Saltar para:
Logótipo
This page in english Ajuda Autenticar-se
RED — Revista Electrónica de Direito
Você está em: Início > C107
Autenticação






Mapa das Instalações
Ala Nascente Ala Centro Ala Poente

Ciências do Comportamento Desviante II

Código: C107     Sigla: CCDV I

Áreas Científicas
Classificação Área Científica
OFICIAL Ciências do Comportamento

Ocorrência: 2006/2007 - 2S

Ativa? Sim

Ciclos de Estudo/Cursos

Sigla No. of students Plano de Estudos Anos Curriculares Créditos UCN Créditos ECTS Horas de Contacto Horas Totais
C 41 Plano Oficial LCRI 1 - 6 -

Teaching - Hours

Teórica: 3,00
Prática: 2,00
Tipo Teacher Turmas Horas
Teórica Totals 1 3,00
Josefina Maria de Freitas e Castro 3,00
Prática Totals 1 2,00
Josefina Maria de Freitas e Castro 2,00

Objectives

- Conhecer as principais escolas de pensamento sociológico, enquadrando-as nas condições sociais e teóricas da sua emergência e desenvolvimento.
- Estudo aprofundado das principais teorias sócio-criminológicas do desvio e da reacção social. Estudo dos processos de marginalização e de exclusão na sua relação com a questão criminal.
- Abordagem sociológica dos sistemas de controlo e reacção social à desviância.

Programa

I- Introdução ao pensamento sociológico
1. Conceitos de base e paradigmas teóricos
2. Comte, Marx, Durkheim e Weber.
3. Funcionalismo, interaccionismo simbólico, etnometodologia e “construção social da realidade”.
II- Perspectivas psicossociais e sociológicas no estudo do desvio, da delinquência e da reacção social.
1. Os “fundadores”: Tarde, Durkheim e a Escola de Chicago
2. Desvio, delinquência e estrutura social (a teoria da anomia de R. Merton; o estudo das subculturas delinquentes).
3. Desvio, delinquência e processos sociais (as abordagens da aprendizagem social, a teoria da associação diferencial).
4. As teorias do controlo social (a “containment theory” e a teoria dos laços sociais).
5. As teorias interaccionistas e da reacção social
6. As teorias do conflito.
III- Sociabilidades criminais: codelinquência e redes, associações diferenciais, “gangs” e crime organizado.

Bibliografia Principal

- Agra, C; Queirós, C.; Manita, C.; Fernandes, L. (1997). Biopsicossociologia do Comportamento Desviante. Separata especial da Revista do Ministério Público, nº 69.
- Aron, R. (1994). As etapas do pensamento sociológico, Lisboa, D. Quixote, 1994.
- Becker, H. (1997). Outsiders. New York: The Free Press.
- Bottoms, A., & Wiles, P. (1997). Environmental Criminology. In Maguire, Morgan & Reiner (Eds.), The Oxford Handbook of Criminology (pp.305-349). Oxford: Oxford University Press.
- Campenhoudt, L. (2003). Introdução à análise dos fenómenos sociais. Lisboa: Gradiva.
- Cruz, M. (1989). Teorias sociológicas. Os fundadores e os clássicos (antologia de textos). Lisboa: Fundação Calouste Gulbenkian, 1989.
- Cohen, A. ( 1966). Deviance and control. New Jersey: Prentice-Hall.
- Durkheim, E. (1998). As regras do método sociológico, Lisboa, Editorial Presença, 1998.
-Durkheim, E. (1998). O suicídio, Lisboa: Editorial Presença.
- Garfinkel, H. (2001). Studies in ethnometodology. Cambridge: Polity Press.
- Goffman, E. (1993). Apresentação do eu na vida de todos os dias, Lisboa: Relógio de Água.
- Goffman, E. (1991). Asylums: Essais on the social situation of mental patients and other inmates. Londres: Penguin Books.
- Hudson, B. (1997). Social Control. In Maguire, Morgan & Reiner (Eds.), The Oxford Handbook of Criminology (pp.451-465). Oxford: Oxford University Press.
- Marshall, B. et al. (2001). Sociology of deviant behaviour. Harcourt Brace College Publishers.
- Moyer, I. (2001). Criminological Theories. Thousand Oaks : Sage Publications.
- Rock, P. (1997). Core Analytical Perspectives. . In Maguire, Morgan & Reiner (Eds.), The Oxford Handbook of Criminology (pp. 233-255). Oxford: Oxford University Press.
- Siegel, L. (1995). Criminology. West Publishing Company. Londres: Sage Publications.
- Sumner, C. (2005). The social nature of crime and deviance. In C. Sumner (Ed.), The Blackwell Companion to Criminology. Oxford: Blackwell.
- Vold, G. & Bernard, Th. (1986). Theoretical Criminology. New York: Oxford University Press.
- Walklate, S. (1998). Understanding Criminology – current theoretical debates. Buckingham: Open University Press.
- Weber, M. (1993). Metodologia das ciências sociais I. Campinas: Cortez Editora.

Bibliografia Complementar

A bibliografia complementar será indicada nas aulas.

Métodos de ensino e atividades de aprendizagem

Aulas teórico-práticas, combinando a exposição dos conteúdos com a realização de exercícios de aplicação dos conhecimentos transmitidos. Privilegiar-se-á, nesta última, o trabalho em pequenos grupos, centrado na análise e discussão de textos científicos e de outras fontes documentais previamente preparados por cada estudante. As sessões de tipo OT (orientação tutória) destinam-se à orientação individualizada de um trabalho a realizar pelos estudantes.

Tipo de avaliação

Avaliação distribuída com exame final

Eligibility for exams

Cfr regulamento geral

Calculation formula of final grade

Cfr regulamento geral

Avaliação especial (TE, DA, ...)

Cfr regulamento geral

Melhoria de classificação

Cfr regulamento geral
Recomendar Página Voltar ao Topo
Copyright 1996-2014 © Faculdade de Direito da Universidade do Porto  I Termos e Condições  I Acessibilidade  I Índice A-Z  I Livro de Visitas
Página gerada em: 2014-10-02 às 05:22:02