Saltar para:
Logótipo
This page in english A Ajuda Contextual não se encontra disponível Autenticar-se
Inquerito online diplomados
Você está em: Início > Portal do Candidato > Vias de Ingresso
Autenticação






Mapa das Instalações
Edifício A (Administração) Edifício B (Aulas) - Bloco I Edifício B (Aulas) - Bloco II Edifício B (Aulas) - Bloco III Edifício B (Aulas) - Bloco IV Edifício C (Biblioteca) Edifício D (CICA) Edifício E (Química) Edifício F (Minas e Metalurgia) Edifício F (Minas e Metalurgia) Edifício G (Civil) Edifício H (Civil) Edifício I (Electrotecnia) Edifício J (Electrotecnia) Edifício K (Pavilhão FCNAUP) Edifício L (Mecânica) Edifício M (Mecânica) Edifício N (Garagem) Edifício O (Cafetaria) Edifício P (Cantina) Edifício Q (Central de Gases) Edifício R (Laboratório de Engenharia do Ambiente) Edifício S (INESC) Edifício T (Torre do INEGI) Edifício U (Nave do INEGI) Edifício X (Associação de Estudantes)

Candidatos

Vias de Ingresso


Com as alterações ao Ensino Superior decididas na União Europeia (Processo de Bolonha) passaram a existir 3 graus: Licenciatura (3 anos), Mestrados (2 anos) e Programas Doutorais (3 a 4 anos). Algumas instituições criaram cursos que conjugam a licenciatura e o mestrado, designados de Mestrados Integrados (5 anos). Este é o caso da maior parte dos cursos de formação inicial da Faculdade de Engenharia. À conclusão dos primeiros 3 anos (180 ECTS) corresponde um diploma de Licenciatura em Ciências da Engenharia. À conclusão dos 5 anos (300 ECTS) corresponde um diploma de Mestrado em Engenharia (reconhecido pela Ordem dos Engenheiros).

À conclusão da parte escolar dos cursos de Mestrado Independente corresponde um diploma de curso de Mestrado (não conferente de grau) e à conclusão da parte escolar dos Programas Doutorais corresponde um diploma de curso de Doutoramento (não conferente de grau).

A oferta de Educação Contínua integra ainda outros cursos destes tipos, assim como cursos de Atualização (menos de 30 créditos) e uma gama alargada de Unidades de Formação individuais. Toda esta oferta está articulada com a formação conferente de grau.

Concursos Nacionais

  • Regime Geral

    Para concorrer de acordo com este regime o candidato tem de ser titular de um curso de ensino secundário ou de habilitação legalmente equivalente, e fazer as provas de ingresso necessárias para a frequência do Ensino Superior.

  • Regimes Especiais

    Podem beneficiar de condições especiais de acesso os estudantes que se encontrem numa das seguintes situações:

    • Funcionários portugueses de missão diplomática portuguesa no estrangeiro e seus familiares que os acompanhem
    • Cidadãos portugueses bolseiros no estrangeiro ou funcionários públicos em missão oficial no estrangeiro e seus familiares que os acompanhem
    • Oficiais do quadro permanente das Forças Armadas Portuguesas, no âmbito da satisfação de necessidades específicas de formação das Forças Armadas
    • Estudantes bolseiros nacionais de países africanos de expressão portuguesa, no quadro dos acordos de cooperação firmados pelo Estado Português
    • Funcionários estrangeiros de missão diplomática acreditada em Portugal e seus familiares aqui residentes, em regime de reciprocidade
    • Praticantes desportivos de alto rendimento
    • Naturais e filhos de naturais do território de Timor Leste

Concursos Locais

  • Candidatura ao Ensino Superior – maiores de 23 anos

    Podem concorrer dentro deste regime os titulares das provas especialmente adequadas destinadas a avaliar a capacidade para a frequência do ensino superior dos maiores de 23 anos, dentro do respetivo prazo de validade. O candidato não pode ser titular da habilitação de acesso ao ensino superior (se realizaram e obtiveram aprovação nas provas de ingresso para o curso superior onde pretendem ingressar, são titulares da referida habilitação de acesso).

  • Cursos de Especialização Tecnológica – CET

    Titulares de um diploma de especialização tecnológica em que exista um protocolo entre a FEUP e a escola que leciona o curso de especialização tecnológico (CET). Verifique quais as escolas que têm protocolo com a FEUP.

  • Entrada em curso de Atualização

  • Entrada em curso de Especialização

    Podem concorrer aos cursos de Especialização os titulares do grau de licenciado ou equivalente legal; os titulares de um grau académico estrangeiro conferido na sequência de um 1º ciclo de estudos organizado de acordo com os princípios do Processo de Bolonha; titulares de um grau académico superior estrangeiro que seja reconhecido como satisfazendo os objetivos do grau de licenciado; detentores de um currículo escolar, cientifico ou profissional que seja reconhecido como atestando a capacidade para realização deste ciclo de estudos.

  • Entrada em curso de Estudos Avançados

    Podem candidatar-se aos cursos de Estudos Avançados os titulares do grau de mestre ou equivalente legal; titulares de um grau de licenciado, detentores de um currículo escolar e científico especialmente relevante que seja reconhecido; detentores de um currículo escolar, cientifico ou profissional que seja reconhecido como atestando a capacidade para realização deste ciclo de estudos.

  • Entrada em segundos ciclos de estudo

    Podem candidatar-se a um segundo ciclo de estudos os titulares de grau de licenciado ou equivalente legal; os titulares de um grau académico estrangeiro conferido na sequência de um 1º ciclo de estudos organizado de acordo com os princípios do Processo de Bolonha; titulares de um grau académico superior estrangeiro que seja reconhecido como satisfazendo os objetivos do grau de licenciado; detentores de um currículo escolar, cientifico ou profissional que seja reconhecido como atestando a capacidade para realização deste ciclo de estudos.

  • Entrada em terceiros ciclos de estudo

    Podem candidatar-se aos Programas Doutorais os titulares do grau de mestre ou equivalente legal; titulares de um grau de licenciado, detentores de um currículo escolar e científico especialmente relevante que seja reconhecido; detentores de um currículo escolar, científico ou profissional que seja reconhecido como atestando a capacidade para realização deste ciclo de estudos.

  • Transferência ou mudança de curso

    Podem pedir mudança de curso ou transferência os estudantes que estejam ou tenham estado inscritos num curso do Ensino Superior Português e não o tenham concluído; e estudantes de Ensino Superior estrangeiro quer tenham ou não concluído o curso.

    O regime de ingresso por mudança de curso destina-se aos estudantes de um curso de 1º ciclo ou de Mestrado Integrado que pretendam inscrever-se num curso diferente daquele em que estiveram na última inscrição.

    O regime de ingresso por transferência destina-se aos estudantes que pretendam inscrever-se no mesmo ciclo de estudos em estabelecimento de ensino superior diferente daquele em que estão ou estiveram matriculados, tendo havido ou não interrupção de inscrição no ensino superior.

  • Reingresso

    Dentro deste regime podem candidatar-se os estudantes que tenham estado matriculados e inscritos na FEUP, no mesmo curso ou no curso que o tenha antecedido, incluindo os estudantes que no ano letivo de 2012/2013 tenham estado prescritos.

  • Titulares de Cursos Médios e Superiores

    Podem candidatar-se titulares de um Curso Médio português e titulares de um curso do Ensino Superior português em área não adequada.

  • Titulares de Licenciatura em área adequada

    Podem candidatar-se titulares de um curso do Ensino Superior Português em área adequada. A afinidade da área de estudos com a área científica do curso a que o candidato pretende concorrer será determinada durante o processo de seriação.

Recomendar Página Voltar ao Topo
Copyright 1996-2014 © Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto  I Termos e Condições  I Acessibilidade  I Índice A-Z  I Livro de Visitas
Última actualização: 2014-02-06 I  Página gerada em: 2014-04-19 às 18:00:40