Saltar para:
Logótipo
Comuta visibilidade da coluna esquerda
Você está em: Início > Oferta Formação > Mestrado > MAP > Informação para Candidatos

Mestrado em Artes Plásticas

Dados Gerais

Código Oficial: 6840
Sigla: MAP

Diplomas

  • Mestrado em Artes Plásticas (120 Créditos ECTS)
  • Especialização em Artes Plásticas (60 Créditos ECTS)

Unidades Curriculares

Arte e Tecnologia

ATN1 - 6 ECTS

A unidade curricular Arte e Tecnologia propõe mapear o espaço entre arte e técnica na cultura contemporânea. Mapeamento este que será elaborado por todos, tendo como pontos de partida a arte contemporânea no âmbito das suas articulações e o cruzamento de vários contextos teóricos e práticos. Se considerarmos que não há uma metodologia singular para “o fazer”, a viabilidade actual da articulação da arte com a técnica será problematizada a partir das relações de paixão e de decepção, assim como, através de uma variedade de práticas. Neste sentido, o objectivo geral desta unidade curricular será a reinvenção de possíveis aproximações a esta articulação e a procura de respostas teórico-práticas.

Campo Escultórico e Contemporaneidade

CECN1 - 6 ECTS Campo Escultórico e Contemporaneidade pretende abordar epistemologicamente e ontologicamente os campos de implementação da escultura a partir dos anos 60 do século passado até ao momento presente, promovendo o conhecimento da expansão deste âmbito disciplinar que, desde então, não tem cessado de motivar enormes alterações paradigmáticas, não só no seu próprio seio, como no campo mais alargado das artes plásticas e visuais.
Através de alguns autores e das suas obras que protagonizaram diferentes acontecimentos do período em causa, contribuindo para a construção da narrativa histórica deste período, bem como através de textos críticos que contribuiram para a análise e compreensão dos fenómenos a ele implicados, Campo Escultórico e Contemporaneidade, promove uma visão esclarecida sobre as alterações paradigmáticas ocorridas neste contexto, auxiliando à compreensão do pensamento e da acção artísticos, dos seus meios, dos seus processos operativos, dos seus intervenientes e das suas linguagens, patrocinando a aquisição e/ou consolidação dos conceitos inerentes às questões acima enunciadas, desenvolvendo assim um olhar critico sobre a actividade escultórica do período em causa.

Como resultado final, a Unidade Curricular fomenta o desenvolvimento de métodos de investigação, de organização e gestão de conhecimentos adquiridos de modo a fornecer um conjunto de ferramentas capazes de contribuir para alicerçar a operatividade dos projetos artísticos individuais, bem como permita o desenvolvimento de um ensaio teórico, analítico e crítico de carácter inovador.

Campos e Funções do Desenho

CFDN1 - 6 ECTS

Pretende-se com estes seminários encontrar plataformas de abordagem teórica e prática  sobre o desenho como modalidade funcional, que descreva e permita aplicar os mecanismos do desenho a conjuntos heterogéneos de manifestações visuais e campos de intervenção. Estas plataformas consistem na identificação e análise dos componentes estruturais, cognitivos e comunicativos do desenho associados a determinados valores de uso, seja no campo da meta-linguagem – como retrocesso crítico sobre as condições da sua própria produção (os seus processos) – seja na intraligação com outros aspectos da actividade humana: os campos da investigação e divulgação científica, a arqueologia, as diversas práticas projectuais (a arquitectura, o design), as diversas manifestações “artísticas” (ilustração, BD), etc.

Estudos Tecnológicos em Escultura

ETEN1 - 6 ECTS

Os objetivos desta UC, Estudos Tecnológicos em Escultura, correspondem a ambientes processuais onde as matérias serão conformadas por técnicas especificas. Os estudantes participam em abordagens práticas oficinais consolidadas na vocação escultórica da FBAUP, enquanto processo de questionamento das suas práticas individuais e processos criativos ancorados no saber fazer oficinal. Promovem-se núcleos temáticos e de participação em workshops de investigação sobre modelação, moldagem, talhe, fundição e em matérias como a pedra, madeiras, metais, ceras, gessos e barros. O estudante aprofunda conhecimentos sobre técnicas e processos relacionados com estes territórios de atuação da Escultura; sedimenta competências de funcionamento em coletivo; amplia aptidões metodológicas enquanto investigador em Escultura; exercita a improvisação, como exercício da liberdade, característica exclusiva do campo artístico.

Pensamento e Prática da Arte Atual

PPAAN1 - 6 ECTS

Pensamento e Prática da Arte Atual é uma unidade teórica que dá relevo aos debates que envolvem a arte contemporânea. Tem por objetivo gerar novas possibilidades reflexivas acerca da cultura visual recente e da prática artística em específico. Pretende-se ainda incentivar o/as estudantes a analisar em detalhe conceitos críticos globais, tais como, pós-modernismo, pós-conceptual e tecno-cultura. As sessões serão intercaladas entre aulas expositivas e de debate, visitas a exposições e discussão dos trabalhos teóricos do/as estudantes inscrito/as.

Práticas de Exposição

PEXPN1 - 6 ECTS O principal objectivo da disciplina é desenvolver competências relativas às componentes teórica e prática implicadas num projecto expositivo com ênfase na concretização de um projecto individual ou colaborativo.

Práticas Materiais do Desenho

PMDN1 - 6 ECTS

Objectivos:
- Criar um espaço de reflexão sobre a natureza, as acções e as implicações gráficas e processuais de diferentes ferramentas de desenho e da gravura, nomeadamente sobre as técnicas, os processos, os instrumentos, os suportes e os meios tecnológicos
- Aprofundar o conhecimento teórico-prático e do vocabulário específico do desenho, baseada na evolução histórica dos seus meios e técnicas -Desenvolver trabalho prático e um discurso crítico consciencializados relativamente ao papel das ferramentas utilizadas
- Criar um espaço oficinal e de atelier comuns com demonstrações de base no sentido da consolidação das aprendizagens em áreas tecnológicas estratégicas do desenho para o desenvolvimento da prática artística, e no sentido da sua ampliação
- Conhecer e testar de um modo dirigido e sistemático uma selecção de componentes tecnológicas ou mesmo etapas de trabalho da prática dirigidos para o desenho, de modo a estabelecer as suas bases fundamentais assim como dar a conhecer metodologias replicáveis em contextos mais complexos
- Trabalhar e expandir os aspectos experimentais e criativos que assistem à produção do desenho e da gravura, através da iniciação a projectos de desenvolvimento tecnológico de curta duração, conduzidos por um percurso metodológico bem fundamentado na revisão histórica e sua actualização prática resultados da aprendizagem
- aprendizagens tecnológicas circunscritas pela frequência de demonstrações técnicas sobre procedimentos mais específicos e complementares a uma formação inicial, descritos em manual ou artigos
- a sua aplicação na produção de um portfolio de gravuras e desenhos onde demonstre o seu domínio dos métodos introduzidos e a concordância dos mesmos com uma investigação pessoal - desenvolvimento de um projecto individual consistente com os objectivos e com os meios apropriados a esses fins, monitorizado e orientado pelos doentes responsáveis pela unidade curricular.

Seminários de Metodologias de Investigação I

SMI1 - ECTS

1. Fornecer uma compreensão básica sobre o procedimento científico e as dimensões fundamentais do processo de investigação em Artes Plásticas e Estudos da Arte;

2. Familiarizar os alunos com conceitos, problemas centrais, teorias e práticas fundamentais inerentes ao processo de investigação e à lógica da investigação empírica;

3. Capacitar o estudante para o desenvolvimento de práticas de investigação apoiadas na identificação de uma ideia e formulação de um problema, numa argumentação racional e logicamente elaborada, na pesquisa e organização da informação e na comunicação escrita e oral estruturada, clara e consistente dos objectivos, métodos, resultados e fontes utilizadas;

4. Promover o desenvolvimento de uma consciência ética e crítica em torno das actividades de investigação e produção do conhecimento científico sobre artes.

Seminários de Pintura

SPN1 - 6 ECTS

Seminários de Pintura é uma unidade curricular teórica-prática que promove a disciplina nas suas mais variadas manifestações enquanto expressão artística. Como prática artística, a Pintura é muito mais do que apenas uma atividade física, é um compromisso crítico a longo prazo com ideias e sensibilidades. A UC estará empenhada em ajudar os estudantes a aprofundar a sua própria visão, apoiando a enorme diversidade de abordagens formais e conceptuais, estilos e interesses. A UC incentivará ainda o diálogo crítico, sob a forma de conversas, debate, visitas a exposições e através da presença de artistas convidado/as.

Campos e Especificidades da Prática Artística

CEPAN1 - 6 ECTS

Esta unidade curricular tem como objectivo geral contribuir para um alargamento das discussões em torno das práticas artísticas contemporâneas e seus cruzamentos com outras áreas. Estas discussões serão feitas com um conjunto de artistas convidados que trarão os seus trabalhos para o interior do espaço da aula.

  • Valorizar as metodologias experimentais e as discussões de grupo.
  • Incentivar o cruzamento com o trabalho desenvolvido no âmbito de outras áreas curriculares ou mesmo noutros contextos.
  • Desenvolver instrumentos de análise, individuais e de grupo.

Circuitos Artísticos

CAN1 - 6 ECTS

Desenho e Performatividade

DPN1 - 6 ECTS

Explorar as potencialidades criativas dos processos de transferência de acções entre o desenho e outros campos performativos.

Desenvolver ferramentas experimentais e críticas que permitam sequenciar processos criativos motivados pelo uso do desenho em contextos performativos.

Identificar os factores e as estratégias que fundamentaram a emergência do desenho como acto performativo na arte contemporânea, e do acto performativo como desenho.

Apoiar uma prática mais coerente e auto-crítica em projectos que abordem o desenho e a imagem como actos performativos.

Desenvolver um corpo de trabalho prático que ensaie o desenho na sua dimensão performativa.

Desenho e Projeto

DPJN1 - 6 ECTS

Contribuir para otimizar as competências do desenho nas diferentes fases da formalização de um problema prático (projeto)

Promover a experimentação e a organização de ideias, conceitos e práticas através de estratégias operativas do desenho

Contribuir para a experiência e adequação de ferramentas do desenho que consolidem o desenvolvimento de metodologias projetuais e/ou processuais

Ajudar a formar imagens e conceitos adequados que suportem o desenvolvimento e formalização do projeto.

Promover atitudes de participação ativa e fomentar a cooperação entre os estudantes – respetivas vertentes académicas e práticas profissionais – e entre estes e as diferentes unidades curriculares.

Promover a reflexão e espírito crítico no âmbito do projeto.

Estudos Tecnológicos em Pintura

ETPN1 - 6 ECTS

Suplementar o repertório de técnicas usadas em atelier com uma qualquer outra (ou um conjunto de outras), a cujas potencialidades se convida o aluno a ser sensível.

Desenvolver os conhecimentos adquiridos na aplicação a conteúdos específicos.

Saber distinguir, seleccionar e fazer uso dos múltiplos meios de representação e modos da técnica das

várias aplicações da tecnológicas utilizadas

Difundir numa perspectiva pluridisciplinar e interdisciplinar novas oportunidades de experimentação tecnológicas nos projectos desenvolvidos pelos estudantes, sempre com uma abordagem relacionada com as práticas contemporâneas

Consolidar o conhecimento da tecnologia, e ou, tecnologias utilizadas nos trabalhos desenvolvidos, promovendo sempre uma linguagem contemporânea.

Teoria e História do Desenho

THDN1 - 6 ECTS

Sistematizar e enquadrar a terminologia específica do vocabulário do desenho. Problematizar os diversos conceitos e implicações do pensamento, acção e resultado do desenho. Fornecer uma abordagem da história do Desenho, nomeadamente dos seus momentos de ruptura. Desenvolver a especificidade de uma cultura visual associada ao desenho.

Textos de Artista

TAN1 - 6 ECTS

Problematizar a relação entre o verbal e o não-verbal, entre o texto e a imagem, destacando como material de estudo os escritos e o discurso dos próprios artistas.
Desenvover ferramentas de análise e interpretação dos escritos de artistas, sobretudo contemporâneos.
Experimentar e ensaiar a produção escrita em paralelo/cruzamento com o trabalho realizado em atelier, antecipando a realização do projecto final de mestrado.
 

Dissertação/Projeto

DISSPRJ1 - ECTS

Práticas de Estúdio e Investigação

PEI1 - ECTS

Estúdio de Escultura


EE1 - ECTS

. Promover e consolidar a criação e produção autónomas, através da reflexão e experimentação contextualizadas no sentido do aprofundamento das competências necessárias ao desenvolvimento dos projetos de investigação em Escultura;

. Estimular o envolvimento dos mestrandos na articulação entre a concepção, indagação e concretização plástica, diligenciando para que referidos projetos sejam devidamente articulados com metodologias que os favoreçam;

. Incentivar ações individuais e em equipa promovendo a partilha de conhecimentos e o espírito de equipa;

. Fomentar o exercício da práxis artística, autónoma e comunicante preferencialmente em função de uma experiência prática, que se pretende consequente, rigorosa, e competente, favorecendo o estudo dos fenómenos relativos às práticas artísticas em articulação e diálogo com as restantes Unidades Curriculares; 

. Consolidar competências ao nível do enunciado verbal e escrito, estimulando a imaginação, a indagação e a análise crítica e autocrítica.

Estúdio de Escultura organiza-se e centraliza a sua ação no sentido da coordenação e apoio ao desenvolvimento e consolidação do projeto/ plano individual dos estudantes. Concentrado no modelo TP de orientação individualizada, promove igualmente diversas dinâmicas através de aulas de exposição temáticas, debates em grupo, residências e/ou workshops, aulas com convidados, para além da análise e estudo de casos concretos e/ou núcleos temáticos, fomentando-se igualmente a articulação com as outras Unidades Curriculares.

 

 


Seminários de Metodologias de Investigação II


SMI2H - ECTS
A unidade curricular Seminários de Metodologias de Investigação II propõe um encontro com várias intensidades artísticas, na medida em que pensar metodologias no campo da arte se faz numa aproximação à prática. A partir da discussão sobre o que poderá ser uma “metodologia prática” e o ensaio sobre os seus variados modos operativos, pretende-se desencadear a invenção de um contexto de investigação individual teórico-prático.

Estúdio de Desenho


ED1 - ECTS

OBJECTIVOS:
1. Consolidação de uma prática artística ou investigadora fundamentada nos territórios do desenho e das suas zonas limítrofes na cultura contemporânea.
2. A criação do contexto de experimentação: relações entre a prática de estúdio e o contexto cultural e social em que se desenvolve.
3. Desenvolvimento de uma reflexão rigorosa, crítica e contextualizada das preocupações inerentes ao projecto artístico/de investigação.
4. Introduzir/aprofundar capacidades técnicas e processuais relacionadas com os procedimentos do desenho e da impressão, ampliando as possibilidades instrumentais de cada estudante.
5. Desenvolver metodologias de investigação baseadas em práticas experimentais, cujos resultados se comunicam na sua dimensão de imagens/objectos.



Seminários de Metodologias de Investigação II


SMI2 - ECTS
A unidade curricular Seminários de Metodologias de Investigação II propõe um encontro com várias intensidades artísticas, na medida em que pensar metodologias no campo da arte se faz numa aproximação à prática. A partir da discussão sobre o que poderá ser uma “metodologia prática” e o ensaio sobre os seus variados modos operativos, pretende-se desencadear a invenção de um contexto de investigação individual teórico-prático.

Estúdio de Intermédia


EI1 - ECTS
Desenvolver um projecto individual de trabalho;
Aprofundar as capacidades técnicas e conceptuais de concretização de um projecto;
Realizar um conjunto de trabalho que permita a sua exibição em lugar público.

Seminários de Metodologias de Investigação II


SMI2 - ECTS
A unidade curricular Seminários de Metodologias de Investigação II propõe um encontro com várias intensidades artísticas, na medida em que pensar metodologias no campo da arte se faz numa aproximação à prática. A partir da discussão sobre o que poderá ser uma “metodologia prática” e o ensaio sobre os seus variados modos operativos, pretende-se desencadear a invenção de um contexto de investigação individual teórico-prático.

Estúdio de Pintura


EP1 - ECTS

Pretende-se promover reflexão e experimentação continuadas no campo de intervenção da pintura de acordo com os interesses pessoais de cada estudante, com o objetivo de que cada um desenvolva um projeto de investigação TP. O projeto está centrado na pintura podendo abordar questões de ordem interna, da reflexão e do fazer da pintura; ou de ordem externa, na análise da pintura na transversalidade com outras áreas de interesse de cada estudante. É objetivo da UC a preparação do estudante para a segunda fase do CE, Dissertação/Trabalho de Projeto e por isso são objetivos específicos:

- Aprofundar competências técnicas enquadradas com os interesses do projeto pictórico.

-Aprofundar e desenvolver competências conceptuais para a concretização de uma pesquisa no âmbito da teoria e prática da investigação em pintura.

- Promover o questionamento da identidade cultural e pessoal em universo global.

- Desenvolver um projeto no âmbito da pintura em rigoroso em diálogo com outras práticas artísticas contemporâneas.

 


Seminários de Metodologias de Investigação II


SMI2H - ECTS
A unidade curricular Seminários de Metodologias de Investigação II propõe um encontro com várias intensidades artísticas, na medida em que pensar metodologias no campo da arte se faz numa aproximação à prática. A partir da discussão sobre o que poderá ser uma “metodologia prática” e o ensaio sobre os seus variados modos operativos, pretende-se desencadear a invenção de um contexto de investigação individual teórico-prático.

Recomendar Página Voltar ao Topo
Copyright 1996-2019 © Faculdade de Belas Artes da Universidade do Porto  I Termos e Condições  I Acessibilidade  I Índice A-Z  I Livro de Visitas
Última actualização: 2012-12-06 I  Página gerada em: 2019-04-22 às 05:42:36 | Política de Utilização Aceitável | Política de Proteção de Dados Pessoais