdisciplinar e holística. Assim sendo, os objetivos principais desta unidade curricular passam por dotar o jovem e futuro designer de conhecimentos e capacidades de gestão em design, quer individual ou coletivamente, quer como membro de uma equipa ou como líder de uma equipa nomeadamente ao nível da estratégia, dos processos e da implementação e monitorização da imagem e comunicação.

Ilustração II

I502 - ECTS

Pretende-se como objectivos para esta unidade curricular: 
- o desenvolvimento de uma linguagem visual própria e a construção de aptidões técnicas para o seu desenvolvimento. 
- a compreensão prática e aplicação de metodologias direccionadas para a investigação, crítica e reflexão da Ilustração. 
- a auto-orientação e originalidade na abordagem e resolução de problemas, assim como a interacção de forma autónoma no planeamento e na execução de tarefas 
- o desenvolvmento da noção de investigação pessoal na construção de Ilustração como caligrafia identitária, passando por diferentes patamares, tais como: a pesquisa, as metodologias, o desenho, as notas visuais (sketchbooks) e as conclusões

Projecto / Estágio

APPE200 - ECTS

A disciplina de Projeto/Estágio tem como objetivos fundamentais, a realização de estágios curriculares de preparação profissional. Esta ação permite proporcionar aos estudantes capacidades e mais-valias, no desempenho operacional da sua área de projecto, aplicado em território laboral específico, sendo que, a gestão do estágio, decorre em sede académica. Numa perspetiva individual, esta componente prática permite não só a inserção como o desenvolvimento e inovação profissional do aluno. Na esfera da Academia, a relação com o tecido empresarial, contribui para um modelo de ensino mais integrado e desejado. A vertente de Projeto corresponde a um espaço de afirmação e de pesquisa pessoal do discente, na forma de um projeto de investigação teórico-prático auto-proposto e orientado por um docente. Este projeto deve compreender premissas como a criatividade, originalidade e um sentido de autoria na sua concepção, estruturação e realização.

Seminário de Design I

SDI211 - ECTS

. Leitmotif: “Design e Ecologia Humana - Temáticas para uma cultura de projeto”;

. As aulas assumirão uma abordagem expositiva sobre temas fundamentais do design como área de atividade profissional intrinsecamente relacionada com o Projeto. A intervenção do designer considerando a “razão do meio/contexto” humano e respetivas implicações ambientais;

. Parceiros: Lipor.

Seminário de Design II

SDII211 - ECTS O principal objetivo desta unidade curricular é introduzir os discentes no campo da edição 3D para renderização em tempo real, abordando modelação orgânica, animação por deformação, texturização e shading, e interação. Esta unidade curricular é lecionada tendo em conta o papel da prática do Design de Comunicação, no que diz respeito à produção de ambientes 3D renderizados em tempo real, como simulações e videojogos.

Video II

VD502 - ECTS

Aproximação às práticas audiovisuais contemporâneas e à história do cinema e video. O desenvolvimento de projectos é orientado, por um lado, para um aprofundamento na aprendizagem técnica e tecnológica audiovisuais, mas também, por outro, para a experimentação num sentido mais amplo da cultura video-cinematográfica, justificando abordagens de complementaridade curricular, nomeadamente na aproximação aos genéricos cinematográficos, grafismos cinemáticos (motion graphics) e publicidade institucional. Procura-se obter do aluno uma atitude criativa , crítica e consciente das potencialidades e limites dos media utilizados, assim como dos elementos constituintes da video-cinematografia. Tendo como princípio que o video é um trabalho colectivo com um objectivo comum é estimulado o trabalho de equipa e por conseguinte a distribuição de funções; ao mesmo tempo a partilha de esforços e a afirmação da individualidade.

Recomendar Página Voltar ao Topo
Copyright 1996-2022 © Faculdade de Belas Artes da Universidade do Porto  I Termos e Condições  I Acessibilidade  I Índice A-Z  I Livro de Visitas
Última actualização: 2012-12-06 I  Página gerada em: 2022-10-06 às 07:51:57 | Política de Utilização Aceitável | Política de Proteção de Dados Pessoais | Denúncias