Saltar para:
Logótipo
Você está em: Início > 326
Mapa das Instalações
Ed. Principal Ed. Principal Ed. Principal

Metodologia do Desporto III - Exercício e Saúde

Código: 326     Sigla: MESIII

Ocorrência: 2021/2022 - 2S Ícone do Moodle

Ativa? Sim
Curso/CE Responsável: Ciências do Desporto

Ciclos de Estudo/Cursos

Sigla Nº de Estudantes Plano de Estudos Anos Curriculares Créditos UCN Créditos ECTS Horas de Contacto Horas Totais
LCD 30 Licenciatura em Ciências do Desporto (2011/2012) 3 - 10 120 270

Docência - Responsabilidades

Docente Responsabilidade
Maria Paula Maia dos Santos Regente

Língua de trabalho

Português

Objetivos

1. Desenvolver conhecimentos e competências relacionadas com a prática do Exercício e Saúde;

2. Compreender a importância da prática do Exercício e da Atividade Física na promoção de um estilo de vida saudável;

3. Desenvolver competências na área da promoção do exercício em determinadas populações (3ª idade, crianças obesas, diabéticos, etc);

4. Adquirir competências nas Atividades de Ginásio/Academia (Ginástica "Aeróbica"; Step; trabalho de resistência muscular), Atividades de Ar Livre e Desportos na Natureza (Escalada, Rappel, Orientação, etc).

5. Mobilizar conhecimentos e competências para resolver problemas da prática do ensino das diferentes atividades dos Centros de Estágio, mediante as particularidades das matérias, dos escalões etários e dos níveis de prática.

6. Adquirir competências na promoção, organização e desenvolvimento de atividades desportivas nos diferentes contextos da prática e populações de intervenção.

7. Integrar e contextualizar os conhecimentos da Metodologia I e II da opção de Exercício e Saúde nos diferentes Centros de Estágio;

8. Adquirir conhecimentos no âmbito da planificação, implementação, condução e avaliação dos Centros de Estágio.

Resultados de aprendizagem e competências

O programa está dividido em aulas teóricas e aulas teórico-práticas. O curso teórico é correspondente a uma aula teórica de 2 horas por semana. Nesta aula faz-se a apresentação e discussão dos conceitos teóricos fundamentais da disciplina, assim como a apresentação do Trabalho individual e de grupo. Aulas práticas de transmissão e concretização dos conteúdos. Experiência de situações de prática pedagógica (treino de observação, preparação e implementação de tarefas de ensino).

Modo de trabalho

Presencial

Programa

A disciplina de Metodologia III é uma disciplina semestral e destina-se aos alunos do 3º ano da Licenciatura, com início no 2º semestre. Esta assume uma componente essencialmente prática – estágio (6h) e uma componente teórica (2h).

O Estágio seguirá o trabalho desenvolvido na disciplina de Metodologia II, incluindo a continuação da elaboração do dossier e a organização de uma atividade original.
Na disciplina teórica serão abordados temas (na forma de seminário) no âmbito da atividade física e saúde.



Será constituído pelos Centros de Estágio  em exercício e envelhecimento, academias/ health club, Ar livre

.

Bibliografia Obrigatória

Welk Gregory J. 340; Physical activity assessements for health-related research. ISBN: 0-7360-3748-9
Rikli Roberta E.; Senior fitness test manual. ISBN: 0-7360-3356-4
Mota Jorge; Educação da saúde. ISBN: 972-24-0884-4

Métodos de ensino e atividades de aprendizagem

O programa está dividido em aulas teóricas e aulas teórico-práticas.

O curso teórico é correspondente a uma aula teórica de 2 horas por semana. Nesta aula faz-se a apresentação e discussão dos conceitos teóricos fundamentais da disciplina, assim como a apresentação do Trabalho individual e de grupo.

Aulas práticas de transmissão e concretização dos conteúdos.

Experiência de situações de prática pedagógica (treino de observação, preparação e implementação de tarefas de ensino).

Palavras Chave

Ciências Sociais, comércio e direito > Programas de base
Programas gerais > Programas de base
Ciências Sociais
Programas gerais > Programas de base > Programas de base
Ciências da Saúde
Programas gerais > Programas de base

Tipo de avaliação

Avaliação distribuída sem exame final

Componentes de Avaliação

Designação Peso (%)
Trabalho de campo 50,00
Trabalho escrito 50,00
Total: 100,00

Componentes de Ocupação

Designação Tempo (Horas)
Elaboração de relatório/dissertação/tese 20,00
Estudo autónomo 30,00
Frequência das aulas 120,00
Realização de Estágio 100,00
Total: 270,00

Obtenção de frequência

Presença em pelo menos 75% das aulas lecionadas.
Apresentação do Dossier Final do Estágio.
Entrega e apresentação do trabalho escrito.
No final da avaliação do Estágio é exigido a nota mínima de 10 valores.

Fórmula de cálculo da classificação final

Cada grupo (centro de estágio) terá um professor do Gabinete de Recreação e Tempos Livres como orientador, e no caso particular dos estágios com atividade fora das instalações da faculdade, existirá um coorientador com ligação a esses estágios.
Sempre que aplicável, o orientador fará observações periódicas (datas a definir) da atividade dos estágios, sendo estes momentos usados para reflexão com o grupo e para avaliação continua. Sempre que necessário, serão marcadas reuniões com os grupos, para discussão das atividades, esclarecimento de dúvidas, acompanhamento da elaboração do dossier, etc.
A componente prática do centro de estágio e o Dossier representam 60% e 30%, respetivamente, da nota final. A avaliação da disciplina teórica será feita através da apresentação oral (em grupo) de um tema, baseado num dos assuntos expostos durante as aulas teóricas, e representará 10% da nota final da disciplina.

Provas e trabalhos especiais

Atividade original
Cada grupo deve organizar uma atividade original (ponto alto), onde é valorizada a interação com outro(s) centro(s) de estágio.

Dossier (fase II)
O Dossier do Estágio assume-se como o complemento à componente prática da disciplina, e é elaborado por cada grupo.
A construção do dossier é feita na continuação do trabalho desenvolvido durante o 1º semestre (Dossier - fase I), devendo sobretudo espelhar o trabalho desenvolvido ao longo do ano. No final do semestre, o dossier será avaliado, no seu conjunto, e a mesma nota será atribuída a todos os elementos do grupo.

Materiais de inclusão obrigatória:
1. Todos os materiais do Dossier – fase I.
2. Revisão da literatura sobre 1 tema a designar com o orientador.
3. Planos de aula/ atividade (quando aplicável).
4. Reflexão da aula/atividade (quando aplicável).
5. Assiduidade dos alunos (quando aplicável).
6. Descrição, justificação e reflexão da atividade original (ponto alto).
6. Justificação das alterações ao planeamento anual (quando aplicável).
7. Reflexão sobre as expectativas iniciais (individual).
8. Relatório final / Conclusão.

Avaliação especial (TE, DA, ...)

Para os estudantes abrangidos por legislação relativa a situações especiais de frequência será exigida a realização de prova especial para comprovação dos conhecimentos e competências relacionados com os objetivos e conteúdos da disciplina, nomeadamente a comprovação dos objetivos e das competências em cada um dos Centros de Treino/Estágio.

Melhoria de classificação

Não existe possibilidade de fazer melhoria relativamente ao Estágio/Centro de Treino (distribuída).
Existe possibilidade de fazer melhoria de nota relativamente ao Dossier/Portfólio Digital e relativamente ao Trabalho Escrito.

Observações

Os centros organizam-se em grupos de número variável (preferencialmente de 2 ou 3 alunos), e preferencialmente devem dar continuidade ao Centro de Treino/Estágio iniciado na Metodologia I
O número de centros disponíveis é variável, estando sujeito a questões logísticas externas, parcerias/alianças com organizações exteriores à faculdade, horários, etc.
Importa salientar o caráter singular de cada centro e portanto, suas características distintas. As normas orientadoras particulares de cada centro de estágio são discriminadas de seguida.

Centro em exercício e envelhecimento:
Este centro é composto por diferentes ofertas de estágio, todas elas ligadas à promoção de exercício para populações seniores.
As características específicas dos programas de exercício são variáveis, de acordo com as exigências do respetivo ano letivo, existindo normalmente um programa de exercício com um caráter mais aeróbio/multicomponente e um programa de exercício onde a componente principal é a força (“musculação”) recorrendo sobretudo a máquinas de resistência variável. Existe ainda a colaboração com entidades exteriores à faculdade, sendo possível o desenvolvimento de 1 programa de exercício fora das instalações da faculdade. A este grupo é normalmente dada a possibilidade de trabalhar com 2 programas de exercício, multicomponente e hidroginástica.

Centro em academias/ health club
Este centro tem como principal local de atividade, a academias/health club onde a Faculdade de Desporto tem uma parceria já estabelecida. As instalações desta(s) academia(s) são exteriores à faculdade, sendo portanto, condição obrigatória o deslocamento dos alunos às suas instalações. 

Centro Ar livre
Este centro tem como principal local de atividade, a empresa Trilhos e um grupo de treino de Escalada e Orientação do Desporto Escolar onde a Faculdade de Desporto tem parcerias já estabelecidas. As suas instalações são exteriores à faculdade, sendo portanto, condição obrigatória o deslocamento dos alunos às suas instalações.

 O grupo terá necessidade de adaptar o dossier de estágio, às características do mesmo, uma vez que a maioria dos matérias pré-definidos não se aplicam a este grupo, mas outros materiais serão elaborados, baseados fundamentalmente em revisões da literatura mais diversificadas, pesquisas sobre os temas envolvidos nos projetos que acompanham, descrição das tarefas realizadas.
Recomendar Página Voltar ao Topo
Copyright 1996-2022 © Faculdade de Desporto da Universidade do Porto  I Termos e Condições  I Acessibilidade  I Índice A-Z  I Livro de Visitas
Página gerada em: 2022-08-12 às 16:28:19 | Política de Utilização Aceitável | Política de Proteção de Dados Pessoais | Denúncias