Saltar para:
Logótipo
This page in english Ajuda Autenticar-se
Portal do emprego
Você está em: Início > E409

Associativismo e Animação Sóciocultural

Código: E409     Sigla: AAS

Áreas Científicas
Classificação Área Científica
OFICIAL Ciências da Educação
OFICIAL CIências da Educação

Ocorrência: 2012/2013 - 1S

Ativa? Sim
Unidade Responsável: Ciências da Educação

Ciclos de Estudo/Cursos

Sigla Nº de Estudantes Plano de Estudos Anos Curriculares Créditos UCN Créditos ECTS Horas de Contacto Horas Totais
LCED 17 Plano oficial 2012/2013 - 3º ano 3 - 3 -
Plano Oficial 3 - 3 -

Docência - Horas

Teorico-Prática: 2,00
Tipo Docente Turmas Horas
Teorico-Prática Totais 1 2,00
Maria Teresa Guimarães de Medina 2,00

Língua de trabalho

Português

Objetivos

Nesta disciplina procura-se dar a conhecer o movimento associativo português, situando-o em função de diferentes momentos socio-políticos. Por um lado, visa-se o aprofundamento de uma reflexão crítica sobre as experiências actuais, nomeadamente no que se refere à sustentabilidade do movimento associativo e, por outro lado, defende-se uma formação no âmbito do desenvolvimento de estratégias de animação sociocultural, assentes em lógicas de democracia participativa.

O trabalho nesta disciplina contribui para o desenvolvimento das capacidades de concepção e análise de projectos no campo do associativismo e da animação sociocultural e de planificação de dispositivos de intervenção no campo da educação não formal.

Programa

1.O movimento associativo português e a sua expressão em diferentes momentos socio-políticos.
2.Mudança social, colectivismo e sindicalismo: associativismo e cultura do conflito
3.Sustentabilidade do movimento associativo: a relação i) Associações/Estado; ii) Associações/Entidades Financiadoras; iii) Dinâmicas internas ao movimento associativo
4.Lógicas de democracia participativa e desenvolvimento de estratégias de animação socio-cultural
5.Educação informal e a formalização do informal

Bibliografia Obrigatória

Gillet Jean-Claude; Animation et animateurs. ISBN: 2-7384-3619-6
Laville Jean-Louis 070; Association, démocratie et société civile. ISBN: 2-7071-3500-3
Canario Rui; Educaçao de adultos. ISBN: 972-8036-21-3
Medina Maria Teresa Guimarães de; Experiências e memórias de trabalhadores do Porto
Canário Rui 570; Educação popular & movimentos sociais. ISBN: 978-972-8036-86-7
Canário Rui 570; Mundos do trabalho e aprendizagem. ISBN: 978-989-8272-05-8
Ander-Egg Ezequiel; La^animación y los animadores. ISBN: 84-277-0864-5
Pacheco Natércia 070; Avaliação da Universidade Popular do Porto
Matos, manuel; "Desenvolvimento e cidadania: intervenção associativa e acção comunitária, cadernos ICE, nº 7, 2004

Métodos de ensino e atividades de aprendizagem

Actividades de contacto
Exposição
Debate
Trabalho de grupo
Apresentação de trabalhos pelos estudantes
Simulação de actividades
Orientação tutorial
Avaliação da aprendizagem

Palavras Chave

Ciências Sociais > Ciências da educação

Tipo de avaliação

Avaliação distribuída com exame final

Obtenção de frequência

Em termos de princípios gerais, a avaliação nesta disciplina está articulada com o seu estatuto teórico-prático pelo que se considera que “um aluno cumpre a assiduidade a uma disciplina se, tendo estado regularmente inscrito, não exceder o número limite de faltas correspondente a 25% das aulas previstas art. 9º, ponto 2 do Regulamento de Avaliação.

Fórmula de cálculo da classificação final

A classificação a atribuir nesta disciplina apoia-se na avaliação relativa às seguintes componentes de trabalho:
Trabalho de grupo - peso de 30% no cálculo da classificação final
Trabalho individual - elaboração de um comentário crítico, realizado presencialmente, no período reservado a exames e frequências, e com duração de 2 horas e 30 minutos - peso de 70% no cálculo da classificação final


NOTA: Face a eventuais situações que configurem a prática de fraude, proceder-se-á de acordo com o artigo 14º do Regulamento de avaliação dos discentes da FPCEUP .

Provas e trabalhos especiais

Não há

Avaliação especial (TE, DA, ...)

Os estudantes que não tenham a assiduidade mínima obrigatória e que, nos termos do regulamento de avaliação, não sejam a ela obrigados poderão realizar o exame final, devendo no início do semestre vir falar com a docente da UC
Recomendar Página Voltar ao Topo
Copyright 1996-2014 © Faculdade de Psicologia e de Ciências da Educação da Universidade do Porto  I Termos e Condições  I Acessibilidade  I Índice A-Z  I Livro de Visitas
Página gerada em: 2014-09-22 às 01:08:15