Saltar para:
Logótipo
This page in english A Ajuda Contextual não se encontra disponível Autenticar-se
formaçao regular
Você está em: Início > Portal do Candidato > Vias de Ingresso
Autenticação






Mapa das Instalações
Edifício A (Administração) Edifício B (Aulas) - Bloco I Edifício B (Aulas) - Bloco II Edifício B (Aulas) - Bloco III Edifício B (Aulas) - Bloco IV Edifício C (Biblioteca) Edifício D (CICA) Edifício E (Química) Edifício F (Minas e Metalurgia) Edifício F (Minas e Metalurgia) Edifício G (Civil) Edifício H (Civil) Edifício I (Electrotecnia) Edifício J (Electrotecnia) Edifício K (Pavilhão FCNAUP) Edifício L (Mecânica) Edifício M (Mecânica) Edifício N (Garagem) Edifício O (Cafetaria) Edifício P (Cantina) Edifício Q (Central de Gases) Edifício R (Laboratório de Engenharia do Ambiente) Edifício S (INESC) Edifício T (Torre do INEGI) Edifício U (Nave do INEGI) Edifício X (Associação de Estudantes)

Candidatos

Vias de Ingresso


Com as alterações ao Ensino Superior decididas na União Europeia (Processo de Bolonha) passaram a existir 3 graus: Licenciatura (3 anos), Mestrados (2 anos) e Programas Doutorais (3 a 4 anos). Algumas instituições criaram cursos que conjugam a licenciatura e o mestrado, designados de Mestrados Integrados (5 anos). Este é o caso da maior parte dos cursos de formação inicial da Faculdade de Engenharia. À conclusão dos primeiros 3 anos (180 ECTS) corresponde um diploma de Licenciatura em Ciências da Engenharia. À conclusão dos 5 anos (300 ECTS) corresponde um diploma de Mestrado em Engenharia (reconhecido pela Ordem dos Engenheiros).

À conclusão da parte escolar dos cursos de Mestrado Independente corresponde um diploma de curso de Mestrado (não conferente de grau) e à conclusão da parte escolar dos Programas Doutorais corresponde um diploma de curso de Doutoramento (não conferente de grau).

A oferta de educação contínua, não conferente de grau académico, integrada ou não em ciclos de estudo, inclui cursos de nível pós-graduado (estudos avançados e especialização) e cursos ou unidades de formação contínua (Curso ou Formação livre, Unidade de Formação Contínua, Curso de Formação Contínua). Os créditos ECTS conferidos por estes cursos poderão ser objeto de reconhecimento e transferência para ciclos de estudo graduados.

Concursos Nacionais

  • Regime Geral

    Pode apresentar-se ao concurso o estudante que satisfaça cumulativamente as seguintes condições:

    • Ser titular de um curso de ensino secundário ou de habilitação legalmente equivalente;
    • Fazer prova de capacidade para a frequência do ensino superior.



  • Regimes Especiais

    Podem beneficiar de condições especiais de acesso os estudantes que se encontrem numa das seguintes situações:

    • Funcionários portugueses de missão diplomática portuguesa no estrangeiro e seus familiares que os acompanhem
    • Cidadãos portugueses bolseiros no estrangeiro ou funcionários públicos em missão oficial no estrangeiro e seus familiares que os acompanhem
    • Oficiais do quadro permanente das Forças Armadas Portuguesas, no âmbito da satisfação de necessidades específicas de formação das Forças Armadas
    • Estudantes bolseiros nacionais de países africanos de expressão portuguesa, no quadro dos acordos de cooperação firmados pelo Estado Português
    • Funcionários estrangeiros de missão diplomática acreditada em Portugal e seus familiares aqui residentes, em regime de reciprocidade
    • Praticantes desportivos de alto rendimento
    • Naturais e filhos de naturais do território de Timor Leste

Concursos Locais

    Candidaturas a Cursos Conferentes de Grau

    • Concurso especial - estudante internacional – 2014/2015

      Podem candidatar -se à matrícula e inscrição nos primeiros ciclos de estudos e nos ciclos de estudos integrados de mestrado os estudantes internacionais titulares de uma qualificação que dê acesso ao ensino superior, entendida como qualquer diploma ou certificado emitido por uma autoridade competente que ateste a aprovação num programa de ensino de nível secundário desse país e lhes confira o direito de se candidatarem e poderem ingressar no ensino superior no país em que foi conferido; e os titulares de um diploma de ensino secundário português.



    • Candidatura ao Ensino Superior – maiores de 23 anos

      Podem concorrer dentro deste regime os titulares das provas especialmente adequadas destinadas a avaliar a capacidade para a frequência do ensino superior dos maiores de 23 anos, dentro do respetivo prazo de validade.



    • Cursos de Especialização Tecnológica – CET

      Titulares de um diploma de especialização tecnológica em que exista um protocolo entre a FEUP e a escola que leciona o curso de especialização tecnológico (CET). Verifique quais as escolas que têm protocolo com a FEUP.



    • Entrada em segundos ciclos de estudo

      Podem candidatar-se a ao acesso ao ciclo de estudos conducente ao grau de mestre um segundo ciclo de estudos os titulares de grau de licenciado ou equivalente legal; os titulares de um grau académico estrangeiro conferido na sequência de um 1º ciclo de estudos organizado de acordo com os princípios do Processo de Bolonha por um Estado aderente a este Processo; titulares de um grau académico superior estrangeiro que seja reconhecido como satisfazendo os objetivos do grau de licenciado pela Comissão Científica do ciclo de estudos; detentores de um currículo escolar, cientifico ou profissional que seja reconhecido como atestando a capacidade para realização deste ciclo de estudos pela respetiva Comissão Científica.



    • Entrada em terceiros ciclos de estudo

      PPodem candidatar-se aos Programas Doutorais os titulares do grau de mestre ou equivalente legal; titulares de um grau de licenciado, detentores de um currículo escolar e científico especialmente relevante que seja reconhecido como atestando capacidade para a realização deste ciclo de estudos pela Comissão Científica; detentores de um currículo escolar, científico ou profissional que seja reconhecido como atestando a capacidade para realização deste ciclo de estudos.



    • Transferência ou mudança de curso

      Podem pedir mudança de curso ou transferência os estudantes que estejam ou tenham estado inscritos e matriculados num curso superior num estabelecimento de ensino superior nacional e não o tenham concluído; e inscritos em estabelecimento de ensino superior estrangeiro em curso definido como superior pela legislação do país em causa, quer tenham ou não concluído o curso.

      O regime de ingresso por mudança de curso destina-se aos estudantes que pretendam inscrever-se num ciclo de estudos diferente daquele em que praticaram a sua última inscrição, tendo havido ou não interrupção de inscrição no ensino superior.

      O regime de ingresso por transferência destina-se aos estudantes que pretendam inscrever-se no mesmo ciclo de estudos em estabelecimento de ensino superior diferente daquele em que estão ou estiveram matriculados, tendo havido ou não interrupção de inscrição no ensino superior.



    • Reingresso

      Este regime destina-se aos estudantes que, tendo tido uma interrupção dos estudos, pretendam inscrever-se no mesmo estabelecimento de ensino superior e ciclo de estudos em que estiveram anteriormente matriculados ou em ciclo de estudos que o tenha sucedido.Não poderão concorrer por reingresso os estudantes que tenham solicitado transferência para outra Instituição e nela tenham concluído o mesmo grau do curso a que estiveram matriculados e inscritos na FEUP.



    • Titulares de Cursos Médios e Superiores

      Podem candidatar-se titulares de um Curso Médio português e titulares de um curso do Ensino Superior português em área não adequada.



    • Titulares de Licenciatura em área adequada

      Podem candidatar-se titulares de um curso do Ensino Superior Português em área adequada e Titulares de um grau superior estrangeiro em Área Adequada, desde que tenham o grau devidamente reconhecido, para que este produza os mesmos efeitos dos graus portugueses. A afinidade da área de estudos com a área científica do curso a que o candidato pretende concorrer será determinada durante o processo de seriação (creditação a pelo menos 162 ECTS).



    Candidaturas a Cursos de Educação Contínua

    • Regime de ingresso em unidade de formação contínua

      Podem candidatar-se os portadores das habilitações de acesso definidas para cada unidade de formação contínua.



    • Regime ingresso em formação livre

      Podem candidatar-se os portadores das habilitações de acesso definidas para cada formação livre.



    • Regime de ingresso em cursos de formação contínua

      Podem candidatar-se os portadores das habilitações de acesso definidas para cada curso de formação contínua.



    • Entrada em curso de Especialização

      Podem concorrer aos cursos de Especialização os titulares do grau de licenciado ou equivalente legal; os titulares de um grau académico superior estrangeiro conferido na sequência de um 1º ciclo de estudos organizado de acordo com os princípios do Processo de Bolonha por um Estado aderente a este Processo; titulares de um grau académico superior estrangeiro que seja reconhecido como satisfazendo os objetivos do grau de licenciado pelo órgão científico estatutariamente competente do estabelecimento de ensino superior onde pretendem ser admitidos; detentores de um currículo escolar, cientifico ou profissional que seja reconhecido como atestando a capacidade para realização deste ciclo de estudos pelo órgão científico estatutariamente competente do estabelecimento de ensino superior onde pretendem ser admitidos.



    • Entrada em curso de Estudos Avançados

      Podem candidatar-se aos cursos de Estudos Avançados os titulares do grau de mestre ou equivalente legal; titulares de um grau de licenciado, detentores de um currículo escolar e científico especialmente relevante que seja reconhecido como atestando capacidade para a realização deste ciclo de estudos pela Comissão Científica; detentores de um currículo escolar, cientifico ou profissional que seja reconhecido como atestando a capacidade para realização deste ciclo de estudos pela Comissão Científica.

Recomendar Página Voltar ao Topo
Copyright 1996-2014 © Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto  I Termos e Condições  I Acessibilidade  I Índice A-Z  I Livro de Visitas
Última actualização: 2014-07-16 I  Página gerada em: 2014-11-28 às 02:42:42