Saltar para:
Logótipo
This page in english Ajuda Autenticar-se
FAUP
Você está em: Início > Notícias > Prémio Personalidade do ano | Eduardo Souto Moura

Notícias

Prémio Personalidade do ano | Eduardo Souto Moura

Souto de Moura recebe em Abril Prémio Personalidade do Ano da Associação da Imprensa Estrangeira

fotografia
O Prémio Personalidade do Ano/Martha de la Cal, da Associação da Imprensa Estrangeira em Portugal (AIRP), é entregue no dia 10 de Abril no Casino Estoril ao arquiteto Eduardo Souto de Moura.

A cerimónia é presidida pela ministra da Agricultura, do Mar, do Ambiente e do Ordenamento do Território, Assunção Cristas.

A AIEP considerou o arquiteto portuense a "pessoa ou instituição portuguesa que mais fez pela imagem do país no exterior" no ano passado.

O galardão da AIEP foi atribuído ao arquiteto no mesmo ano em que o autor do Estádio Municipal de Braga recebeu o Prémio Pritzker, o mais importante reconhecimento mundial na área da arquitetura.

A AIEP considera Souto de Moura, juntamente com Siza Vieira, "um dos mais relevantes arquitetos de sua geração".

"Mesmo sem recorrer à monumentalidade, as construções que planeia deixam uma marca no seu entorno", numa linguagem "clara, simples e pragmática", característica de alguém "que considera a arquitetura como transformação e metamorfose da realidade", salienta o comunicado.

Entre as obras mais conhecidas de Eduardo Souto de Moura, destacam-se o Estádio Municipal e o Mercado de Braga, a Casa das Histórias, em Cascais, a Casa das Artes e a Estação de Metro da Trindade, no Porto, o Centro de Arte Contemporânea de Bragança, o Hotel do Bom Sucesso, em Óbidos, a Marginal de Matosinhos-Sul, o Crematório de Kortrijk, na Bélgica, o Pavilhão de Portugal na XI Bienal de Arquitetura de Veneza e a Casa Llabia, em Espanha.

Souto de Moura foi considerado, também no ano passado, pelo jornal espanhol El País, uma das 100 personalidades que marcaram 2011, tendo sido a única personalidade portuguesa entre as escolhas ibero-americanas.

O Prémio Personalidade do Ano/Martha de la Cal distinguiu, em edições anteriores, entre outros, a Fundação Champalimaud, Carlos Paredes, os Capitães de Abril, José Saramago, Mariza, António Guterres, Durão Barroso, Rosa Mota, Álvaro Siza Vieira, Luís Figo, Joaquim de Almeida, Vanessa Fernandes e a Fundação Calouste Gulbenkian.

Fundada há 32 anos, a Associação da Imprensa Estrangeira em Portugal distingue anualmente uma pessoa ou instituição portuguesa.

A escolha é feita por cerca de 50 jornalistas estrangeiros, baseados em Portugal, e que representam atualmente meios de comunicação de mais de 20 países.
Recomendar Página Voltar ao Topo
Copyright 1996-2019 © Faculdade de Arquitectura da Universidade do Porto  I Termos e Condições  I Acessibilidade  I Índice A-Z  I Livro de Visitas
Página gerada em: 2019-05-23 às 22:54:24