Go to:
Logótipo
Esta página em português Ajuda Autenticar-se
Today is sunday
FAUP
Você está em: Start > Notícias > Public Without Rhetoric by Nuno Brandão Costa and Sérgio Mah represents Portugal in La Biennale di Venezia

News

Public Without Rhetoric by Nuno Brandão Costa and Sérgio Mah represents Portugal in La Biennale di Venezia

24 de Maio de 2018: Inauguração / 25 de Maio a 25 de Novembro de 2018, Palazzo Giustinian Lolin, sede da Fundação Ugo e Olga Levi (Veneza)

"Public Without Rhetoric" é o projecto seleccionado para representar Portugal na 16.ª Bienal de Arquitectura de Veneza. Nuno Brandão Costa e Sérgio Mah propõem um percurso pelo "Edifício Público" de autoria portuguesa, através de 12 obras "criadas num momento em que a Europa Ocidental se confronta com os seus limites e possibilidades e a arquitectura acentua o seu inconformismo, reforçando o seu papel na intervenção política e social".

"A Representação Oficial Portuguesa é, este ano, a afirmação da Arquitetura enquanto forma de celebração da experiência do espaço público e destaca a importância primordial do arquiteto na construção das vivências nas sociedades contemporâneas", refere em comunicado de imprensa a Direção-Geral das Artes (DGARTES).

A Representação Oficial Portuguesa vai ficar instalada no Palazzo Giustinian Lolin, junto à Ponte da Academia e em frente ao Grande Canal em Veneza, onde está sedeada a Fundação Ugo e Olga Levi, dedicada ao ensino da música, com a qual a DGARTES estabeleceu um protocolo de utilização do espaço para o ano de 2018.

A inauguração oficial do pavilhão de Portugal acontece no dia 24 de Maio de 2018, às 16h00, no Palazzo Giustinian Lolin. No mesmo dia, às 17h00, é apresentado o livro que integra a exposição, uma edição de Nuno Brandão Costa e de Sérgio Mah, com parceria com a DGArtes. A publicação é editada pela Monade e a sessão de lançamento vai contar com a presença dos editores Daniela Sá e João Carmo Simões.

No dia 25 de Maio vai ter lugar o evento paralelo Books and talks on Architecture.

A 16.ª Exposição Internacional de Arquitetura – La Biennale di Venezia tem nesta edição como comissárias-gerais as arquitectas irlandesas Yvonne Farrel e Shelly McNamara, que escolheram o tema Freespace (espaço livre) e vai estar patente ao público entre 26 de Maio e 25 de Novembro de 2018. 

Lista das obras representadas

Arquipélago - Centro de Artes Contemporâneas, Ribeira Grande
João Mendes Ribeiro e Menos é Mais (Cristina Guedes e Francisco Vieira de Campos)

Biblioteca Pública e Arquivo Regional de Angra do Heroísmo
Inês Lobo

Centro de Criação Contemporânea Olivier Debré, Tours
Aires Mateus e Associados (Manuel Mateus e Francisco Mateus)

Centro de Visitantes da Gruta das Torres, Pico
SAMI (Inês Vieira da Silva e Miguel Vieira)

Estação de Metro Município, Nápoles
Álvaro Siza, Eduardo Souto Moura e Tiago Figueiredo

Hangar Centro Náutico, Montemor-o-Velho
Miguel Figueira

I3S, Instituto de Inovação e Investigação em Saúde, Porto
Serôdio Furtado Associados (Isabel Furtado e João Pedro Serôdio)

Molhes do Douro
Carlos Prata

Parque Urbano de Albarquel, Setúbal
Ricardo Bak Gordon

Pavilhões Expositivos Temporários, 'Incerteza Viva: Uma exposição a partir da 32ª Bienal de São Paulo', Parque de Serralves, Porto
depA (Carlos Azevedo, João Crisóstomo e Luís Sobral), Diogo Aguiar Studio, FAHR 021.3 (Filipa Fróis Almeida e Hugo Reis), Fala Atelier (Ana Luísa Soares, Filipe Magalhães e Ahmed Belkhodja), Ottotto (Teresa Otto)

Teatro Thalia, Lisboa
Gonçalo Byrne e Barbas Lopes Arquitectos (Diogo Seixas Lopes e Patrícia Barbas)

Terminal de Cruzeiros de Lisboa
João Luís Carrilho da Graça

Artistas convidados a desenvolver filmes sobre as obras selecionadas

Salomé Lamas
André Cepeda
Catarina Mourão
Nuno Cera

+ info
www.dgartes.pt

Veneza
Recommend this page Top
Copyright 1996-2019 © Faculdade de Arquitectura da Universidade do Porto  I Terms and Conditions  I Acessibility  I Index A-Z  I Guest Book
Page created on: 2019-02-17 at 16:35:45