Go to:
Logótipo
Esta página em português Ajuda Autenticar-se
FAUP
Você está em: Start > Notícias > Aula Aberta de Teoria 1 A Arquitetura Popular em Portugal. Uma Leitura Crítica. Um projeto entre a história e a teoria com Maria Helena Maia

News

Aula Aberta de Teoria 1 'A Arquitetura Popular em Portugal. Uma Leitura Crítica. Um projeto entre a história e a teoria' com Maria Helena Maia

26 de Fevereiro de 2019 (Terça-feira), 14h00, Sala Plana - FAUP

No dia 26 de Fevereiro, Terça-feira, às 14h00, vai decorrer a aula aberta de Teoria 1 intitulada 'A Arquitetura Popular em Portugal. Uma Leitura Crítica. Um projeto entre a história e a teoria' pela professora Maria Helena Maia.

A Arquitetura Popular em Portugal. Uma Leitura Crítica. Um projeto entre a história e a teoria
Propõe-se a apresentação dos métodos e resultados de um projeto centrado no estudo crítico do volume Arquitectura Popular em Portugal, publicado em 1961 pelo Sindicato dos Arquitectos. No entanto, não se tratou de estudar a obra de maneira isolada, em si mesma e por si mesmo, mas sim o seu estudo num quadro ponderado e em constante diálogo com elementos teóricos subjacentes à expressividade própria de algumas das linguagens eruditas modernas. Efectivamente, as hipóteses de estudo em que este projecto apostou e que Pedro Vieira de Almeida, retomando aqui os seus estudos sobre o espaço da arquitetura, caracterizou como parâmetros em surdina, são apenas duas que acabam por se revelar complementares, e acreditamos que muito determinantes. Em primeiro lugar a noção da importância genérica da maior ou menor espessura das paredes que delimitam a arquitectura, conformando aquilo que podemos chamar por um lado uma poética de paredes delgadas e por outro uma poética de paredes espessas. Em segundo lugar a noção da importância do espaço-transição na geral economia da expressão arquitectónica. Neste trabalho servimo-nos portanto de duas varáveis analíticas como instrumentos fiáveis de análise, em que essa fiabilidade também é ela própria posta à prova e para isso como material base de estudo servimo-nos de exemplos da chamada arquitectura vernácula em Portugal. Numa outra vertente, o estudo do enquadramento histórico Inquérito acabou por refletir-se posteriormente na tentativa de compreensão da relação entre modernismo e arquitetura vernácular no âmbito da cultura arquitectónica do Sul da Europa, que se pensa merecer a pena igualmente realçar.
Maria Helena Maia

Maria Helena Maia
Licenciada em História - Arte e Arqueologia (FLUP) e doutorada em Arquitetura (ETS Arquitetura, Universidade de Valladolid). Professora e Diretora-Adjunta da Escola Superior Artística do Porto. Diretora do Centro de Estudos Arnaldo Araújo (uID 4041 da FCT). Recebeu dois prémios por obra publicada. Tem vindo a desenvolver trabalho no campo da História da Arquitetura, sendo de destacar a participação em três projectos FCT já concluídos: A “Arquitectura Popular em Portugal. Uma Leitura Crítica (2010-2013); Fotografia, Arquitectura Moderna e a “Escola do Porto”. Interpretações em torno do Arquivo Teófilo Rego (2013-2015) e Modernismos do Sul (2014-2015). Atualmente é uma das investigadoras principais do projeto colaborativo transnacional MODESCAPES | Modernist Reinventions of the Rural Landscapes (HERA.15.097).

Aula Aberta de Teoria 1
A "Aula Aberta de Teoria 1" é uma iniciativa anual da Unidade Curricular de Teoria do 2º ano do Mestrado Integrado em Arquitectura da FAUP, coordenada pelo Professor Gonçalo Furtado, regente da cadeira. Desde 2008 a iniciativa abordou temas como a Teoria e o Projecto de Arquitectura, o Modernismo e o Pós-Modernismo, e os desenvolvimentos do contexto nacional e internacional, envolvendo múltiplos protagonistas como Josep Maria Montaner (ETSAB), Andrew Bellantyne (Newcastle University), Suzanne Strum (Elisava School of Design), Xavier Costa (Fundação Mies Van der Rohe), Sérgio Fernandez (Universidade do Porto), Jorge Figueira (Universidade de Coimbra), Fátima Pombo (Universidade de Aveiro), entre outros.

Aulas Abertas realizadas:
'Mediatização da Arquitectura: Revistas Portuguesas' por Ana Sofia Cardoso (9 Outubro 2018)
'A Escola do Porto e a visibilidade internacional da Arquitectura Portuguesa' por Cristina Silva (10 Abril 2018)
'Modernidade na arquitectura portuguesa até 1974' por Sérgio Fernandez (29 Fevereiro 2018)
'Cultura arquitectónica 1974-88: Alternância e Conflito' por Domingos Tavares (27 Fevereiro 2018)
'O Sentido do Lugar e a Fenomenologia na Arquitectura' por Fátima Pombo (5 Dezembro 2017)

Maria Helena Maia | Aula Aberta de Teoria 1

© Alexandra Cardoso / projeto Inquérito
Recommend this page Top
Copyright 1996-2019 © Faculdade de Arquitectura da Universidade do Porto  I Terms and Conditions  I Acessibility  I Index A-Z  I Guest Book
Page created on: 2019-03-23 at 03:09:01