Saltar para:
Logótipo
This page in english Ajuda Autenticar-se
FAUP
Você está em: Início > Notícias > 3ª Oficina Didática The thinking hand - Imagina A Casa do Espaço, Fernando Lanhas

Notícias

3ª Oficina Didática The thinking hand - Imagina 'A Casa do Espaço', Fernando Lanhas

27 de Novembro de 2018, Casa-Atelier José Marques da Silva (Porto)

No próximo dia 27 de novembro, a Casa-Atelier José Marques da Silva vai receber 24 crianças do Centro Escolar de Folgosa (Agrupamento do Levante da Maia). 

Depois de Diálogos com Fernando Lanhas, encontro realizado a 18 de Maio, na Casa-Atelier José Marques da Silva, Luís Viegas e Rui Américo Cardoso, em parceria com a Professora/Educadora Assucena Maria Miranda, do Centro Escolar de Folgosa (Agrupamento do Levante da Maia), pela Educação, no eixo investigação-ensino em linha "Diálogos entre a Prática e a Didática em Arquitetura: produção Ensino e Investigação" (DiPDArq/MDT/CEAU-FAUP), comissários do programa de celebração da doação do acervo de arquitetura de Fernando Lanhas à Fundação Marques da Silva, propõem uma segunda ação, agora direcionada para crianças do Pré-Escolar.

Cruzando o fascínio e a magia da Descoberta presentes no Universo de Fernando Lanhas com as experiências didáticas desenvolvidas no âmbito da Oficina Didática The Thinking Hand (DiPDArq/MDT/CEAU-FAUP), 24 crianças do Centro Escolar de Folgosa (ALMaia) vão viver uma experiência de “encontro e diálogo” na Casa-Atelier José Marques da Silva, “sentir a terra e imaginar o céu, em sonho e na vida, para a linha fazer a letra e o número e voltar a ser linha”, a partir de "A Casa do Espaço", texto/ensaio de Fernando Lanhas. Manuel Marques, físico, Elsa Le, artista plástica, José António Gomes, escritor, e as estudantes de arquitetura Ana Gabriela Gomes, Rute Castro e Inês Giro, vão "imaginar" em conjunto com as crianças os múltiplos sentidos e estímulos potenciadores dos modelos tridimensionais a realizar na 3ª Oficina Didática, em fev/mar, na Faculdade de Arquitectura da UPorto.

A deslocação das crianças orientadas pela Professora/Educadora Assucena Maria Miranda, realizada com o apoio do Pelouro da Educação e Cultura da Câmara Municipal da Maia, é representativa da rede: Junta de Freguesia de Folgosa, Federação das Associação de País do Concelho da Maia – FapMaia, Pais de Folgosa em Rede e Lar de Dia de Vilar de Luz.”

A Casa do Espaço
“Na casa do espaço vê-se o céu. No estudo feito, a viagem que se propunha aos visitantes iniciava-se na Terra. Descendo entre pedreiras cortadas, fazia-se o reconhecimento da crosta terrestre. Em qualquer ponto da casa se mostrava o que constitui o planeta e outras informações de interesse, como as que se referem à temperatura, localização e vulcões, tectónica, deslizamento de placas, etc. Daí, seguidamente, em ambiente totalmente de treva, a visão, em escala, da lua, dos planetas e do sol; numa continuação, as estrelas e outras formas de astros considerados isoladamente e nos seus conjuntos. Terminava a grande Casa do Espaço com um enorme vazio onde se perguntaria o que isso era. Assinale-se que o percurso, sempre em grandes câmaras subterrâneas, necessitaria de um elemento-guia, tipo corrimão, que orientasse o circuito”.
Fernando Lanhas (1958-62)

+ info
fims.up.pt

Poster
Recomendar Página Voltar ao Topo
Copyright 1996-2018 © Faculdade de Arquitectura da Universidade do Porto  I Termos e Condições  I Acessibilidade  I Índice A-Z  I Livro de Visitas
Página gerada em: 2018-12-18 às 22:04:37