Saltar para:
Logótipo
This page in english Ajuda Autenticar-se
FAUP
Você está em: Início > Notícias > DocGraf 16 - Ferramentas digitais avançadas para documentação e análise gráfica: Casos de investigação em Arquitectura e Urbanismo

Notícias

DocGraf '16 - Ferramentas digitais avançadas para documentação e análise gráfica: Casos de investigação em Arquitectura e Urbanismo

14 de Outubro de 2016, Sexta-feira, Sala Plana - FAUP

...............................................................................................................................................................................
Inscrições encerradas.
Entrada livre sujeita a inscrição prévia até às 16:00 do dia 13 de Outubro de 2016.
...............................................................................................................................................................................
Workshop 'Modelos 3D interactivos a partir de fotografias' (Formulário de Inscrição)
...............................................................................................................................................................................

A Jornada Científica DocGraf '16 pretende constituir-se num fórum de debate e discussão sobre o papel das tecnologias digitais na investigação em Arquitectura e Urbanismo. Nesta primeira sessão especialistas de diversos campos do conhecimento partilharão experiências onde o uso destas novas ferramentas, especificamente as da área da geomática e da computação gráfica, revelou ser um factor crítico de sucesso nos projectos onde foram integradas.

A sessão contará ainda com a apresentação do projecto Architectural Democracy que se debruça sobre as relações entre a arquitectura, a tecnologia e a política e as suas repercussões no âmbito da cidadania, da prática arquitectónica e das políticas urbanas. A linha de investigação incide sobre as formas de usar a tecnologia para transformar edifícios em interfaces open-source que melhorem a compreensão dos cidadãos sobre o ambiente edificado quotidiano e, com isso, a qualidade da arquitectura e da cidadania.

Na sequência desta jornada, entre 17 e 24 de Outubro será realizado um workshop de introdução à digitalização tridimensional destinado a público não especialista que pretenda aprender a criar modelos 3D interactivos de edifícios e cenários urbanos com a sua própria câmara fotográfica. Mais informação em www.faup.pt e em www.architecturaldemocracy.com.

Programa:

Abertura (Clara Pimenta do Vale, CEAU-FAUP)

14:30 Digitalização 3D – Uma experiência ligada ao ensino
Luís Mateus, CIAUD – FAUL

14:50 Don't make me think cities!
Pedro Aibéo, U. Aalto -Helsínquia

15:10 BIM is more!
Nuno Lacerda, CEAU - FAUP

15:30 Fotografia multiespectral aplicada ao estudo do património e do território
Luís Bravo Pereira, CEAU - FAUP

15:50 Sistemas de Informação Geográfica na análise e documentação do território. Casos práticos MDT-CEAU-FAUP
Bruno Moreira, Ana Silva Fernandes, CEAU - FAUP

16:10 Intervalo

16:30 Para além do 3D: materialidades virtuais e percepção aumentada
Hugo Pires, CEAU - FAUP

16:50 Architectural Democracy
Pedro Aibéo, U. Aalto -Helsínquia

17:10 Accelerating the reconstruction of 3D urban scenarios
Gabriel Falcão, IT / DEEC - U. Coimbra

17:30 Interactive 3D models from photos (apresentação do workshop)
Hugo Pires e Pedro Aibéo

Encerramento

Inscrição:

Entrada livre (inscrições encerradas).

Organização:

Clara Vale e Hugo Pires CEAU-FAUP)

Biografias:

Ana Silva Fernandes
Ana Silva Fernandes (Porto, 1982) é arquitecta, pós-graduada em Metodologias de Intervenção no Património Arquitectónico e Doutorada pela Faculdade de Arquitectura da Universidade do Porto. Está integrada no grupo Morfologias e Dinâmicas do Território do CEAU-FAUP, dedicando-se à investigação sobre planeamento em contextos de precariedade, países em desenvolvimento, políticas sociais, assentamentos informais / de génese ilegal, inclusão social e património. Constitui elemento da equipa para o estudo "Orientações Estratégicas de Coerência Territorial - Arco Metropolitano Norte" encomendado pela CCDR-N, onde colabora na análise, mapeamento e colmatação dos desafios socioespaciais recentes em território português.

Bruno Moreira
Bruno Moreira (Porto, 1982) é arquitecto, licenciado e mestre em Arquitectura pela Faculdade de Arquitectura da Universidade do Porto, e doutorando na mesma instituição. Membro dos grupos Morfologias e Dinâmicas do Território e Centro de Representação e Comunicação Espacial do CEAU-FAUP, dedica-se à investigação em comunicação e representação de arquitectura e território em suportes analógicos e digitais e na eficácia dos instrumentos de gestão do território na regulação do espaço contemporâneo. Foi professor convidado das Unidades Curriculares de CAAD e DAC na FAUP, centradas na comunicação e representação de projecto de Arquitectura e na utilização das tecnologias BIM em Arquitectura.

Carlos Nuno Lacerda Lopes
Professor Auxiliar da Faculdade de Arquitectura da Universidade do Porto. Doutoramento e Licenciatura em Arquitectura pela Faculdade de Arquitectura da Universidade do Porto. Coordenador do CIAMH (Centro de Inovação Arquitectura e Modos de Habitar) do Centro de estudos da FAUP; Coordenador científico e fundador do curso de Arquitectura da Universidade José Eduardo dos Santos, no Huambo em Angola, Arquiteto, Investigador e Editor. Tem trabalhado em vários projetos de inovação e de transferência de tecnologia em colaboração com o tecido empresarial e industrial procurando desenvolver técnicas de conceção, construção e produção de edifícios, espaços e equipamentos orientados para a inovação e o desenvolvimento disciplinar da arquitetura e dos modos de projectar, construir e habitar.

Gabriel Falcão
Gabriel Falcão licenciou-se em Engenharia Electrotécnica e de Computadores pela Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto (FEUP), onde também concluiu o Mestrado em Processamento de Sinais Digitais. Em 2010 recebeu o Ph.D. pela Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade de Coimbra (FCTUC), onde actualmente é Professor Auxiliar. Em 2011 e 2012, Gabriel foi Professor Visitante na École Polytechnique Fédérale de Lausanne (EPFL), Suíça, onde investigou o desenvolvimento de aceleradores comuns nos domínios de software e hardware. Em 2013, obteve uma competitiva Google Faculty Research Award para investigar técnicas de reconstrução 3D mais eficientes de ambientes urbanos. Gabriel Falcão é autor e co-autor de mais de 70 artigos científicos internacionais. É investigador no Instituto de Telecomunicações, e membro Sénior do institute of Electrical and Electronics Engineers (IEEE), da sociedade de processamento de sinal do IEEE, e da Rede de Excelência HiPEAC.

Hugo Pires
Hugo Pires (Porto, 1971) é topógrafo e cartógrafo com 25 anos de experiência profissional, tendo dedicado grande parte da sua actividade à aplicação de tecnologias da geomática na documentação gráfica do património cultural. Neste âmbito coordenou inúmeros trabalhos de levantamento arquitectónico e arqueológico em diversos países utilizando as mais recentes tecnologias de registo digital. É investigador associado do CEAU, Doutorando na FAUP e colaborador de diversas instituições de investigação científica aplicada ao património, tendo a nível internacional participado em projectos desenvolvidos em Espanha, França, Itália, Roménia, Finlândia, Jordânia, Marrocos e Chile. Participa e publica regularmente em conferências e encontros científicos a par de ministrar palestras e cursos em diversas instituições académicas nacionais e internacionais. É colaborador da revista National Geographic para a área da documentação digital do património. De 2007 a 2010 foi delegado da comissão nacional do ICOMOS ao comité científico internacional para a documentação do património (CIPA-Heritage Documentation).

Luís Bravo Pereira
Luís Bravo Pereira desenvolve actualmente a sua actividade enquanto fotógrafo, investigador e docente de fotografia aplicada (fotografia científica). Leccionou durante 11 anos até 2014 na Universidade Católica Portuguesa – Escola das Artes – e, por convite, em cursos das áreas de fotografia, museografia e restauro em Portugal e no estrangeiro (Espanha e Brasil). Das suas áreas de interesse constam a fotografia documental e de investigação científica. Através do recurso a aplicações de técnicas inovadoras, como a fotografia por infravermelhos, ultravioleta, radiografia ou multiespectral, realiza trabalhos de documentação e análise de Património Cultural (património arquitectónico, arqueológico e obras de arte) e de aplicação às ciências biológicas. Por outro lado, explora estas técnicas na procura de uma nova abordagem artística à fotografia de paisagem e retrato.

Luís Mateus
Licenciado em Arquitectura. Realizou doutoramento na Faculdade de Arquitetura da Universidade Técnica de Lisboa com tese intitulada “Contributos para o projecto de Conservação, Restauro e Reabilitação. Uma metodología documental baseada na fotogrametría digital e no varrimento laser 3D terrestre”. É docente na Faculdade de Arquitetura da Universidade de Lisboa nas áreas da Geometria, Computação e Conservação. Participou e coordenou vários levantamentos arquitectónicos, no âmbito de protocolos e projetos de colaboração entre a Faculdade de Arquitetura e entidades externas, nomeadamente o levantamento do Arco da Rua Augusta, do Palácio de Belém, e de secções do convento de Cristo. Pertence ao grupo de investigação ArcHC_3D do CIAUD (Centro de Investigação em Arquitectura, Urbanismo e Design) onde desenvolve investigação relacionada com a documentação gráfica da arquitetura, em particular em contexto de Conservação e Restauro.

Pedro Aibéo
Pedro Aibéo é Arquiteto (M.Sc., Dipl. Ing., TU Darmstadt, Alemanha) e Engenheiro Civil (M.Sc., Licenciatura, FEUP, Porto), com mais de 50 edifícios projetados e construídos em 15 países. É também professor visitante associado da Universidade UNAM, do México e da Universidade de Tecnologia de Wuhan, na China, investigador e Doutorando na Universidade Aalto, na Finlândia sobre o tema "Architectural Democracy". É o fundador e diretor artístico de "Cidadania", um grupo de teatro+jogos, na Alemanha, tendo escrito e dirigido peças de teatro nas Nações Unidas e no Staatstheater Darmstadt sobre escravidão urbana e astronomia. É músico profissional no colectivo "Homebound" e fundador e presidente do "World Music School Helsinki ry”. É professor nas noites de desenho em Helsínquia e autor de um livro sobre a matemática. É autor de crónicas de assuntos atuais em vários jornais.


Folheto 'DocGraf '16 - Ferramentas digitais avançadas para documentação e análise gráfica: Casos de investigação em Arquitectura e Urbanismo' (PDF)

Poster



Recomendar Página Voltar ao Topo
Copyright 1996-2017 © Faculdade de Arquitectura da Universidade do Porto  I Termos e Condições  I Acessibilidade  I Índice A-Z  I Livro de Visitas
Página gerada em: 2017-12-12 às 23:52:07